Inventário de estoque: como a tecnologia auxilia nessa gestão

Inventário de estoque: como a tecnologia auxilia nessa gestão

Uma empresa que não tem uma boa gestão no inventário de estoque pode ter diversos problemas financeiros que, em médio e longo prazo, vão comprometer o atendimento aos clientes e, desse modo, o funcionamento normal do empreendimento. Ou seja, não existe negócio que consiga resistir por um longo período sem ter um fluxo financeiro para suprir as despesas operacionais.

O gestor precisa considerar que o estoque de sua empresa é como um investimento, e não um gasto. Assim, é preciso melhorar esse processo logístico para evitar perdas, retrabalhos, excessos ou falta de mercadorias e reduzir falhas produtivas, insatisfação dos clientes e lutar contra a má qualidade de serviços.

Por isso, é importante adotar mecanismos inovadores para aumentar a performance da gestão, a fim de que sua empresa esteja sempre à frente da concorrência. No post de hoje, vamos demonstrar como você pode melhorar sua administração com o auxílio das evoluções tecnológicas. Confira agora!

Importância do inventário de estoque

Inventário é uma prática que busca conferir no patrimônio se a lista dos produtos do negócio (registrada em um sistema ou em uma planilha, por exemplo), confere com a situação real. Ao falar sobre inventário de estoque, a intenção é saber se os itens registrados realmente estão presentes no estoque.

Em tese, não é difícil fazer um inventário: é só verificar a quantidade de mercadorias disponível no estoque e registrada e conferir se o número do que está lá é o mesmo do que consta no registro virtual, por exemplo.

Colocar esse processo em prática pode acabar se tornando difícil porque exige-se um controle maior de como e em qual ordem os itens vão ser analisados (como a utilização de classificação ABC, por exemplo), quem será o pessoal responsável por essa atividade e durante qual período deverá ser realizado.

Uso da tecnologia na gestão de estoques

Uma ótima vantagem em investir na automação é a melhoria dos processos na gestão de estoque. Assim, imagine o tempo que um colaborador perde se a cada pedido tiver que verificar manualmente se alguma mercadoria se encontra disponível ou mesmo em falta.

Agora pense em uma pequena indústria, com um fluxo bem alto de vendas, em que os funcionários não têm em mãos o inventário atualizado e em tempo real. Será difícil saber se determinado pedido pode ser atendido ou se novas vendas podem ser concretizadas, certo?

Isso explica por que é tão importante utilizar ferramentas tecnológicas na gestão de estoque, pois isso garante que a sua empresa tenha itens disponíveis para atender à demanda. Com um gerenciamento eficiente, é possível otimizar sua produtividade, aumentar o retorno sobre o capital investido e diminuir custos que, muitas vezes, são supérfluos.

Benefícios da gestão tecnológica do estoque

Um controle de estoque bem-feito é capaz de ampliar a efetividade organizacional, reduzir os custos operacionais e, consequentemente, aumentar a possibilidade de lucro. Os mecanismos tecnológicos são fundamentais para que isso aconteça. Confira agora quais são os benefícios em adotá-los no inventário de estoque.

Menos desperdício, mais lucro

O desperdício é um grande problema, principalmente para quem atua no setor de alimentos, por exemplo. Constantemente é necessário se desfazer de parte do estoque devido ao vencimento dos produtos.

Quem opta pelas ferramentas tecnológicas sofre menos com isso, uma vez que é possível realizar o controle das entradas e saídas de mercadorias por meio da data, evitando a perda de alimentos.

A organização do estoque pode ser realizada de forma a permitir que itens que estejam há mais tempo estocados sejam priorizados para a venda — assim há um aproveitamento da matéria-prima.

Reposição eficaz

A reposição de mercadorias no estoque é um contratempo para quem não faz uso da tecnologia. Afinal de contas, você precisa estar sempre pronto para atender às demandas do cliente. Com uma estocagem deficiente, sua empresa pode perder negócios importantes apenas pela falta de um item em suas prateleiras.

A tecnologia faz com que você controle o estoque de forma a saber quando algum produto está chegando ao fim e necessita de reposição. É possível também calcular a sazonalidade de cada área do estoque, com o objetivo de que você faça o seu orçamento de um modo mais direto, alocando a verba para compras nos períodos em que ela será mais necessária.

Inventário de itens e registros corretos

O inventário de estoque é uma das tarefas mais importantes dessa área, pois é por meio dele que se torna possível conhecer o montante de produtos estocados que pode ser comercializado.

Isso prova como é importante utilizar a tecnologia para fazer esse controle, pois por meio dela os funcionários responsáveis pela logística não precisam fazer o inventário de itens pessoalmente, anotando cada elemento do estoque. Trata-se de uma atividade extensa e sujeita a falhas.

Melhora no atendimento ao cliente

Imagine se um item que o cliente comprou online não puder ser entregue, por exemplo, em razão de alguma saída que não foi registrada no sistema? Essa situação se transformará em um trabalho a mais para a equipe de atendimento ao cliente. E o maior empecilho é quando essa situação não é mais pontual, e sim rotineira.

A mesma coisa pode acontecer em uma fábrica quando, depois de fechar um grande contrato, certifica-se no estoque que os itens com os quais se contava não se encontram mais disponíveis. Seria bastante custoso para a equipe de vendas ter que rescindir o contrato e devolver o capital ou, pior, adquirir matéria-prima com urgência e ter um aumento altíssimo nos custos. Além de tudo isso, ainda haveria um possível atraso na entrega.

Para garantir que o seu estoque tenha as mercadorias necessárias e para diminuir esse tipo de atrito que possa impactar sua relação com o cliente, tenha o hábito de conferir seu inventário de estoque constantemente.

Como você viu, os mecanismos tecnológicos são importantes em qualquer negócio, mas quando se fala em estoque e logística eles são indispensáveis. Adote esses meios para aprimorar a integração de processos e otimizar as suas operações.

Gostou do nosso post sobre inventário de estoque? Então, que tal assinar nossa newsletter e receber postagens assim diretamente no seu e-mail?

 

Postagens relacionadas
CMV
CMV: aprenda a calcular o custo de mercadorias vendidas
7 passos para gerar valor agregado na produção manufatureira
7 passos para gerar valor agregado na produção manufatureira
7 feiras e eventos que todo atacadista deveria visitar no Brasil
Produção em massa: 6 dicas para manter o controle sobre processos
Neste post você descobrirá o que é cadeia de suprimentos e entenderá porque ela pode ser determinante para o sucesso ou fracasso de seu negócio.
O que é cadeia de suprimentos e por que ela é tão importante?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web