Banner de Exportação para PME'sPowered by Rock Convert

O tempo do amadorismo nas empresas ficou no passado. Qualquer empreendedor que deseje ter sucesso nos dias de hoje precisa alinhar ações inteligentes com um extremo profissionalismo. A concorrência aumentou bastante em qualquer segmento e os consumidores estão mais exigentes, o que faz com que pequenos erros possam arruinar uma organização. E é nesse contexto que as 5 forças de Porter podem ser primordiais para sua empresa.

É pouco aconselhável começar ou seguir em suas atividades sem a realização de um planejamento estratégico ou de um plano de atuação, pois isso pode minar o retorno do investimento feito. A metodologia de Porter, portanto, pode ser um guia formidável nessa difícil estrada empresarial que todo negócio precisa percorrer para ter êxito.

Leia o conteúdo a seguir e descubra como as 5 forças de Porter podem fortalecer o seu negócio. Confira!

O que são forças competitivas e planejamento estratégico?

O planejamento estratégico pode ser entendido como um processo gerencial que tenta formular objetivos factíveis para um negócio, de forma que isso contribua para a seleção de ações que sejam compatíveis com o cumprimento dessas metas. Para ser bem-feito, ele precisa levar em conta as condições internas da empresa, mas também a realidade externa — e a aí que entram as forças competitivas.

Esse plano deve incluir administradores em todos os níveis da organização, que precisam formular e implementar as atitudes necessárias para o funcionamento adequado dentro dos preceitos estabelecidos. O planejamento estratégico tenta prever o futuro do negócio, especialmente em relação ao longo prazo.

Para emergir com um planejamento estratégico competente e produtivo, os gestores precisam conhecer as forças competitivas que atuam no seu segmento. Qualquer empresa, independentemente de seu tamanho, pode, de uma forma ou de outra, colher os benefícios desse diagnóstico. Nesse aspecto, as 5 forças de Porter ajudam muito.

Afinal, quais são as 5 forças de Porter?

Dentro de tudo o que foi falado, as 5 forças de Porter podem contribuir significativamente para que você entenda melhor as forças competitivas e utilize essa ferramenta em favor de uma melhor gestão do seu negócio. Confira quais são elas:

1. Rivalidade entre concorrentes

A primeira das 5 forças de Porter diz respeito à concorrência. Ela preconiza que é fundamental que você aceite e compreenda que existem outras empresas que estão vendendo um produto ou um serviço semelhante ao seu e, consequentemente, estão brigando pela mesma fatia do mercado.

Para superá-los, portanto, é preciso entender bem quem são eles, como se organizam e qual é o seu poderio econômico. Dessa maneira, torna-se possível alinhar suas estratégias, melhorar alguns pontos e reforçar os seus diferenciais. Não se trata de copiar, mas sim de analisar bem o seu ramo e descobrir como chegar ao topo dele.

2. Poder de negociação dos fornecedores

Esse tópico diz respeito ao relacionamento que uma empresa mantém com os seus fornecedores. Afinal, por mais que muitos gestores minimizem esse aspecto, o funcionamento de qualquer negócio depende — e muito — dos seus parceiros.

Antes de fechar novos contratos ou renovar os antigos, faça uma pesquisa bastante abrangente. Estude os valores praticados por cada um, os prazos e processos logísticos e a qualidade do serviço que oferecem. Acima de tudo, procure ter mais de uma opção, pois assim você não fica dependente de apenas uma fonte e ganha até mais poder de barganha.

3. Poder de negociação dos clientes

Qualquer negócio, obviamente, precisa conhecer muito bem os seus clientes e essa é mais uma premissa das 5 forças de Porter. É preciso compreender bem suas demandas, necessidades e expectativas, de forma a descobrir sempre como aperfeiçoar seus processos, produtos e serviços.

A fidelização, nos dias de hoje, é fundamental em qualquer setor. Por isso, é importante também analisar as possibilidades de perder público para a concorrência e investir no relacionamento de excelência e na boa experiência de compra, para evitar ao máximo que isso aconteça.

4. Ameaça de produtos entrantes

Outro ponto estratégico das 5 forças de Porter é analisar quais são as probabilidades de um produto ou serviço semelhante ao que você está oferecendo entrar no mercado e roubar a sua clientela. A premissa aqui é jogar duro: montar estratégias para impedir que isso aconteça e minimizar o surgimento de concorrentes.

Embora isso possa parecer muito radical, o fato é que a sobrevivência do empreendimento pode depender de ações como essa. Tendo esse entendimento, você deve buscar se diferenciar ainda mais, fortalecendo a imagem da sua marca e patenteando as suas criações. Contratos de exclusividade também são uma boa pedida.

5. Ameaça de produtos substitutos

Por fim, a ameaça de produtos substitutos não pode ser menosprezada, e é isso que nos diz a quinta das 5 forças de Porter. Muitos empreendedores acham que, por contarem com um artigo inovador no mercado, estão imunes da ação de concorrentes, mas a realidade nos mostra que isso pode ser um tremendo erro.

É por essa razão que considerar a possibilidade de que algo semelhante possa surgir no segmento é fundamental. É indispensável, portanto, inovar constantemente e aprimorar o que você tem, de acordo com as demandas novas que forem surgindo no seu público. Isso, certamente, dificultará que os clientes o substituam.

Como fortalecer o seu negócio com as 5 forças de Porter?

Agora que você já compreendeu muito bem as 5 forças de Porter e como elas podem contribuir para fortalecer o seu negócio, é hora de agir e implementá-las na sua empresa. Compreendendo essas premissas, você pode identificar suas fragilidades e também os seus pontos fortes, investindo nas potencialidades do empreendimento.

Não corra riscos desnecessários em um mercado tão competitivo e difícil como o do Brasil. Utilize seu conhecimento, direcione seus recursos e trilhe um caminho muito mais seguro e garantido para o resultado que você espera: o sucesso!

E agora, aprendeu a usar as 5 forças de Porter para fortalecer o seu negócio? Você já utilizava alguma delas em sua estratégia? Aproveite para conferir também outro post do blog com 7 maneiras simples de aumentar as vendas em sua loja virtual!

 

 

Banner para o Guia da Negociação: Como fechar mais negócios e otimizar seu resultadoPowered by Rock Convert