Utilize o Índice de Automação do Mercado Brasileiro a favor da sua empresa

Mudar é preciso, para isso é fundamental estarmos preparados para lidar com a velocidade em que ocorrem as transformações na sociedade. Se pararmos para analisar, é surpreendente o quanto mudamos nossa forma de comunicar, relacionar, produzir, consumir e se informar ao longo dos anos.

Definitivamente essas transformações só foram possíveis porque a tecnologia está cada vez mais presente na vida das pessoas, tanto no âmbito pessoal quanto profissional. Para entender melhor qual é a dimensão desse impacto, a GS1 Brasil (Associação Brasileira de Automação) desenvolve um estudo anual, chamado Índice de Automação do Mercado

Este índice, que é publicado desde 2016, traz informações muito importantes sobre o cenário da automação no Brasil, pois mensura de forma consistente e objetiva o quanto a automação está presente nas empresas brasileiras e na vida do consumidor.

Com base nos resultados obtidos é possível entender de forma mais abrangente a evolução da presença tecnológica no mercado; a nível nacional, onde estamos e onde podemos chegar em relação à automação; e, resumindo em uma visão mais local, o índice permite que as empresas entendam como podem se preparar para os próximos anos.

Como funciona o Índice GS1 Brasil de Automação

O índice é baseado em um valor que varia de 0 a 1 e representa o quão automatizado é o item analisado. Para criá-lo, a GS1 Brasil conta com uma área de pesquisa e desenvolvimento, que elabora estudos frequentes, avaliando diversos aspectos relativos tanto aos consumidores quanto às empresas, de variados setores e tamanhos, espalhados por todo o território nacional.

A metodologia de pesquisa baseia-se em entrevistas quantitativas trimestrais realizadas em todo o Brasil e divididas em três frentes de análises, que são: consumidores, comércio e serviços e indústrias. Quanto ao levantamento de dados, para cada uma das frentes estudadas são coletados dados a respeito de seis dimensões diferentes, que são:

Consumidores: acesso à internet; aplicativos; itens pessoais; eletrodomésticos/eletrônicos; residência e carro.

Comércio e serviços: sistemas; relacionamento com o colaborador; relacionamento com o cliente; atendimento; logística e loja.

Indústrias: sistemas; relacionamento com o colaborador; relacionamento com o cliente; atendimento; logística e fábrica.

O que o último Índice de Automação aponta?

Neste post faremos um resumo sobre o que o último Índice de Automação GS1 aponta em relação às frentes: consumidores e comércio e serviços. A finalidade é que você tenha uma percepção mais ampla das tendências do mercado para o resto desse ano e de como esses resultados podem ser utilizados como estratégia para o desenvolvimento da sua empresa. Vamos lá?

Confira aqui o Índice de Automação do Mercado Brasileiro 2020

Consumidores

O comportamento dos consumidores passou por grandes mudanças no último ano. E entre os motivos catalisadores dessa transformação, está o distanciamento social, que acelerou o uso de tecnologias, fazendo com que as pessoas utilizassem mais aplicativos e plataformas digitais para trabalhar, estudar, fazer compras, acessar opções de entretenimento, ter contato com amigos e familiares, entre outras atividades do cotidiano.

Os resultados do 4º Índice de Automação do Mercado Brasileiro da GS1, realizado em 2020, comprovam essa realidade, mostrando que no recorte que analisa os consumidores, o Índice de Automação teve alta de 3% em relação a 2019, o mesmo crescimento observado na automação das empresas. Nos últimos quatro anos, a automação na vida dos consumidores teve uma expansão de 12%.

Dados muito relevantes foram coletados neste âmbito, entre os principais: o celular já faz parte da vida de 98% dos entrevistados e, deste total, 85% são smartphones, e 97% das pessoas também possuem acesso à internet em suas casas por meio de Wi-Fi. O uso de aplicativos de serviços e comunicação apresentou crescimento notável nos últimos anos. Em 2020, aplicativos de restaurantes e entregas ganharam ainda mais destaque, passando de 42% de uso em 2019 para 61% em 2020.

O novo tópico, Intenção de Compra, revelou que entre os meses de junho e agosto de 2020, 32% dos consumidores tinham a intenção de adquirir, principalmente, equipamentos eletrônicos e smartphones, porém apenas um quinto efetivou as compras. 

Comércio e serviços

No recorte que analisa a automação das empresas dos segmentos de comércio e serviços, o índice foi de 0,228, uma alta de 3% comparando-se a 2019. Em quatro anos, o crescimento foi expressivo, chegando a 11%. Para exemplificar melhor esse crescimento, abaixo separamos como a automação está sendo aplicada em áreas estratégicas nos negócios de comércio e serviços.

Loja

Esses estabelecimentos têm contado cada vez mais com soluções tecnológicas, como leitor de códigos de barras (71%) e checkout integrado ao back-office (45%). Além disso, 41% possuem sistema de segurança com acesso remoto.

Atendimento

Aproximadamente 78% das empresas possuem um canal de atendimento ao cliente, sendo que 18% delas possuem URA (Unidade de Resposta Audível) e destas, 45% são URA Inteligente (acionadas por voz).

Experiência do cliente

Este tópico é bastante importante para delinear as estratégias de qualquer empresa que queira aumentar sua produtividade e se destacar no mercado. O índice revela que o consumidor está no centro das estratégias de boa parte dos negócios e, para que a experiência seja positiva, a automação tornou-se uma grande aliada, tanto que 26% das empresas possuem sistema de monitoramento de comportamento de compra, utilizando dispositivos como câmeras (87%), sensores (19%), sinal de celular (12%) e rastreadores (9%).

Logística

Na operação logística, os grandes destaques envolvem o uso de soluções para Nota Fiscal via sistema (XML), adotada por 89% das empresas, bem como código de barras, utilizado por 86% das companhias.

Colaborador

Cerca de 29% das empresas monitoram as atividades dos seus funcionários eletronicamente. Aliás, essa é uma ação que ganha ainda mais importância diante da pandemia, que culminou no trabalho remoto para boa parte dos brasileiros.

Como utilizar esses dados a favor da sua empresa?

Definitivamente, o ano de 2020 foi bastante desafiador para inúmeros setores, que precisaram frear seu crescimento e pausar alguns projetos devido às medidas de isolamento social. Os desafios se estenderam para este ano e tendem a continuar, visto que ainda não estamos no fim da pandemia. 

Em contrapartida, este novo cenário contribuiu para que compreendêssemos que algumas questões antes encaradas como pertencentes ao futuro já fazem parte do presente, tanto que a transformação digital para muitas empresas aconteceu mais cedo.

A tecnologia está dando saltos significativos no desenvolvimento de novas soluções, e isso é um ponto-chave que deve ser analisado pela sua empresa para que ela se desenvolva de maneira sustentável com foco no futuro, utilizando as principais tendências apresentadas para tornar o processo organizacional mais eficiente, seguro e produtivo. 

Então, se você ainda tem dúvidas se é um bom momento para investir na automação do seu negócio, o que inclui mudanças nos processos logísticos; utilização de recursos tecnológicos, como aplicativos e foco na experiência do cliente e do colaborador, mesmo diante do cenário atual, vale apostar na automação, já que no geral ela mostra resultados positivos e pode ser utilizada a favor da sua empresa.

A prosperidade da automação contribui para tornar o “novo normal” mais tecnológico e focado na construção de um futuro mais indefectível e com melhores condições para comércio, indústria e consumidores. 

O ano de 2021 ainda não acabou! Por isso, lembre-se que o segundo semestre pode ser uma oportunidade de retomada, com a adição do entendimento de que existem medidas capazes de controlar ou evitar crises em eventuais novos cenários extremos. 

Gostou desse conteúdo? Se sim, permita que outras pessoas também tenham acesso. Basta compartilhar! 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.