Banner para o guia Inovação, o futuro dos negócios. Guia Missão Técnica GS1 Brasil — AlemanhaPowered by Rock Convert

Você sabe qual é a diferença entre QR Code e Código de Barras? Ambos são ferramentas utilizadas para a codificação, auxiliando na padronização e agilidade do processo logístico dentro de uma empresa, mas têm funções bem diferentes quando se trata de informações sobre o produto.

O mundo da tecnologia avançada e das soluções práticas está cada vez mais abrangente e conectado às necessidades do consumidor. Isso faz com que as soluções sejam desenvolvidas para acompanhar essa evolução e permitir maior interação mercadológica.

Neste post, você vai saber que, mesmo diferentes, as soluções podem ser complementares, conforme a etapa de comercialização de um produto. A aplicabilidade de cada código exerce um importante papel de amparo ao acompanhamento e tomada de decisão da gestão sobre os rumos do negócio. Saiba agora como tudo funciona!

Como funcionam as aplicações de QR Code e Códigos de Barras?

Antes de apresentar as definições, é fundamental salientar que as funcionalidades dessas duas codificações estão embasadas na necessidade de atender a momentos diferentes da circulação do produto, o que corrobora a necessidade de existência mútua até que o universo tecnológico promova uma tendência de unificação natural.

QR Code

O QR Code é uma simbologia bidimensional que, quando convertido em texto, permite a inserção de um endereço de internet (URL).

O quadrante de codificação possibilita a leitura em posição vertical e horizontal, concedendo informações adicionais sobre um produto cuja embalagem esteja vinculada a um site.

A leitura pode ser realizada de qualquer dispositivo móvel com câmera, desde que conectado à internet. O escaneamento é rápido, e em poucos segundos o consumidor poderá visualizar as informações de que precisa, com riqueza de detalhes.

Algumas empresas já utilizam o QR Code para efetuar pagamentos e facilitar a vida do cliente. Poucos cliques separam a compra do pagamento, e já não será necessário o uso do cartão com digitação do serial ou senha para finalizar o procedimento.

Código de Barras

O Código de Barras é tradicionalmente utilizado em lojas e supermercados, onde os produtos dispostos em gôndolas têm uma codificação linear com representação gráfica numérica .

Basicamente utilizado no comércio varejista, o Código de Barras é a identidade funcional do produto com decodificação em leitor específico disponível nos caixas. A numeração atribuída pela GS1 é única para cada produto e utiliza o padrão europeu EAN.

O Código de Barras utilizado como referência para entendimento no banco de dados sobre a baixa do produto no estoque depois de vendido ao consumidor final. O número é único no mundo todo e puxa no banco de dados de cada supermercado as informações com preço e descrição.

Quais são as principais diferenças?

Uma das diferenças é a representação gráfica — o Código de Barras é constituído de faixas escuras e claras, largas e finas e lido por raio vermelho, enquanto o QR Code tem codificação representada em uma imagem quadriculada e lida pela câmera de um dispositivo móvel.

A forma de leitura e extração das informações também apresenta diferenças. O Código de Barras emite informações para um computador que faz um cruzamento com o banco de dados para disponibilização do conteúdo codificado.

Já no QR Code, a leitura é mais dinâmica, com redirecionamento para o site que contém detalhamento completo sobre as especificações de um produto. Enquanto o Código de Barras é voltado para o varejo e pagamento no caixa, o QR Code tem a função de complementar com informações adicionais.

Vamos imaginar uma situação prática — o consumidor, ao efetuar as compras no supermercado, certamente, tem dúvidas sobre a descrição de diversos produtos, mas talvez não disponha de tempo suficiente para verificar detalhes em tantos produtos do seu carrinho.

Ele pagará pelo produto no caixa via Código de Barras, mas terá a possibilidade de, ao chegar em casa, tirar dúvidas ou saber um pouco mais sobre o que comprou por meio do QR Code disponível na embalagem.

Quando usar um e outro?

Tudo dependerá do tipo de negócio da empresa e do segmento em que estiver inserida. Nem todos os produtos carecem de informações complementares para ocupar um lugar de preferência na vida do consumidor.

Caso, por exemplo, seja um produto alimentício que precise de um processamento para ser consumido, e o estabelecimento deseje colaborar com sugestões sobre a combinação com outros produtos ou dicas de receitas, certamente, o QR Code fará um grande sucesso.

O QR Code é bastante utilizado em eventos de grande proporção. A venda de ingressos ou identificação na entrada de shows e festivais facilita o acesso do usuário.

O Código de Barras tem efeito mais simples e direto na relação de compra e venda, sendo de grande utilidade no atendimento ao cliente para evitar as longas filas nos supermercados e liberar uma quantidade grande de produtos em tempo hábil.

Como tirar proveito dos dois ao mesmo tempo?

Sendo o Código de Barras desenvolvido para aplicações de varejo, o QR Code pode agregar grande valor aos produtos disponíveis nos supermercados e lojas com informações adicionais não disponíveis nas embalagens físicas.

As duas soluções, juntas, promovem uma melhor experiência de compras ao consumidor e permitem que ele esteja ativamente conectado às informações complementares inerentes ao que está consumindo e a toda a inovação tecnológica desenvolvida no mundo.

Há um crescimento exponencial da utilização do QR Code pela facilidade de codificar um URL e, assim, disponibilizar dados específicos. A transparência adicionada à qualidade pode aumentar a fidelização e, consequentemente, o faturamento de um negócio.

A GS1 Brasil — Associação Brasileira de Automação é uma associação que implementa padrões de identificação de produtos, como Código de Barras e EPC/RFID, colaborando para o processo de automação desde a matéria-prima até o consumidor final, para facilitar o processo logístico e de experiência do cliente.

São mais de 30 anos promovendo a automação comercial no Brasil com oferecimento de soluções tecnológicas como suporte à cadeia de suprimentos no país.

Além disso, promove continuamente a inserção de associados e parceiros em uma rede global de crescimento sustentável, visando melhorar a eficiência, a segurança e a visibilidade das cadeias de suprimentos no mercado.

Agora que você entende melhor as diferenças entre QR Code e Código de Barras e como podem ser complementares dentro da cadeia de suprimentos, já pode entrar em contato conosco e conhecer a fundo sua aplicabilidade, que pode ser uma estratégia de excelência para a sua empresa. Ficaremos bem contentes em atendê-lo!

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert