Antes de publicar uma notícia, um jornalista precisa verificar a procedência das informações e buscar pela versão certa. Assim, evita-se replicar a chamada notícia falsa. Esse mesmo raciocínio serve para a questão da segurança de dados dos produtos e a certeza da procedência deles.

Isso é essencial para aumentar a segurança e promover a confiabilidade dos itens, ao mesmo tempo em que se evita problemas como falsificação e pirataria — questões que podem levar o cliente ao erro e adquirir os chamados “fake products”, em qualquer etapa de uma cadeia de suprimentos.

Pensando nisso, resolvemos elaborar este artigo para falar mais sobre a identidade de produtos e a relação que o código de barras tem com o assunto. Continue conosco e saiba mais agora mesmo!

Por que a criação dos códigos de barras requer pessoal especializado?

Um gestor pode até criar os próprios códigos de barras internamente e utilizá-lo em atividades rotineiras — como controlar as movimentações no estoque, por exemplo. Porém, sua utilidade não vai ultrapassar as barreiras internas, visto que ele não será reconhecido no mercado.

Nesse sentido, contar com uma entidade especializada no assunto, e que faz os registros de forma adequada, pode ajudar a promover a identidade dos seus produtos. Isso acontece devido ao fato de cada item ser vinculado a um código exclusivo — assim como ocorre com os nossos RGs.

Ainda tem a grande vantagem de que as mercadorias passarão a ser reconhecidas em qualquer lugar do mundo, o que é especialmente importante para empresas que desejam trabalhar com exportação.

Ainda que seu negócio seja apenas local, implementar o código de barras ajuda a profissionalizá-lo e transmitir mais confiança para os compradores. Isso porque essa ferramenta também ajuda a identificar e atestar a procedência dos itens (a numeração indica o país de origem e quem é a organização responsável por eles).

Como lidar com falsificações?

Atualmente, quase todos os tipos de produtos podem sofrer falsificações. Isso envolve alimentos, medicamentos, artigos de moda (roupas, sapatos, óculos etc.), peças de carro e até componentes de avião. 

Isso quer dizer que sempre que um falsificador encontrar uma oportunidade, vai trabalhar nela para ter algum retorno. Existem casos em que o trabalho é tão bem feito que fica quase igual ao original — em características como cor, material, textura, embalagem, sabor, entre outras.

No mercado, esses itens podem facilmente confundir muitos consumidores (e até mesmo fornecedores) ou ocasionar consequências mais sérias, como falhas, prejuízos para a saúde e até comprometer a integridade física de quem usa.

Sendo assim, o código de barras é uma forma de verificar a identidade e a origem dos produtos, atestando se partiram do fabricante original ou se existe o risco de ser consequência de pirataria. Em outras palavras, uma empresa pode combater esse tipo de ação e garantir a segurança dos dados adotando esse tipo de codificação para os itens que coloca no mercado.

Como a autenticidade do produto pode ser conferida?

Entre as formas mais confiáveis de se conferir a autenticidade de um produto é por meio do site da GS1 Brasil, dos fabricantes e de órgãos regulamentadores (como é o caso da ANVISA para o controle de medicamentos com comercialização permitida).

Quais as vantagens da rastreabilidade?

A rastreabilidade consiste, como o nome sugere, na possibilidade de poder rastrear determinado item dentro de uma cadeia de consumo — independentemente de em qual etapa ele se encontra (se é nos fornecedores ou na outra ponta, com o consumidor final).

Ela é implantada a partir do momento que se utiliza um código — que pode ser um código de barras, QR Code ou DataMatrix, por exemplo. Ao fazer a leitura dele, consegue-se obter informações como:

  • o que é;
  • suas origens;
  • número do lote (em alguns casos);
  • número serial
  • data de validade
  • qual é o destino.

Isso quer dizer que qualquer pessoa que esteja envolvida nos processos pode usar essa identificação para obter mais informações sobre os produtos. Também pode atestar a qualidade deles e agilizar o fluxo — por meio da automatização, por exemplo.

Quais são as vantagens de se implementar a rastreabilidade?

Entre as principais, podemos citar:

  • aumento da confiabilidade nos processos;
  • possibilidade de poder identificar e recolher um lote defeituoso;
  • atestado de qualidade e garantia de procedência dos produtos;
  • aumento da eficiência nos controles;
  • melhora na relação entre parceiros de negócio (em alguns casos, a possibilidade de fazer o rastreio é requisito fundamental para que empresas contratem outras organizações);
  • identificação precoce de falhas, o que permite adotar ações mais ágeis e acertadas (minimizando os possíveis impactos dos problemas na operação);
  • redução da necessidade de manter elevados níveis de estoque (o que também contribui para diminuir os custos operacionais).

Qual é a relação entre código de barras e segurança de dados?

A segurança de dados é fundamental para que as empresas executem suas atividades de forma acertada e eficiente, além de aumentar a confiança nas relações comerciais. Com o código de barras oferecendo identidade aos produtos, essa segurança aumenta, visto que, por meio dele, passa a ser possível verificar as informações sobre os itens, através de codificações avançadas.

Assim, com essa verificação, fica mais fácil avaliar se a mercadoria que está sendo adquirida é a que se espera, de fato, ou se existe algum engano no processo. Além de ser um aspecto fundamental para combater a pirataria, isso é de suma importância para os consumidores finais — principalmente quando se coloca em risco a saúde e a integridade física (como é o caso dos medicamentos).

O código de barras é um recurso fundamental para criar a identidade dos produtos, aumentar a segurança de dados e promover a rastreabilidade dos itens em todas as etapas que ele passa — desde a produção até o consumo. Por isso, trata-se de uma tecnologia que não pode ser ignorada pelas empresas que desejam se manter competitivas no mercado.

O que achou deste artigo? Ele esclareceu suas dúvidas sobre o tema? Quer aproveitar e saber melhor como você pode adquirir um código de barras para a sua empresa? Então, entre em contato conosco agora mesmo, fale com um de nossos especialistas e entenda como o processo funciona!

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert