Banner de Exportação para PME'sPowered by Rock Convert

Um cliente satisfeito é a chave para o aumento das vendas e da prosperidade do negócio. Isso porque, uma vez feliz, o comprador vai retornar ao seu estabelecimento e pode indicar sua marca para outras pessoas. Mas, como satisfazê-lo? A resposta está na análise do comportamento do consumidor.

Acompanhar o comportamento que ele tem, seja em ambientes virtuais ou físicos, é a melhor forma de conhecê-lo, e com isso estabelecer estratégias de fidelização. E a boa notícia é que cada vez mais existem ferramentas e tecnologias que ajudam nessa tarefa. Assim, você consegue chegar até as melhores informações, proporcionar uma experiência única para o consumidor e implementar as melhores estratégias de venda.

Quer saber como? Descubra no post de hoje 6 formas de acompanhar o comportamento do seu cliente de forma eficiente.

Pesquisas de mercado

O foco do monitoramento do comportamento do consumidor é conhecer bem o perfil, as necessidades, os desejos e até o contexto social em que estão inseridos seus clientes ou potenciais clientes.

Uma das formas mais tradicionais, e não menos eficaz, de conseguir essas informações é por meio das pesquisas de mercado. Essa é uma abordagem mais direta em que você consegue acessar conteúdos importantes que não seriam obtidos de outras formas.

Existem maneiras diferentes para realizar pesquisas de mercado. Você pode disponibilizar questionários dentro da sua loja física ou na internet, investir em um grupo focal ou até fazer uma breve entrevista por telefone.

As pesquisas devem ser estruturadas com perguntas que consigam avaliar o relacionamento do cliente com sua marca, seu grau de satisfação e, principalmente, informar sobre seu hábitos e padrões de compras.

A principal vantagem da pesquisa de mercado, além de conhecer melhor seu cliente, é poder investir nos produtos certos. Você pode, por exemplo, identificar qual produto pode sair de circulação e qual precisa de melhorias. Ou ainda, perceber se é possível inserir um novo produto ou serviço no mercado.

Análise de dados digitais

Se, por um lado, a pesquisa de mercado é uma forma de entender seu consumidor de forma mais direta, por outro, a análise de dados virtuais é uma ferramenta mais indireta.

Atualmente, as pessoas passam boa parte do tempo conectadas à internet, seja em computadores ou em smartphones. Além da presença online, várias transações e compras são feitas também pela web.

Todo volume de dados gerados por essa navegação pode ser interpretado a fim de conhecer melhor seu consumidor.

Quanto tempo a pessoa passa no seu site? Quais produtos mais buscados e quantas compras são concluídas? Existe um fator que desmotiva o consumidor de finalizar a compra? Quais pesquisas seu público realiza? São inúmeras informações que podem ser obtidas do comportamento virtual do seu consumidor.

Os impactos positivos dessa ação são, por exemplo, melhorar suas vendas online, aumentar a presença da sua marca na internet e ainda aperfeiçoar esse canal de comunicação com o cliente.

Landing pages

Essa é uma das ferramentas mais valiosas para quem busca entender o comportamento do consumidor.

Landing pages são páginas de conversão com objetivo de tornar os visitantes do seu site ou blog em leads, ou seja, um potencial consumidor que tem interesse no seu produto.

As landing pages são pequenos formulários que são preenchidos pelos usuários. As informações vão diretamente para as empresas.

A sugestão é que o formulário não seja longo para que a taxa de conversão seja realmente alta e que a experiência do usuário não se comprometa. Além disso, busque oferecer materiais interessantes para quem responder ao formulário, como e-books exclusivos ou vídeos tutoriais.

Um dos benefícios dessa prática é a formação de um banco de dados com informações sobre clientes ou potenciais clientes que ajudam na elaboração de estratégias de vendas. Além disso, você consegue, no ambiente virtual, direcionar o usuário direto para a compra.

Redes sociais

Outra fonte de informações sobre seus clientes são as redes sociais. Por meio das interações e do comportamento do consumidor online é possível chegar a conclusões importantes sobre sua marca, seus produtos e seus clientes.

Produza conteúdos relevantes que não só vendam diretamente algo, mas que estimulem a participação dos usuários. Dessa forma, por meio de perfis, de suas críticas, sugestões e comentários, é possível pensar em formas eficazes de posicionar sua marca e oferecer seus produtos.

Contudo, as redes sociais não são apenas fonte de dados, mas também um canal de relacionamento. Investir na gestão das mídias vai auxiliar no relacionamento da sua marca com o cliente, ao dar a atenção que ele demanda, responder às suas questões e incentivar a aproximação entre ele e os produtos.

Isso tudo faz parte da produção de uma experiência diferenciada e prazerosa do consumidor, fatores básicos da fidelização.

Acompanhar as redes sociais da concorrência também é necessário! Fique antenado ao que seus concorrentes estão oferecendo e como eles estão presentes nas redes.

Softwares de gestão e relacionamento

Já ouviu falar nas tecnologias de CRM? O CRM são as práticas de Gestão de Relacionamento com o Cliente e englobam técnicas que, com foco no consumidor, buscam prever e antecipar suas necessidades e desejos.

Os softwares de CRM ajudam donos e funcionários de empresas a gerir os processos internos e de relacionamento de forma automatizada.

Os softwares de gestão e relacionamento agrupam os dados dos seus clientes e todo histórico de interação entre consumidores e a empresa. Essas plataformas permitem saber de forma prática e acessível, por exemplo, quantas vezes o cliente entrou em contato com a empresa (e-mail, telefone ou chat online), quais suas reclamações e quais compras já foram feitas. A elaboração e o disparo automático de promoções e newsletter também podem ser feitos por meio desses softwares.

Buyer personas

É preciso saber analisar e interpretar essa variedade de dados coletados. São muitas informações que podem ser bem aproveitadas.

Uma das formas de organizar tudo isso é construindo a Buyer Persona, ou seja, o perfil de comprador ideal.

Elabore esse perfil com o máximo de informações relevantes possíveis do seu público-alvo: idade, contexto cultural, classe social, principais problemas, formação familiar, trabalho, como usa a internet, quais seus objetivos na vida etc.

Crie um perfil com base nos dados coletados e estabeleça suas estratégias de venda no intuito de atrair e conquistar essa pessoa.

Agora você já está por dentro das principais ferramentas de monitoramento e análise do comportamento do consumidor. Por meio dessas práticas você vai conhecer melhor seu cliente ou futuro cliente, e com isso estará apto para tomar as melhores decisões estratégicas. Com informações em mãos, você poderá mudar o que for necessário para encantar seus clientes e, consequentemente, aumentar suas vendas.

Você gostou das nossas dicas? Descubra agora as 6 tendências do varejo para 2017 e continue informado sobre o mundo dos negócios!

 

Banner para o Guia da Negociação: Como fechar mais negócios e otimizar seu resultadoPowered by Rock Convert