O ritmo de mudança da sociedade tem sido cada vez mais intenso. As transformações que surgiram com o desenvolvimento incessante da tecnologia refletem diretamente no gerenciamento de empresas. Acompanhar as novidades e as tendências de inteligência de mercado e se adaptar às novas tecnologias é um desafio para donos e gestores de negócios.

As técnicas e estratégias cada vez mais automatizadas e eficientes têm se tornado fundamentais para os processos de produção, gestão, divulgação, vendas e circulação de mercadorias. Dessa forma, a inteligência de mercado é uma ferramenta fundamental para quem quer, através de uma análise cuidadosa e constante de dados, potencializar os lucros e aumentar o negócio.

Quer saber quais são as principais tendências de inteligência de mercado para deixar sua empresa competitiva e cada vez mais produtiva? Confira no nosso post de hoje!

O que é inteligência de mercado?

Antes das tendências, vamos deixar bem claro o que é inteligência de mercado. Esse é um conjunto de ferramentas que permite analisar e extrair valor de dados, por mais complexos que eles sejam.

Através de relatórios e análises dos dados de produção, gerenciamento, marketing e vendas do produto é possível traçar as estratégias corretas para prosperar nos negócios. Isso quer dizer que, a inteligência de mercado permite estabelecer análises de dados fundamentais para aproveitar as boas oportunidades, evitar crises, conhecer o consumidor, ser mais competitivo, compreender os movimentos do mercado e reduzir custos.

Conheça agora as 6 tendências de inteligência do mercado que você deve conhecer melhor para aplicar na sua empresa!

Armazenamento e integração de dados

No último ano muitas empresas começaram a integrar suas informações, ao contrário do cenário anterior em que os dados eram armazenados de forma descentralizada e segmentada conforme os setores.

Para ter informação de forma ágil e acessível, os softwares têm possibilitado um armazenamento que, ou reúne todos os dados em uma única fonte, ou permite que os dados segmentados possam ser cruzados e analisados. Ambos os caminhos apontam para uma conexão cada vez maior entre os dados dos diferentes setores da empresa.

O armazenamento se torna mais fácil e passível de combinações pertinentes. Assim, a inteligência de mercado ajuda a integrar os dados afim de obter respostas rápidas, informações precisas e completas para otimizar a gestão empresarial.

Dados na nuvem

Por falar em armazenamento, o gerenciamento de dados na nuvem tem sido a melhor opção das empresas para armazenar e analisar dados.

O armazenamento da nuvem traz inúmeros benefícios, como a redução comprovada de custos, a acessibilidade dos dados em qualquer lugar e escalabilidade.

Além dessas vantagens, o armazenamento em nuvem permite cruzar seus dados com os dados web, trazendo informações importantes sobre o comportamento dos consumidores, as estratégias da concorrência e a situação do mercado local. Exemplo bem prática é a análise de dados de redes sociais, que deixaram de ser apenas um canal de comunicação para ser uma fonte preciosa de dados sobre clientes.

Internet e dispositivos móveis

Acabou a era em que os dados só poderiam ser analisados e geridos nas telas de desktops. Com a tecnologia dos dispositivos móveis, principalmente em tablets e smatphones, foram criadas plataformas voltadas para o gerenciamento prioritário dos dados nesses dispositivos.

Antes era um verdadeiro sacrifício acessar os dados dos dispositivos móveis. Agora, todos os profissionais poderão acessar, editar e enviar dados de qualquer lugar.  A navegabilidades dessas plataformas prioriza o acesso móvel e individualizado.

A tendência se alinha as formas de trabalho e produção contemporâneos, que são mais flexíveis. Dessa forma, as aplicações móveis tornam-se parte das ferramentas principais da inteligência de mercado.

Autoatendimento

O autoatendimento é uma ferramenta que gera dados e informações muito importantes sobre o relacionamento da empresa com o cliente. Essa é uma fonte de produção constante de dados, como é o caso dos dados gerados a partir do comportamento dos clientes nas redes sociais ou das vendas online.

A vantagem do autoatendimento é que ele gera dados de forma centralizada e padronizada, facilitando ainda mais a vida dos donos e gestores empresariais. Com isso, surgem ferramentas de inteligência de mercado capazes de integrar esses dados à outros e torná-los mais legíveis.

Análise visual

Os dados estão se tornando a base dos negócios. Porém, a análise de dados foi por muito tempo exclusividade dos profissionais da área. Com exceção destes, ninguém mais conseguia traduzir dados em informações.

Contudo, a tendência da análise visual reconfigura esse cenário. Os profissionais das diferentes áreas da empresa começam a inserir nas suas atividades cotidiana a linguagem dos dados. As plataformas são preparadas para uma leitura acessível, o que permite uma interpretação rápida, eficaz e ao mesmo tempo completa.

O avanço é notável: saem os gráficos tradicionais e pouco significativos e entram uma análise constante, que traz informações realmente úteis e que se renova no fluxo de dados.

Personalização

Uma das principais tendências de inteligência de mercado é personalização, em que são criadas soluções de gestão de dados exclusivas para cada empresa. Muitos softwares e tecnologias de mercado que se aplicam em um negócio não trazem o mesmo benefício para outro. Por isso a aposta agora é na individualização do problema.

As ferramentas de análise são criadas a partir da necessidade de cada empresa. A navegação, funcionalidade, organização e estatísticas são estabelecidas na plataforma conforme a demanda específica. O resultado é  maior flexibilidade na interpretação dos dados.

É realmente um desafio para os donos e gestores de empresas consolidarem uma cultura de análise de dados na empresa. Entretanto, as tendências de inteligência de mercado mostram que a análise e extração de valor dos dados é fundamental para conhecer a real situação da empresa, assim como as variáveis que implicam no seu negócio, como a concorrência, o mercado local e o comportamento dos consumidores.

A boa notícia é que a tecnologia além de reduzir custos, tem ajudado a simplificar os processos de armazenamento, gestão e leitura desse enorme volume dados. Essas ferramentas têm trazido de forma prática e acessível mais autonomia, velocidade e dinamicidade para as corporações. A inteligência de mercado e suas possibilidades consolidaram-se como estratégias fundamentais para o crescimento de qualquer negócio.

Já conhecia essas tendências de inteligência de mercado? Conte para a gente se você já utiliza essas ferramentas no seu negócio!