erp

Saiba como um sistema ERP pode ajudar na logística da sua empresa

plataforma GS1

O processo logístico é complexo e exige cuidados, mas pode ser muito eficiente quando realizado por meio de um sistema ERP. A integração entre setores é uma das funcionalidades de automação que ajudam a padronizar e otimizar o trabalho das equipes.

Entregar os produtos de forma correta e dentro do prazo vai impactar a satisfação do cliente, o que pode melhorar a reputação da empresa e a visibilidade que ela tem no mercado, aumentando a vantagem competitiva.

Se você deseja tornar sua empresa mais eficiente e garantir processos otimizados para facilitar o trabalho da sua equipe, veja como o uso de um sistema ERP pode auxiliar a gestão de logística e saiba por que isso é tão importante. Boa leitura!

Qual a importância da eficiência da gestão de logística e de estoque?

Mesmo com tantas possibilidades no mercado, o que faz um cliente preferir comprar em uma empresa? A satisfação do cliente em diversos aspectos é um dos principais motivos da fidelidade.

A qualidade importa, mas a ela devem estar atrelados serviços que geram valor para o negócio e uma experiência diferenciada para o consumidor, gerando uma afinidade entre ele e sua empresa.

A gestão de logística e de estoque é um desses aspectos, pois o cliente, quando bem atendido, percebe que o trabalho foi bem realizado pela empresa, fazendo com que sua compra chegasse no prazo combinado.

Um estoque atualizado permite que o cliente enxergue informações verdadeiras sobre a disponibilidade do produto e faça a compra do que deseja.

Com isso, depois que a compra é efetivada, a logística entra em ação para providenciar o envio, passando pelos processos de separação, emissão da nota fiscal e embalagem.

Cada etapa tem um tempo de conclusão que não pode ir além do prazo previsto para evitar atraso na entrega. Com o uso de um sistema ERP, além da padronização e da automatização, a empresa ganhará eficiência e agilidade em seus processos.

De que forma um sistema ERP pode contribuir para a gestão logística da sua empresa?

Utilizar um sistema ERP é essencial para as tarefas rotineiras de uma empresa. Para quem vende online, por exemplo, o processo de logística é uma questão delicada.

Quando a venda é efetivada no e-commerce, todo um processo se desenrola para que o cliente receba o produto comprado no prazo.

A comunicação que um ERP oferece é essencial para as ações relacionadas ao faturamento, como o recebimento dos pedidos, emissão de notas, separação de mercadorias e envio das encomendas sejam realizados com eficiência.

Além de minimizar as chances de erros e retrabalho, o processo realizado por um sistema simplifica as atividades de rotina, garante agilidade e produz dados e informações que servem de base para a análise da gestão e tomada de decisão.

Veja algumas contribuições que um sistema, pode dar para as operações logísticas e de estoque da sua empresa.

Separação das encomendas

A correta separação do pedido faz com que os itens corretos sejam entregues ao cliente. Imagine o cliente comprar uma bola de basquete, mas receber uma bola de tênis. É frustrante e a reputação da loja fica em jogo.

O processo de separação com um ERP permite que os pedidos ou produtos sejam separados e, antes da embalagem, passem por uma conferência, garantindo que o item enviado é o certo.

Visualização ampla do processo de faturamento

Com um sistema ERP, você enxergará todo o processo, desde a venda até a entrega em tempo real, com atualizações do status do pedido. Essa visualização permite que você acompanhe cada passo do pedido recebido dentro do sistema.

O sistema ERP permite também que o cadastro de clientes seja incluído e gerenciado de forma automática.

Isso facilita a entrega, uma vez que, com acesso aos dados dos clientes, a emissão da nota fiscal e as etiquetas de envio na expedição acontecem mais rapidamente, liberando a mercadoria para envio.

Entendimento das movimentações de estoque

O controle de estoque é um dos processos mais importantes para quem atua no varejo, seja de loja física ou virtual. Quando a empresa opera nas duas frentes de vendas, a integração sistêmica é ainda mais importante para manter o estoque atualizado.

Outro fator importante é o de análise do estoque para identificar os produtos de maior ou menor saída, auxiliando a tomada de decisão quanto às campanhas de marketing para tentar a venda daqueles produtos que permanecem muito tempo sem giro.

Gerenciamento em múltiplos canais de venda

Se um cliente compra na loja online, mas deseja retirar o produto na loja física, o estoque deve estar atualizado para garantir a retirada.

Com a integração do estoque, logo que uma venda é efetuada e o produto é enviado, a baixa ocorre de forma automática para sincronizar a informação em todos os canais, como loja virtual própria, marketplaces e loja física.

Assim, a movimentação do estoque na loja online, na loja física ou no ponto de venda será acompanhada e atualizada em tempo real para reduzir a chance de um produto ser vendido e estar indisponível.

Conclusão

Se o trabalho manual é moroso e passível de erros, as atividades sistematizadas garantem maior eficiência em função da minimização dos gargalos pela falta de comunicação e de padronização nos processos.

Com a implementação de um sistema ERP, as informações, antes descentralizadas, são concentradas em um mesmo ambiente, produzindo uma base de dados para consulta, essencial para tomada de decisão.

Quando se trata de logística, a empresa pode ter uma visão completa dos processos logísticos, incluindo estoques, separação de mercadorias e gerenciamento de pedidos de múltiplos canais de venda. Além disso, a gestão terá maior controle de tudo o que se passa na empresa.

Outra vantagem de um sistema ERP integrado para a gestão é permitir o acompanhamento e a análise de todos os canais de venda.

Dessa forma, o desempenho em cada canal possibilita a criação de metas mais adequadas e em conformidade com a realidade. A chance de bons resultados é maior quando os profissionais envolvidos sabem que é possível alcançar a meta proposta.

Se, de um lado, é possível aumentar a eficiência das vendas e vislumbrar avanços positivos para o faturamento, a redução de custos operacionais é outro fator considerado na implementação de um sistema ERP, gerando economia significativa para a empresa.

Com a redução da complexidade de trabalho, a tendência é de que os funcionários sejam mais produtivos, errem menos e eliminem a necessidade de retrabalho. Isso torna a rotina mais otimizada, leve, motivada e com índices maiores de acerto.

Gostou do post? Para melhor ainda mais o seu conhecimento sobre a eficiência de um sistema ERP, leia mais um conteúdo e saiba como escolher o melhor sistema integrado de gestão para a sua empresa.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.