Banner de Exportação para PME'sPowered by Rock Convert

Os setores dos negócios mudaram bastante nos últimos anos. É muito comum as empresas trabalharem com colaboradores que atuam em diferentes localidades, como cidades e até mesmo outros países. O gerenciamento de equipe remota, independentemente de sua localização, diminui custos e melhora a flexibilidade dos processos.

Métodos online, softwares colaborativos e outros recursos quebram a barreira que delimita o trabalho à presença física de funcionários. Contudo, nem todos se adaptam corretamente a essa organização e é preciso adotar algumas práticas para conseguir extrair o melhor do gerenciamento remoto.

Por isso, no post de hoje, preparamos este material para que você conheça as melhores formas de gerenciar seus colaboradores que trabalham à distância. Então, continue lendo!

Qual a importância de aprimorar o gerenciamento de equipe remota?

A tecnologia nos permite aumentar as relações de trabalho para as longas distâncias. O acesso remoto vem sendo um mecanismo que ganha cada vez mais espaço nas empresas. Com ele, é possível que profissionais de qualquer lugar do planeta possam cumprir atividades e projetos sem estarem presencialmente na organização.

Esse novo meio de trabalho só se tornou possível com as telecomunicações e os avanços na internet. Com uma boa gestão de equipes remotas você pode possibilitar o envolvimento de todo o time, garantir uma conexão positiva entre os colegas, incentivar o desenvolvimento profissional e permitir que resultados pretendidos sejam alcançados.

No entanto, esse processo envolve vários desafios. Por conta disso, é significativo desenvolver meios para administrar as equipes de modo que os projetos sejam feitos com qualidade e efetividade.

Como promover a gestão de equipes remotas?

A administração de equipes remotas possui várias particularidades, sendo essencial que você tenha estratégias diferenciadas para lidar com seus colaboradores. Confira algumas dessas medidas a seguir!

1. Saiba manejar os horários

Uma questão complexa para o gerenciamento de equipes remotas é a diferença de fusos horários. Em um país o dia pode estar começando, enquanto em outros as pessoas já estão se preparando para dormir. Nessa circunstância, determinar prazos e marcar reuniões e videoconferências pode se tornar uma atividade um pouco difícil.

Nesse cenário, é bom ter diplomacia e gentileza para negociar horários que sejam mais apropriados e possíveis. É interessante também auxiliar os profissionais, respeitando suas pausas e descansos. Com esse tipo de atitude, você consegue atender às necessidades de trabalho, considerando os limites do time.

2. Instigue uma boa comunicação

Na troca de e-mails e mensagens no decorrer do dia, é bastante comum sermos muito práticos e objetivos. A todo o momento estamos atarefados, e o nosso colega de trabalho possivelmente também está nessa situação.

Não obstante, com uma equipe remota, ser muito sucinto pode trazer adversidades. As ações de detalhar as mensagens, incitar questionamentos e fazer descrições mais completas evitam que aconteçam imprevistos e discussões. Além disso, diminuem as dúvidas e permitem que as atividades sejam cumpridas conforme o planejado.

Dessa forma, não deixe de prestar esclarecimentos e detalhar as questões abordadas. Incentive a equipe a indagar os processos também. Isso demonstra compreensão e interesse e sinaliza para você o entendimento que o profissional possui da tarefa. Assim, os trabalhos não saem da proposta pretendida.

3. Documente os processos

Documentar processos é fundamental em qualquer tipo de negócio. Com o trabalho à distância, não é diferente. É importante armazenar e-mails, registros, arquivos da nuvem e qualquer espécie de produção. Com isso, você evita erros comunicativos, perdas de informações e falhas no negócio.

Além disso, você pode ter comprovações para o que acontece com a empresa em determinadas situações, como os imprevistos ou para contatar fornecedores e sócios, por exemplo. Formalizando todas as ações do time remoto, você terá instrumentos para mapear as tarefas e identificar os erros, o que minimiza os problemas.

4. Veja as diferenças culturais como uma potência

É desafiador enfrentar equipes em que cada profissional é proveniente de uma localidade porque as diferenças culturais são muito óbvias. Existem países em que as pessoas são bastante assíduas, outros onde os atrasos são acolhidos, aqueles que relevam certas questões e os que discutem as dificuldades no momento em que elas nascem, por exemplo.

Isso não pode ser visto como um empecilho, mas sim como uma ocasião favorável. A expectativa de amadurecimento profissional e pessoal no trabalho com uma cultura diferenciada é evidente. Para isso, é necessário você buscar estratégias para estabelecer uma boa interlocução e mediar conflitos, acolhendo as diferenças, mas manejando a circunstância em prol de ótimos resultados.

Nesse sentido, é importante compreender a cultura dos membros remotos do empreendimento e buscar alternativas para conciliar as diferenças, sem desrespeitar os valores do profissional. Assim, você consegue determinar um diálogo coerente e promove a cooperação.

5. Procure fortalecer os vínculos

Por mais que o time esteja distante geograficamente, é essencial que exista um vínculo respeitoso e amigável entre os profissionais. Isso facilita o contato interpessoal, auxilia no manejo da logística e permite que haja a noção de acolhimento. Com essas questões, a realização dos trabalhos é bem mais simples.

A fim de consolidar os laços entre o time, procure conhecer cada membro da equipe, seus gostos pessoais, família, interesses na profissão, hábitos educacionais e habilidades. Encoraje os profissionais a também procurarem esse tipo de contato com seus colegas, para que eles possam se conhecer e formar uniões.

Além do mais, conceda espaços para que o grupo possa interagir com atividades que não estejam ligadas ao trabalho, como mensagens, fotos e experiências. Mídias sociais corporativas podem ser um ótimo instrumento para isso.

6. Invista em tecnologia

Para gerenciar uma equipe remota, é necessário ser proativo no tocante à comunicação. Investir em tecnologia vai otimizar essa tarefa. Com os recursos corretos, é possível realizar reuniões, seja individualmente ou em grupo. Também é viável compartilhar e visualizar documentos, como apresentações e relatórios, durante o diálogo.

Desse modo, com os meios tecnológicos corretos, você será capaz de conduzir pelo menos um encontro geral por dia. Nessa reunião, que deve ser rápida, cada membro compartilhará o que realizou no dia anterior e o que espera fazer hoje. Desse modo, todos prestam contas e preservam-se ordenados com a equipe.

É importante frisar que o papel da tecnologia vai além de apenas facilitar encontros por meio de chats de texto, áudio e vídeo. Ela também proporciona a criação de métodos de trabalho, cria updates rápidos e frequentes sobre o status das tarefas, como também realiza a documentação do trabalho executado.

São várias práticas que todo gestor precisa aplicar no seu dia a dia para otimizar e ampliar as relações da sua empresa.

Gostou do nosso post sobre gerenciamento de equipe remota? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro deste e de outros assuntos!

 

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert