A logística organizada e bem planejada vem se mostrando, cada vez mais, peça essencial para o sucesso de pequenas e médias empresas. Seja no mundo virtual ou offline, trata-se de fator muito importante na hora de mostrar resultados ao seu cliente.

\r\n

Uma logística elaborada pode melhorar várias áreas do empreendimento, que vão desde a organização interna até o fortalecimento da relação com a clientela. Confira aqui algumas dicas para melhorar a logística de sua empresa!

\r\n

1. Benchmarking

\r\n

Com o benchmarking, o empreendedor basicamente aprende com as experiências de terceiros. Esse conceito nada mais é do que a referência em determinado mercado. Ao fazer uma análise de serviços de uma área específica, por exemplo, você identifica qual é a empresa usada como o maior identificador com relação aos seus produtos.

\r\n

Essa prática consiste em observar e estudar as empresas da área desejada e adaptar as estratégias que mais funcionam para elas. Para isso, não é necessário analisar ações de negócios apenas de setores relacionados ao da sua empresa, mas também de outros que são bem-sucedidos.

\r\n

Utilizando a técnica, você pode poupar seu negócio de muitas campanhas que talvez não tivessem retorno, além de aumentar seus lucros.

\r\n

2. Organização

\r\n

Uma boa logística interfere diretamente na boa organização de um empreendimento. Isso porque um arranjo bem preparado evita gastos e custos operacionais desnecessários, além de economizar tempo de seus profissionais e clientes.

\r\n

O estoque, por exemplo, é uma das áreas que precisam de mais cuidado do empreendedor. Procure organizá-lo de maneira eficiente, categorizando e subdividindo suas mercadorias. Essa ação — que pode levar algum tempo caso seu estoque esteja muito desorganizado — poupará esforços. Além disso, facilitará a entrega das compras para os clientes, que, consequentemente, ficarão mais satisfeitos com o serviço prestado.

\r\n

3. Checklists

\r\n

Mais um item altamente eficaz para uma ótima logística dentro de um negócio: a utilização de checklists. Apesar de não parecerem tão importantes à primeira vista, é apenas por meio dessas listas de “tarefas a cumprir” que os profissionais mais envolvidos em determinado processo poderão ter total controle daquilo que fazem.

\r\n

Use as checklists quantas vezes precisar — desde a área de vendas até a liberação de equipamentos ou cargas. Isso evitará perdas de produtos e dará a você maior controle e segurança.

\r\n

4. Previsões de demanda

\r\n

Analise o histórico de vendas da empresa para fazer uma previsão de demanda para meses futuros. Tendo isso em mente, elabore uma estratégia de alto nível para conservar o seu estoque abastecido e sua rede fornecedora alerta.

\r\n

Apesar de não ser uma ciência exata, essa técnica pode salvar empresas de alguns empecilhos, como altas sazonais de demanda, além de fazer com que você conheça melhor seus clientes.

\r\n

As previsões de demanda também ajudarão você a entender melhor os hábitos do mercado em que está inserido, o que é muito útil na hora de planejar estratégias de marketing e vendas. Por que seus clientes compram tal produto em determinado período? O que posso fazer para eles comprarem aquela outra mercadoria também? Como posso aumentar meu lucro em datas comemorativas? As respostas para essas perguntas estão no estudo de comportamento de seus consumidores. Tenha sempre em mente que entender o cliente é fundamental para o sucesso de um negócio.

\r\n

5. Logística reversa

\r\n

Tanto para empresas virtuais ou no mundo real, é importante estabelecer políticas claras de troca e vendas de produtos. Em e-commerces, em especial, aquelas políticas devem ser muito bem planejadas e, essa devolução, feita de forma rápida e prática para o cliente. Já que, na internet, não é possível experimentar peças de roupas, por exemplo, uma empresa que oferece políticas de retorno pode atrair muito mais clientes.

\r\n

Para isso, crie uma logística reversa dentro do negócio: essa área cuidará especificamente do fluxo de entrada e saída de produtos da empresa. Assim, entre suas responsabilidades, estará a de coletar e devolver essas mercadorias retornadas.

\r\n

6. Tecnologia

\r\n

Hoje em dia, a tecnologia pode ajudar muito a vida de pequenas e médias empresas. Existem softwares e sistemas que tornam mais fáceis a vida de quem maneja seu próprio negócio. Com essa nova tecnologia, a automatização de processos é uma das dicas mais importantes para melhorar a logística de uma empresa, já que ela torna mais seguros e rápidos os processos do negócio.

\r\n

Utilize a tecnologia a seu favor: muitos aplicativos e softwares estão à disposição daqueles que pretendem automatizar os processos de uma marca. Isso fará com que todos os setores do empreendimento interajam de forma mais prática, o que também vai ajudar a melhorar a comunicação e a coleta de informações.

\r\n

7. Análise de dados

\r\n

É fundamental coletar e analisar os dados da sua empresa, a fim de melhorar sua logística e, como consequência, seu lucro. Em um primeiro momento, parta para o estudo de seus processos internos, que vão desde emissão de notas fiscais até a embalagem das vendas. Com essa análise, você poderá identificar possíveis erros e vícios que estão atrapalhando a eficiência de seu negócio.

\r\n

Outros dados também podem ser bem relevantes para a construção de uma logística mais eficaz. É importante, ainda, fazer um planejamento financeiro adequado para sua empresa, anotando todos os gastos e receitas geradas em um determinado período de tempo. Com isso, você poderá ter uma noção mais completa de seu lucro mensal, e identificar aspectos a serem melhorados.

\r\n

Não se esqueça: a empresa que não tem controle sobre a própria vida financeira e processos internos não alcança o sucesso e nem se mantém no mercado.

\r\n

8. Estudo aprofundado de seus produtos

\r\n

Faça um levantamento daqueles produtos que vendem mais, bem como os que costumam ficar mais tempo no estoque. Com essas informações, você pode traçar estratégias (como promoções), para melhorar a utilização do seu estoque, o que aumentará o giro.

\r\n

Além disso, você também poderá planejar melhor suas compras futuras, e, assim, evitar gastos com produtos que ficam estocados por longos períodos. Qual empresário gosta de gastar dinheiro sem motivo? Saber quais produtos agradam mais ou menos aos seus consumidores e em quais épocas do ano eles são mais comprados é uma dica preciosa para melhorar a logística de seu negócio.

\r\n

Como percebemos, a logística é um dos principais aspectos no êxito ou fracasso de uma empresa. Uma boa logística abrange diversas áreas do negócio, e, por isso, não deve ser negligenciada. Gostou das dicas do post? Então leia aqui sobre os desafios de logística para pequenas e médias empresas!

\r\n

 
Banner Tudo que você precisa saber sobre Código de BarrasPowered by Rock Convert