Identificar o lote de fabricação que tem como destino os centros de distribuição, supermercados ou pontos de venda é de extrema importância para a rastreabilidade de produto e cargas.

Qualquer tipo de informação será mais difícil de ser encontrada se o produto não estiver identificado. Além disso, o consumidor final se sentirá mais seguro em adquirir uma mercadoria que apresente dados sobre a fabricação como data, validade e composição.

O objetivo deste post é explicar sobre a importância de identificar o lote de fabricação, o quanto essa medida pode colaborar para a rastreabilidade e tornar mais prático e transparente todo o processo da cadeia de distribuição e logística.

O que é a identificação do lote de fabricação?

A produção de um mesmo produto com quantidade limitada por vez pode ser chamada de lote. O objetivo é atender a uma demanda específica de vendas e facilitar as operações logísticas, desde a saída da produção, entrada no estoque e envio posterior ao cliente.

Como funciona esse tipo de processo?

A melhor forma de identificar um lote de fabricação é utilizando códigos de barras lineares ou bi-dimensionais — as etiquetas contêm informações gerais sobre o produto que garantem maior eficiência, organização e agilidade na separação e rastreio.

Produtos de um mesmo lote devem ter as mesmas especificações, pois tanto a data da fabricação quanto a matéria-prima utilizada são as mesmas. A identificação possibilita, inclusive, tomar providências rápidas caso um item de um lote esteja danificado.

Todas as equipes envolvidas na fabricação terão as mesmas informações, o que pode assegurar um acompanhamento sistemático, prevenção e correção ainda na produção, caso algum profissional identifique que as etapas estão diferentes do programado.

Qual a importância de rastrear e identificar um lote?

Imagine todo o processo de uma fábrica — são muitas as etapas até chegar ao final, quando o produto já está pronto para a entrega. Durante a produção do lote a empresa deve criar um sistema de identificação que facilite a rastreabilidade.

A possibilidade de rastrear um lote ou produto só existe se a identificação for realizada e conceder condições de verificação. Essa deve ser a função do código de barras vinculados a uma identificação avançada.

Com um leitor específico para leitura dos traços em barras ou um smartphone que decodifique as informações de linguagem bidimensional, todo o histórico do produto pode ser interpretado — a composição, a data de fabricação, os tipos de processamento, o endereço da fábrica.

Toda empresa que se preocupa com a qualidade daquilo que produz, agrega valor e transmite maior segurança e confiança aos seus clientes. Além disso, qualquer tipo de reclamação pode ser mais bem administrada e solucionada com tempo de resposta mais imediato.

Outro aspecto que deve ser considerado para a decisão de implantar um sistema de identificação de lote de produtos é que, quando um cliente abre reclamação, a empresa não precisará recolher toda a produção enviada e sim fazer um recall pontual.

Basta rastrear o produto reclamado e identificar o lote correspondente, recolhendo apenas aquele específico. Certamente, se há erro ou defeito, ele refere-se a um grupo de mercadorias e não a tudo que a empresa produziu para aquele cliente.

Sem a rastreabilidade, toda reclamação será tratada considerando os produtos fabricados e vendidos àquele determinado cliente. Os mesmos itens — se vendidos também a outro cliente — tornam o processo ainda mais complexo e oneroso.

Imagine que um produto defeituoso ou com algum tipo de conflito de funcionamento deve ser retirado imediatamente de circulação. Quanto mais utilizado, mais afetará a imagem da sua empresa e confiabilidade da sua produção.

Sendo assim, identificar o lote de fabricação pode até gerar um custo, mas não maior do que o prejuízo financeiro acarretado pela perda de clientes no mercado. Essa perda significa queda nas vendas e por consequência, no faturamento.

Quais são os benefícios desse recurso na rastreabilidade de produtos?

Analisando todos os impactos negativos que não identificar o lote de fabricação pode causar é recomendável que a empresa repense as estratégias de produção e vendas para incluir esse novo sistema e garantir a rastreabilidade de produtos.

São medidas preventivas que visam um melhor fluxo entre a produção, o armazenamento e a entrega ao cliente, além da qualidade efetiva de cada produto.

Alguns benefícios podem ser percebidos imediatamente depois da adoção do processo de identificação de produtos. Veja:

  • informações completas sobre uma produção específica;

  • localização do lote em caso de extravio;

  • redução dos custos com erros recorrentes;

  • atendimento a legislação ou certificações;

  • diagnóstico preciso e direcionado;

  • clareza nos processos logísticos;

  • confiança e segurança;

  • atendimento de excelência;

  • gestão de estoque eficiente;

  • referência de marca;

  • agilidade no controle de estoque por número de lote;

  • soluções rápidas para a reclamação de clientes;

  • recall mapeado;

  • melhoria contínua em toda a cadeia logística.

Todos esses benefícios são aglutinados pela qualidade. Quanto mais controle, mais se perceberá a satisfação de um cliente que recebe no prazo estabelecido o lote de produtos adquirido.

A junção da identificação do lote e a rastreabilidade de produtos resulta em um referenciamento de organização, controle, otimização e codificação automatizada, facilitando o trabalho de conferência e separação de mercadoria vendida.

Nenhuma empresa está imune às possibilidades de erros e perdas financeiras, mas ações preventivas de identificação são altamente recomendáveis. A empresa, por exemplo, pode bloquear a venda de um determinado produto que tenha algum tipo de falha produtiva.

Será melhor negociar um prazo maior para entregar um lote com garantia de qualidade em vez de precipitar no atendimento e correr o risco de liberação de produtos fora do padrão necessário.

A confiabilidade é um bem adquirido que tem igual ou superior valor que o dinheiro que entra no caixa. Um cliente satisfeito comprará diversas vezes da empresa, mas o contrário pode encerrar uma boa relação comercial antes mesmo de ter iniciado.

Diante de tudo que foi exposto neste artigo é possível perceber a infinidade de vantagens que identificar o lote de fabricação pode ocasionar para qualquer empresa que deseja fazer da rastreabilidade um diferencial competitivo.

Se você gostou deste post e está pensando em implementar a identificação de produtos em sua empresa para promover melhor rastreabilidade deve conhecer as 7 melhores práticas para o recolhimento do lote. Leia agora mesmo!

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert