Sabe qual caminho o alimento que você consome percorre? Com a rastreabilidade, isso é possível

Quando algum alimento chega até a mesa da sua família, ele já percorreu um longo caminho, desde o processo de plantio, colheita, armazenamento e transporte, até chegar ao local de venda para ser comercializado. Parece bastante óbvio e simples, porém quando falamos em alimentação, precisamos pensar em qualidade e segurança.

Então, qualquer informação sobre os alimentos que consumimos se torna extremamente relevante, concorda?

Para conhecer em detalhes o caminho percorrido por um alimento até que chegue na casa de cada consumidor, podemos contar hoje com a ajuda da tecnologia. É através da rastreabilidade que é possível conhecer quais defensivos foram utilizados no plantio e na colheita, qual origem e trajeto percorrido, as características nutricionais, bem como as certificações e os possíveis selos de qualidade daquele alimento.

A rastreabilidade de alimentos é, portanto, o processo de monitoramento e acompanhamento de um alimento, desde quando ele passa a existir até o consumidor final.  É uma segurança para toda a cadeia produtiva, além de evitar problemas de produtos contaminados e impróprios para consumo chegarem até as prateleiras dos supermercados.

 

Valor agregado

Qual consumidor não se sente mais seguro ao saber que a empresa oferece esse registro estruturado sobre determinado produto alimentício antes de comprá-lo? É, então, um valor agregado na gôndola e um diferencial competitivo no mercado.

Através de processos de rastreabilidade todos saem beneficiados. O relacionamento com fornecedores fica mais transparente e controlado, facilitando as certificações dos produtos, por exemplo. 

Com a rastreabilidade, a gestão do negócio se torna mais eficiente, resultando em um produto de mais qualidade. O estoque também é controlado com mais facilidade, levando a menos perdas. Além disso, em caso de recalls de alimentos, a rastreabilidade assegura um acesso imediato a informações precisas do produto, que leva a um recolhimento mais rápido, com menos danos e custos.

 

Conformidade com a lei e instruções do setor

A rastreabilidade está presente em muitas leis e tem especificações diferentes para cada setor. No caso dos alimentos, visando a segurança e o controle de qualidade, governo, agricultores e varejistas estão adotando medidas e padrões para evitar quaisquer problemas e assegurar a efetividade do processo, tendo em vista que envolve muitas pessoas e empresas, e que é um ciclo que exige atenção e continuidade.

Existem normas previstas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), pela ANVISA e Vigilância Sanitária. E a lei brasileira determina que os produtos devem conter informações padronizadas para que seja possível identificar o produtor ou o responsável por aquele produto facilmente. 

Com as soluções de rastreabilidade da GS1, o cumprimento das normas é assegurado. As normas GS1 têm uma identificação única, o que garante exclusividade dos códigos que são atribuídos a cada produto ou serviço.

Outra vantagem, é que o alimento fica também de acordo com as exigências dos padrões de comunidades que seguem tradições religiosas, crenças ou estilo de vida, como halal, kosher, orgânicas, vegetarianos, veganos ou ecologicamente corretas. 

Com os Padrões GS1, você usufrui de todos os benefícios da rastreabilidade, torna seus processos mais fáceis, garante a qualidade dos produtos, melhora a relação de confiança com seus clientes e melhora seus resultados.

Conheça mais sobre as nossas soluções em rastreabilidade!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.