Entenda a importância dos dados para o seu negócio

Você, nós, outras pessoas e empresas somos dados. Parece estranho falar assim, não é? Porém, no mundo digital, em que tudo está conectado, somos inteiramente constituídos por dados. Então, vamos entender qual é o papel e os benefícios atrelados aos dados hoje em dia!

Vivemos em um mundo cada vez mais automatizado, em que os dados se tornaram componentes essenciais ou até mesmo um dos maiores ativos para as organizações, andando lado a lado com os serviços, os produtos, as pessoas, as marcas e a propriedade intelectual. 

Os dados estão em tudo! Como dissemos, somos dados, assim como outras tantas coisas. Pense no último produto que você comprou. Lembrou qual foi? Geralmente, ele carrega inúmeras informações, por menor que seja e, nesse contexto do varejo, os dados ditam os hábitos de consumo, as preferências, a marca mais procurada, qual produto tem maior circulação, entre outras informações.

Atualmente, a tecnologia permite que esses dados sejam coletados em diversos canais, que podem ser on-line ou off-line, na loja física ou por meio de plataformas digitais. A partir do momento que consumimos, também deixamos para trás um emaranhado de dados. 

Quais são os benefícios gerados por todos esses dados?

Quando eles são utilizados de forma organizada, estratégica e assertiva por qualquer empresa, é possível aumentar a produtividade, reduzir os custos, aperfeiçoar os processos, melhorar a experiência do usuário, mapear o público-alvo e planejar estratégias de negócios mais direcionadas. 

Em sua opinião, todos esses fatores ajudam ou não a criar vantagem competitiva no mercado? Ao longo deste post, você pode formar essa opinião com mais embasamento. Então, continue por aqui!

Tecnologias a favor dos dados

Falar sobre dados sempre é uma tarefa delicada, pois envolve uma série de assuntos relevantes, entre eles “saber o que fazer com eles”. Muitas empresas se esbarram nesta dificuldade, afinal, não adianta ter acesso a todas essas informações e não saber utilizá-las adequadamente e transformá-las em ideias promissoras. 

Nesse sentido, é preciso planejar cuidadosamente como esses dados serão utilizados e, para isso, investir em tecnologias que possam auxiliar nesta tarefa é essencial. E quando falamos em tecnologias não é à toa, mesmo na era digital, ainda existem empresas que coletam, organizam e armazenam os dados de forma totalmente manual. 

É isso mesmo que você leu! Um estudo realizado pela SAP SE em colaboração com a Oxford Economics revelou que, nas áreas de procurement e cadeia de suprimentos, por exemplo, 49% dos gestores ainda realizam a análise de dados manualmente para basear a tomada de decisões.

Não estamos dizendo que é errado, porém é um método obsoleto, principalmente quando há tantas tecnologias disponíveis hoje que otimizam esse processo. Ao realizar essa análise manualmente, a empresa se torna mais suscetível a erros, morosidade, o que pode atrasar todas as etapas relacionadas à gestão e até mesmo causar prejuízos maiores. 

De fato, automatizar processos como este demanda investimento e ferramentas que simplificam, aceleram e modernizam a coleta e a organização de dados. O investimento em mão de obra especializada para operar essas ferramentas também não pode faltar. Todavia, o retorno é garantido a longo prazo e poderá ser visto, sobretudo, nas relações com fornecedores, colaboradores e clientes.

Plataformas de automatização

Atualmente existem plataformas digitais que automatizam a análise de dados, permitindo que os processos sejam mais rápidos, centralizados, eficientes e bem menos desburocratizados, permitindo que a equipe direcione energia para outras estratégias focadas no desenvolvimento da empresa ou resolução de problemas mais complexos. 

Neste caso, não tem como não utilizarmos a GS1 Brasil como exemplo! Disponibilizamos a todos os associados algumas plataformas que gerenciam de forma segura as informações das empresas e os dados dos produtos, pois entendemos que eles são essenciais para impulsionar negócios. 

Em uma realidade em que bilhões de códigos de barras são lidos todos os dias, a GS1 Brasil, responsável pela codificação destes produtos, apoia ativamente o mercado nacional com esta verificação por meio de uma única fonte de informações de produtos confiáveis.

O Verified by GS1 figura como uma dessas plataformas, que atua validando informações básicas do produto e checando sua identidade, sendo o produto de origem nacional ou internacional. 

Nesta base de produtos nacionais e internacionais é possível validar os seguintes atributos: GTIN, marca, descrição do produto, URL que direciona para a imagem do item, classificação global de produtos, conteúdo líquido e unidade de medida, bem como o país de comercialização. 

O Verified by GS1 Brasil ainda ajuda os proprietários de marcas, varejistas e mercados a criarem experiências únicas para o consumidor, já que fornecem dados de produtos confiáveis e originários da marca. Esse conjunto de ações promovidas pela plataforma gera mais confiança, satisfação, lealdade e, por fim, maior eficiência e crescimento para a empresa.

Cadastro Nacional de Produtos

E o Cadastro Nacional de Produtos, você já ouviu falar?

Atualmente, o Cadastro Nacional de Produtos da GS1 Brasil possui mais de 58 milhões de produtos, e este número só aumenta. Sabe por quê? Porque a plataforma permite o cadastro de todas as informações técnicas de produtos, gera códigos de barras (GTIN), possibilita o compartilhamento dos dados com parceiros de negócio e até imprime as etiquetas para inserir nas embalagens.

Utilizar o Cadastro Nacional de Produtos está atrelado a diversos benefícios, entre eles: 

  •   Base única de informações dos produtos, evitando duplicidade, desperdício de tempo na busca de dados e aumentando o controle na utilização de prefixos GS1 Brasil.
  •       Geração de relatórios gerenciais e de controle dos produtos.
  •     Cadastro de informações dos produtos para transações comerciais e logísticas, como descrição do item, marca, imagem do produto, peso, volume etc.
  •       Segurança, já que o sistema protege e faz backup das informações.
  •       Centralização de dados e outras informações.

Esse último benefício decidimos detalhar aqui, pois tem tudo a ver com o assunto. O Cadastro Nacional de Produtos reúne as informações dos produtos cadastrados em um só lugar. Para o negócio que o utiliza, trata-se de uma característica muito importante, porque os dados do produto ficam registrados em um único lugar, o que diminui problemas para encontrá-los. 

A ferramenta também pode contribuir para melhorar a comunicação interna entre setores. Como todos os registros do produto estão concentrados em um só lugar, há mais acessibilidade e facilidade na hora de trocar conhecimento ou informações. O setor de estoque, por exemplo, consegue se comunicar melhor com o de transporte se todos tiverem acesso ao cadastro de cada item que está sendo manejado.

Lembra quando perguntamos lá no início se você acha que os dados ajudam ou não a criar vantagem competitiva no mercado? Agora a nossa pergunta é: seu negócio está preparado para tirar proveito de tudo isso?

Para a GS1 Brasil, claramente, as novas tecnologias podem ajudar no gerenciamento do varejo e a análise de dados, por sua vez, tem um poder transformador para aqueles que sabem utilizá-la de maneira inteligente e estratégica, afinal, dados de qualidade são essenciais para reduzir custos e melhorar a experiência de compra dos clientes.

Gostou do que leu aqui? Se sim, compartilhe este conteúdo em suas redes sociais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.