O inventário de estoque é um processo usado para catalogar o que está armazenado e é fundamental para entendermos a jornada de comercialização dos produtos dentro do varejo. É graças a essa técnica que podemos descobrir, entre outras coisas, quais itens estão encalhados ou danificados, quais vendem mais e o que está faltando.

Para agilizar a execução do inventário, é importante que as empresas implantem mecanismos como códigos de barras e softwares de gestão. Isso acontece porque essas ferramentas são capazes de tornar esse trabalho mais dinâmico, além de oferecerem resultados mais precisos na catalogação de produtos.

Neste artigo, explicaremos o que é e qual a importância do inventário de estoque. Além disso, entenda por que o código de barras tem um papel fundamental para a realização desse processo nas empresas. Acompanhe!

O que é o inventário de estoque?

Trata-se de um levantamento que consiste na identificação, classificação e contagem dos produtos armazenados por uma empresa. As informações obtidas nesse processo ajudam em pontos como a tomada de decisões de um negócio, o reabastecimento de itens faltantes, o destino de peças danificadas, entre outros.

Esse procedimento é essencial para a realização de uma boa gestão dos recursos de qualquer empreendimento, pois com ele é possível evitar gastos desnecessários com a compra em duplicidade de certos produtos ou materiais.

Além disso, o inventário oferece uma visão ampla do estoque e reduz a possibilidade de erros que podem comprometer a imagem de uma empresa, como é o caso da venda de produtos indisponíveis.

Outro ponto importante é entender o comportamento de compra de cada item. Dessa forma, as empresas podem detectar quais são os seus campeões de vendas, quando determinado produto vende mais etc. Com essas informações, os gestores saberão o momento certo de investir no reabastecimento de cada produto.

Para ajudar nesse monitoramento, é imprescindível investir em ferramentas como o código de barras, pois graças a ele podemos obter dados mais precisos com o inventário, além disso esse método ajuda a dinamizar a contagem e catalogação dos produtos!

Qual a sua importância?

Muitos gestores não sabem, mas um estoque parado é sinal de prejuízo! Isso porque esses itens representam um investimento que foi destinado para ampliar a receita, mas que na verdade se transformaram em coisas encalhadas.

Conheça alguns dos principais motivos para você fazer a gestão do estoque na sua empresa:

Minimizar perdas e desperdícios

De nada adianta ter uma infinidade de produtos estocados sem ao menos saber da existência e até da ausência deles, não é? As perdas e os desperdícios impactam fortemente o financeiro das empresas, e isso pode ser reduzido com o gerenciamento do que está sendo armazenado.

O inventário é uma maneira bastante eficaz para evitar que isso se transforme em um grande problema. Com ele podemos entender quais bens a empresa possui, qual sua quantidade exata e, ainda, quanto desse total se transformou em perda.

Isso também vale para um reabastecimento sem planejamento, por exemplo. Controlando de perto tudo o que está disponível, é possível ter mais consciência no momento das compras e evitar desperdícios.

Como resultado dessas medidas, além de ter uma visão ampla do comportamento das vendas no seu negócio, você pode ainda reverter o dinheiro economizado para outros investimentos e melhorias da empresa!

Oferecer excelência no atendimento

Vender um produto que não está mais em estoque pode trazer danos irreparáveis para as empresas, tanto na imagem do negócio quanto financeiramente. Isso porque esse tipo de acontecimento demonstra desorganização e possibilita que os clientes busquem o mesmo produto em outras empresas.

Portanto, catalogar com eficiência tudo o que entra e sai do estoque é muito importante para otimizar as vendas e ajudar a manter a satisfação dos clientes.

Manter o cadastro de produtos atualizado

Contagem e identificação dos produtos são algumas das etapas de um inventário. Nesse momento, também podemos descobrir eventuais falhas no cadastramento de produtos e até itens armazenados que sequer foram catalogados no sistema.

É comum ainda que os produtos sofram alterações dos próprios fabricantes com o passar do tempo, como peso, medidas ou composição. Nesses casos, o inventário pode ajudar a manter essas informações sempre atualizadas, para facilitar os processos de venda e divulgação de cada item.

Como o código de barras pode ajudar nesse processo?

Conforme mencionamos acima, a gestão do estoque é um procedimento fundamental para empresas de todos os portes e segmentos, uma vez que ela permite ao empresário ter uma visão ampla dos produtos de que dispõe armazenados. No entanto, a realização dos inventários pode se tornar um problema, sobretudo em empreendimentos de grande porte ou em empresas que ainda não adotam recursos de gerenciamento.

E é pensando nisso que o uso de mecanismos como o código de barras pode melhorar muito esses processos! Com eles sua empresa poderá codificar todos os produtos, e consequentemente realizar uma contagem mais ágil e precisa.

Afinal, de nada adianta inventariar todo o estoque sem que essas informações representem as quantidades corretas dos itens armazenados.

Com a ajuda dos leitores óticos e softwares de gerenciamento juntamente ao código de barras, etapas logísticas como a entrada e saída de produtos ficarão muito mais simples e organizadas, facilitando também a hora de catalogar tudo que está estocado. Sem contar a facilidade em saber qual a situação do seu estoque em tempo real!

Portanto, mesmo quando pensamos em uma enorme quantidade e variedade de produtos, o código de barras permite contar e organizar todos esses itens de maneira muito ágil, simplificando esse procedimento e oferecendo dados precisos que vão interferir em tomadas de decisão como o processo de compras.

Por fim, outro ponto bastante positivo trazido pelo código de barras é que ele reduz a possibilidade de fraudes durante os processos de catalogação do estoque. Isso mesmo, em empresas que não têm um bom controle do que é armazenado, a chance de desvio de mercadorias é muito alta.

Contudo, com o uso do código de barras, isso não será possível, pois cada item dispõe de uma sequência numérica única e você saberá exatamente o que foi vendido e o que ainda está guardado!

Realizar o inventário de estoque vai ajudar você a tornar sua empresa mais competitiva frente ao mercado, uma vez que é possível reduzir as margens de perda de produtos e destinar esses investimentos para a estruturação de outros departamentos!

E você, o que achou das nossas dicas? Quer saber mais sobre gestão e logística? Então não perca nosso artigo e conheça mais sobre os diferentes tipos de código de barras e suas aplicações!

Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert