Conheça 5 tipos de clientes e aprenda como lidar com cada perfil

Atualmente, criar um bom relacionamento com o cliente pode ser determinante para o sucesso de um empreendimento, podendo ser até um diferencial diante da concorrência. Não basta apenas ser cordial e ofertar bons preços, é fundamental estar atento às suas necessidades individuais.

Criar interações amigáveis com os clientes e saber lidar com seus mais diferentes tipos é um grande desafio para os empreendedores. As características individuais de cada ser humano impedem que empresas criem uma fórmula única de como atender bem seus clientes.

Mesmo diante dessa diversidade, podemos observar em nossas relações diárias que existem alguns perfis de clientes que se repetem, havendo um comportamento semelhante entre eles.

Detectar esses tipos permite aos empresários criar melhores estratégias de atendimento — mais personalizadas e com o intuito de dialogar com mais proximidade desses nichos de consumidores.

Neste artigo, explicaremos a importância de manter um bom relacionamento com o cliente e apresentaremos algumas vantagens estratégicas para as empresas. Confira também 5 tipos recorrentes de clientes e aprenda como lidar com eles!

Qual a importância de criar um bom relacionamento com o cliente?

Ter um bom relacionamento com seus clientes é um ponto crucial para que sua empresa tenha uma imagem positiva no mercado. Uma boa reputação é capaz de posicionar seu empreendimento frente aos demais, além de melhorar a interação com fornecedores, por exemplo.

Um atendimento eficiente também possibilita que o cliente crie vínculos mais sólidos com sua marca. A longo prazo, essa admiração e confiança por uma empresa pode trazer novos clientes e aumentar sua taxa de conversão.

Mais do que ofertar bons produtos ou serviços, e até mesmo os melhores preços, uma empresa verdadeiramente bem-sucedida é aquela que consegue cativar e reter seus clientes. Para alcançar esse êxito, é imprescindível investir em treinamento de equipe para lidar com os mais diferentes perfis de pessoas.

Como criar um bom relacionamento

Existe uma série de fatores determinantes quando falamos em oferecer um bom atendimento e, consequentemente, estreitar as relações com o consumidor.

Para ajudar você a melhorar o relacionamento com seus clientes, separamos algumas dicas importantes. Confira a seguir:

Tenha respeito e empatia

O respeito é a base para todas as relações humanas, sejam elas pessoais ou profissionais. Não importa o perfil e os modos do seu cliente, agir de forma respeitosa é fundamental para melhorar o relacionamento da sua empresa com o consumidor.

Outro ponto importante é adotar uma postura empática. Colocar-se no lugar do consumidor ajudará você a entender como é importante tratar as pessoas sem distinção, de forma digna e cordial.

Vale lembrar que, quando trabalhamos com o público, não existem bons ou maus clientes. Devemos tratá-los igualmente e, sobretudo, com respeito — se o objetivo é fidelizar aquela pessoa.

Seja um bom ouvinte e esteja sempre disposto a sanar todas as suas dúvidas. Dê sugestões e explique detalhadamente funções as diferenças entre as marcas e produtos. Você é o especialista e deve transmitir essa confiança no seu diálogo.

Seja transparente

Agir com sinceridade, sem inventar desculpas e fazer promessas das quais não será possível cumprir também é um ótimo meio para melhorar as interações com seus clientes.

Mais do colocar em risco uma eventual venda, não ter uma postura transparente pode prejudicar a reputação da sua empresa. Portanto, oferecer um atendimento honesto é uma forma de fazer com que seu cliente confie em você, podendo se tornar um importante aliado na construção do branding de uma marca.

Saiba dialogar com cada perfil de cliente

Alguns clientes preferem abordagens mais impessoais, enquanto outros se identificam mais com uma linguagem formal. Estar em contato com diferentes perfis de pessoas é algo bastante comum no cotidiano de uma empresa.

Por esse motivo é necessário que o gestor e sua equipe estejam preparados para detectar esses comportamentos, e consequentemente, possam oferecer um atendimento personalizado para cada cliente.

Vale reforçar que não existe uma regra ou um dicionário próprio para atender cada tipo de consumidor. Contudo, é importante entender que adotar a linguagem apropriada será um diferencial para gerar identificação e proximidade dos clientes com a sua empresa.

Solucione problemas com agilidade

A ausência de suporte é uma das principais reclamações de clientes contra empresas. Na maioria dos casos, a acusação é de que no ato da venda as empresas foram solícitas e após a compra houve um total descaso.

Esse tipo de problema é muito recorrente, especialmente porque muitos negócios ainda não dispõem de um setor voltado para atender o chamado pós-venda. Essa lacuna na comunicação entre empresa e consumidor pode ser bastante prejudicial para a reputação de uma marca.

Portanto, criar um departamento competente que seja responsável por absorver essas demandas pode aumentar a confiabilidade do seu negócio — além de ser um grande diferencial frente aos demais players do mercado.

Vantagens estratégicas para as empresas

A seguir, entenda algumas das principais vantagens estratégicas de investir em um atendimento personalizado para seus clientes.

Fidelização de clientes

Nem todo gestor sabe, mas o custo destinado à fidelização de um cliente é menor do que conquistar novos adeptos para uma marca.

Existe um grande esforço envolvido nas ações voltadas para cativar o público. É preciso, antes de tudo, chamar a atenção das pessoas, em seguida apresentar seus produtos e serviços, suas qualidades e dizer por que você é o melhor entre tantas outras opções.

Pensando em todos os processos que envolvem a criação de uma clientela, concluímos que de nada adianta se esforçar para conquistar um novo seguidor e perder sua confiança logo em seguida.

Melhora na reputação da sua empresa

É preciso muito trabalho para que sua empresa tenha uma reputação positiva. E um dos melhores caminhos para obter êxito nesse aspecto, além de oferecer bons produtos ou um serviço de qualidade, é disponibilizar ao público um atendimento de primeira.

É graças à boa reputação que uma empresa pode ter destaque dentro do mercado, abrindo caminhos para novas oportunidades, aumentando a demanda de trabalho e até mesmo melhorando o seu faturamento.

Aumento nas taxas de conversão

Muitos gestores têm uma visão equivocada sobre o relacionamento com o público, acreditando que essa interação termina ao finalizar uma compra.

Mais do que apenas fidelizar clientes, quando desempenhamos um bom atendimento é possível que esse consumidor se transforme em um entusiasta da sua empresa, indicando-a para amigos e parentes.

Portanto, um das principais vantagens de um relacionamento saudável com o público é aumentar a taxa de conversão, garantindo assim um faturamento maior para a sua empresa.

Melhor avaliação e presença da sua empresa

Quem não quer ter seus consumidores trabalhando a favor do seu negócio? Pois esse é um dos resultados que um bom atendimento pode trazer para a sua empresa!

Uma relação transparente, respeitosa e que preze pela excelência na entrega pode garantir uma melhor reputação e avaliação para sua empresa, serviços ou produtos ofertados.

Já imaginou ter o nome da sua marca associado a pontos como qualidade, confiança, segurança, entre outros? Estar presente na lembrança dos clientes também é um dos grandes benefícios que um atendimento exemplar por trazer para você.

Conheça perfis recorrentes e saiba como lidar com esses clientes

A seguir, destacamos alguns dos principais perfis de clientes e também explicaremos como lidar com cada um. Confira:

1. O amante da marca

Esse é o sonho de todo empreendedor. Eles são praticamente uma “agência de marketing” para a marca, uma propaganda muito eficaz, devido à espontaneidade e ao pouco investimento feito pela empresa.

Eles fazem declarações públicas de satisfação com o seu produto e o seu serviço. São verdadeiros entusiastas. Nas redes sociais, eles compartilham suas promoções e produtos, recomendam sua página, comentam nos seus posts, até mesmo comprando brigas a favor da empresa.

Como esses clientes não oferecem nenhum desafio de atendimento, muitas empresas acreditam que não precisam direcionar ações de marketing para eles. Porém, essa visão é ingrata e incorreta. Se ele defende a sua marca, você deverá mantê-lo constantemente motivado.

Uma boa ação para esse cliente é chamá-lo para conhecer a sua empresa por dentro. Ele tem afeto pela marca, então, certamente, deseja ficar por dentro dos processos que criam o produto que ele tanto ama, saber quem são as pessoas que o atendem tão bem e entender a história da sua empresa.

Caso isso não seja possível, é interessante mandar sempre brindes personalizados dos produtos da empresa. Também é legal enviar produtos para que ele teste antes de outros clientes! Enfim, vale qualquer ação para que ele se sinta diferenciado.

2. O agitador

Praticamente o oposto do cliente anterior, esse é um cliente que gosta de chamar muita atenção para si.

Alguns são até bem-intencionados e ativistas que lutam por uma causa. Outros são somente piadistas, que adoram comentar as postagens em redes sociais para ganhar curtidas. Na sua loja física, são aqueles que tentarão desviar a atenção dos outros clientes com alguma história engraçada.

O pior tipo de agitador, entretanto, é o provocador. Ele não quer necessariamente resolver o problema dele. O objetivo dele é chamar a atenção. Então, ao lidar com um agitador, seu foco também deverá ser melhorar a sua imagem com o público. Por isso, você deverá dar uma resposta muito rápida e detalhada para a demanda dele.

Com isso, outros clientes em potencial verão a qualidade do atendimento da sua loja e não confiarão tanto nas reclamações excessivas que ele fez sobre você. Além disso, quem sabe você pode até convertê-lo em um amante da marca? Assim como o anterior, ele é passional, então será bom tê-lo a seu lado.

3. O “pidão”

O cliente pidão é aquele que ama amostras grátis do seu produto. Ele está o tempo inteiro comentando nas suas páginas nas redes sociais a respeito delas. Às vezes, por se considerar um cliente diferenciado, ser um cliente antigo ou por comprar bastante, ele quer mais benefícios do que a empresa pode dar.

No entanto, se esse realmente for o caso, é importante, sim, que você ofereça incentivos, pois um cliente fiel vale por mil. Então, você deve pensar muito bem na ação que deve tomar. Se você oferecer alguma amostra grátis em um ambiente público, outros clientes se sentirão no mesmo direito e se decepcionarão em caso de negativa.

Assim, a solução ideal é ser extremamente amável com esse cliente, demonstrando a importância dele para a sua empresa. Diga para ele continuar acompanhando a marca, pois, em breve, haverá promoções e novidades que ele adorará. Também é válido indicar que, na próxima compra, você enviará um presentinho em razão da fidelidade dele.

4. O indeciso

Tem cliente que sabe que deseja algum produto ou serviço da sua empresa, mas não sabe bem o que é. Em meio a várias opções, ele fica perdido, pois seu processo de decisão é confuso. Pensamos que isso ocorre principalmente porque ele está inseguro. Ele não se sente um conhecedor profundo dos produtos.

Então, por exemplo, no momento de comprar um produto de uma linha de biscoitos, ele fica em dúvida sobre qual sabor será mais gostoso. Esse cliente não é realmente um problema, mas ele pode desistir da compra facilmente se você não o orientar na escolha. Portanto, o mais interessante é ser muito simpático com ele e questionar a respeito das preferências e necessidades. Aí então você pode indicar as opções.

E aqui vai uma importante dica: jamais escolha por ele! Ajude-o somente a filtrar as opções e a entender quais aspectos são prioritários para ele. Sua função será a de fortalecer o processo decisivo.

5. O apressado

Ele quer tudo pra já! Se já fez o pedido, fica o tempo inteiro perguntando quando o produto vai chegar. Se ele está na sua loja, ele fica o tempo inteiro olhando para o relógio e perguntando para os atendentes se vai demorar. Vendo a fila, ele perguntará se tem jeito de passá-lo na frente.

Por isso, você deverá ser bem firme com ele. Informe que não há como passá-lo na frente ou que você não tem controle do processo de entrega. Nunca seja grosseiro, tenha apenas firmeza nas suas afirmações. Ele deverá perceber que sua empresa se importa com ele, mas que há questões que estão acima de suas capacidades.

Todas essas nuances nos mostram como lidar com clientes é algo extremamente delicado e o número de empresas que falham nesse momento é muito grande!

É comum que os empresários não deem muita importância para o assunto ou usem um mesmo formato para atender todos os consumidores, sem prestar atenção nas necessidades de cada grupo. No entanto, como resultado desse descaso é possível que os clientes desapareçam com o passar do tempo.

Existem ainda casos de empresas que vão no extremo oposto, sendo muito solícitas e fazendo de tudo para agradá-los. Esse comportamento pode ser prejudicial, pois pode estimular que alguns clientes se aproveitem dessa situação, exigindo uma infinidade de coisas.

Para evitar desgastes no relacionamento com o cliente, a melhor saída é ter uma equipe preparada para lidar com a diversidade de público e, em especial, de situações. Essa é a melhor forma para sua empresa não pecar pelo excesso ou pelo descaso nas interações com os consumidores em potencial.

E você, gostou das nossas dicas? Comente aqui em nosso post e compartilhe suas técnicas de como melhorar o relacionamento com o cliente!

Postagens relacionadas
investidores
8 estratégias eficientes para conseguir investidores para sua empresa
7 maneiras simples de aumentar as vendas em sua loja virtual
Embalagens de produtos: 8 ideias inspiradoras para criar a sua!
Experiência do cliente
Experiência do cliente: saiba como otimizar na loja online
Tecnologia a favor da PME: 7 benefícios da transformação digital
Tecnologia a favor da PME: 7 benefícios da transformação digital
2 Comentários

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web