Quais as expectativas para a Black Friday deste ano?

A Black Friday é uma data que gera grandes oportunidades para os varejistas. A economia, em geral, fica muito movimentada. As pessoas são bombardeadas com informações que estimulam o consumo e a sua empresa pode se beneficiar desse momento.

Por isso, é necessário estar preparado para atender o aumento da demanda. 

As taxas de conversão no período da Black Friday podem chegar a 120%. De acordo com os relatórios da Ebit | Nielsen, a Black Friday em 2020 apresentou uma alta de 25% em relação a 2019. E o grande sucesso de vendas foi do mercado on-line. 

Então, já comece a se planejar! Negocie com fornecedores, organize bem a sua logística e prepare uma comunicação de impacto para alcançar novos clientes.

Expectativas e tendências para a Black Friday 2021

Em 2020 foi considerada a Black Friday mais digital da história, por conta da pandemia e do cenário de distanciamento social e fechamento das lojas físicas. Para 2021, a tendência é que o comércio eletrônico deve crescer ainda mais.

Os consumidores se acostumaram com a experiência de compra on-line e a ter todas as informações na palma da mão, para comparação de produtos e preços de forma mais prática e rápida.

De acordo com um estudo da Méliuz, startup de cashbacks, 71% dos brasileiros pretendem fazer compras na Black Friday deste ano. 

Para acompanhar a alta demanda, o Mercado Livre, por exemplo, deve investir R$ 5 bilhões no Brasil em 2021. De acordo com a diretora do Mercado Livre para varejo, Julia Rueff, a Black Friday é a data mais importante do ano para as vendas e que boa parte do investimento será em logística.

No marketplace da Amazon, a preparação também já começou. Questões logísticas e operacionais estão sendo organizadas, segundo a empresa, para oferecer uma variedade de mais de 45 milhões de produtos, com bons preços e entrega confiável. 

Depois da fusão com a Americanas, a B2W Digital também tem expectativas altas para o período. A Black Friday deve durar o mês de novembro inteiro no marketplace, para garantir que os consumidores possam fazer suas compras com mais calma e segurança. A empresa visa oferecer uma boa experiência de compra que integre o físico e o digital.

Como preparar o seu negócio para a Black Friday 2021?

1-     Atente-se aos prazos e às regras

Se sua loja está dentro de um marketplace, fique atento aos prazos para cadastros de produtos, porque muitos fazem congelamento de preços nessa data e apresentam algumas regras diferenciadas.

 

2-     Garanta uma boa experiência de compra

O consumidor está cada vez mais exigente e com mais opções de compra. Por isso, foque na experiência, com atendimento de qualidade, clareza e agilidade na entrega. 

Lembrando, a rapidez da entrega, com opções express, representa um fator decisivo na hora da decisão de compra. 

 

3-     Use ferramentas de automação

A melhor forma de evitar ser surpreendido por uma quantidade alta de compras é ter soluções que automatizam a gestão como um todo. 

Um bom exemplo disso é utilizando código de barras nos seus produtos. Ele facilita o cadastro dos produtos no e-commerce, melhora a gestão do estoque, reduz falhas, aumenta a visibilidade para os usuários e garante a rastreabilidade dos produtos. 

 

Saiba mais sobre o uso do código de barras no e-commerce e solicite o seu.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.