Plataforma de negócios GS1Powered by Rock Convert

Os novos empreendimentos estão cada vez mais inseridos na era digital. Essa realidade é acompanhada da grande adesão de ferramentas tecnológicas no campo produtivo da empresa que permite elevar de forma exponencial a produtividade interna e garantir o crescimento constante das atividades da corporação. Esse cenário traz, como consequência, um grande volume de dados sobre produtos e serviços que são submetidos à revisão e ao gerenciamento por parte do negócio.

Essa carga de informações precisa ser devidamente tratada para que haja o controle devido dos dados sem que ocorram, necessariamente, perdas de eficiência nos processos. Para ajudar nessa situação, em se tratando de informações de produtos e mercadorias, vários empreendedores têm investido na integração de sistemas como o ERP com o código de barras, o que contribui para tornar os procedimentos dessa gestão mais eficientes.

Mesmo tendo a capacidade de proporcionar grandes benefícios, é possível encontrar vários empreendimentos que não conhecem sobre o assunto. Caso você esteja nessa situação, preparamos este artigo dispondo das principais informações sobre como fazer a integração de ERP e código de barras para controlar dados da empresa. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Como é o processo de utilização do código de barras?

A princípio, é importante saber como funciona o processo de utilização do código de barras para fazer o controle de dados da empresa. Esse sistema foi criado com a finalidade de otimizar o controle e identificação de produtos. Também conhecido como GTIN – Global Trade Item Number (ou número global de item comercial), essa ferramenta consiste, basicamente, em uma representação gráfica dos dígitos que aparecem no canto inferior da imagem. Com variações entre tonalidades de barras brancas e pretas, é possível ter uma combinação em padrão binário.

Com o auxílio de um scanner ou um leitor eletrônico apropriado consegue-se obter a leitura de todas as informações da mercadoria, como preço, data de fabricação e validade, características físicas do produto etc.

Por apresentar essa boa dinâmica de verificação de itens, a indústria logo adotou o sistema dentro da cadeia produtiva visando elevar a velocidade de saída dos produtos no varejo. Com o sucesso nessa área, seu emprego se estendeu aos procedimentos envolvendo notas fiscais, boletos, crachás e muitos outros mecanismos de identificação.

O código de barras se assemelha a um documento de identidade para o produto, tendo a vantagem de possibilitar várias funções de organização e gerenciamento de informações. A esse respeito, é possível, por exemplo, classificar um produto específico quanto às suas características fundamentais ou até mesmo um conjunto de itens que possuem alguma semelhança.

Isso garante que os empreendimentos tenham um controle mais efetivo e rígido com relação a sua produtividade e processos, o que facilita a entrada e saída de dados dentro do seu sistema automatizado.

Ademais, é válido ressaltar sua importância quanto às atividades logísticas, pois com o código de barras os operadores têm uma melhor gestão e monitoramento do fluxo de produtos.

É possível controlar de maneira mais eficiente o setor de estoque e alcançar vantagens, como a redução de custos e gastos com perda e erros de leitura e identificação de mercadorias. Os profissionais conseguem, ainda, efetuar seu trabalho com maior produtividade, visto que a tarefa de inspeção de cada item é facilitada com o uso do leitor eletrônico.

Como é o processo de utilização do sistema ERP?

A sigla ERP diz respeito à expressão em inglês Enterprise Resource Planning, que em português significa Sistema de Gestão Integrado. Essa ferramenta tem a finalidade de otimizar o trabalho dos gestores de uma empresa por meio da integração de atividades em diferentes setores, como é o caso do departamento de vendas, finanças, RH e estoque. Dessa forma, ao utilizar a tecnologia a empresa consegue centralizar todas as informações em uma única plataforma.

Um dos principais benefícios de um ERP é a melhora do tratamento dos conteúdos da empresa, pois o fluxo de dados da corporação se torna mais fluido, permitindo obter um fácil compartilhamento das informações dentro do negócio. 

Outro ponto que vale ser citado é que o emprego do ERP garante a eliminação de duplicidade de informações. Assim, erros relacionados a confusões com leitura e interpretação dos arquivos são minimizados. Em termos práticos, essa tecnologia facilita processos, como a gestão de pessoas, devido ao maior controle da produtividade de cada colaborador, por exemplo.

O ERP também pode auxiliar o trabalho de administração de contas e despesas, bem como monitorar o fluxo de vendas e pedidos de compras. Todas essas vantagens dão à empresa uma maior produtividade, que é um dos requisitos para um bom diferencial competitivo. Organizações que trabalham com um software isolado para cada departamento da empresa perdem rendimento e são mais propensas a erros na validação de informações e dados internos.

Como funciona a integração de ERP e código de barras?

A união do sistema ERP e o código de barras pode significar um ganho expressivo na cadeia produtiva de uma empresa. Como já salientado, as duas ferramentas têm funções essenciais para obter o controle e o gerenciamento do fluxo de dados do negócio.

Os gestores podem realizar a integração da plataforma ERP junto aos processos de leitura e identificação de códigos de barras. Assim, passarão a planejar a gestão com muito mais eficácia controlando com maior precisão a quantidade de insumos no setor de estoque, por exemplo.

Dessa forma, ao ser detectado que o ponto mínimo de estoque foi atingido, é possível solicitar os fornecedores antecipadamente e repor os itens na medida certa. A empresa também ganhará com a maior rapidez em processar as informações, pois elimina-se a necessidade de vários colaboradores para realizar o monitoramento das mercadorias. Tudo pode ser feito por um operador de leitura de códigos, havendo maior agilidade, redução de falhas e de retrabalho.

Essas foram as principais informações referentes aos processos e resultados gerados ao integrar ERP e código de barras. Vale ressaltar que ao contar com uma empresa especializada em automação empresarial é possível implementar padrões de identificação de produtos com muito mais eficiência, garantindo que o negócio possa desenvolver suas atividades.

Gostou do artigo e deseja acrescentar alguma informação ou tirar alguma dúvida? Então deixe o seu comentário!

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert