Atualmente, o código de barras pode ser encontrado em praticamente qualquer produto/embalagem que consumimos. Por meio dele, é possível identificar, de forma muito mais prática e ágil, a mercadoria que está sendo adquirida. Por ser padronizado, um mesmo código pode ser utilizado por várias empresas em uma cadeia produtiva. Ainda assim, a chance de erros é nula.

\r\n

No artigo de hoje, falaremos um pouco mais sobre o código de barras e, principalmente, sobre a importância que ele possui nas relações comerciais. Confira a seguir!

\r\n

O que é o código de barras?

\r\n

Pode-se definir o código de barras como a representação gráfica dos números que são informados logo abaixo dele. Como cada item possui um código diferente, podemos dizer que ele funciona como um RG, o que faz com que a sua identificação seja 100% assertiva.

\r\n

Essas barras são formadas a partir de um código binário, seguindo a mesma lógica da computação para isso: os números 1 representam as faixas pretas e os números 0 são referentes às faixas brancas. Quando uma barra é mais grossa que as demais, isso quer dizer que ali existe um somatório de várias barras de uma mesma cor.

\r\n

Como ele funciona?

\r\n

A leitura — chamada de decodificação — dos dados informados na barra é feita por um aparelho que funciona como um scanner, chamado de leitor de código de barras. Esse leitor emite um raio que incide sobre as barras. Quando ela é escura, a luz é absorvida e quando ela é branca, a luz é refletida para o scanner. É no momento dessa leitura que o computador atribui aquele código binário (1 ou 0) a esses padrões.

\r\n

Toda vez que esse código é escaneado, o computador realiza uma série de cálculos entre os números e o resultado final deve ser igual ao dígito verificador contido na numeração. É por meio desse processo que se sabe se a leitura foi correta ou não. Caso haja alguma divergência, o computador retorna com uma mensagem de erro.

\r\n

O padrão utilizado hoje na maioria dos países, exceto EUA e Canadá, é o EAN — sigla para Número Internacional de Artigo. A numeração nesse padrão contém 13 dígitos, em que o primeiro deles (localizado do lado esquerdo) é sempre ímpar, enquanto o último é sempre par, sendo este o dígito verificador. Cada bloco numérico diz respeito a uma informação diferente, como, por exemplo: identificação do país, identificação da empresa e identificação do produto.

\r\n

Dependendo da sequência, é possível saber se o item é um medicamento, um alimento, ou uma embalagem, por exemplo.

\r\n

Quais benefícios ele proporciona?

\r\n

Já sabemos que o código de barras serve para identificar produtos e que todo o processo ocorre em questão de segundos. Porém, os benefícios que esse padrão proporciona para as empresas vai muito além disso. Confira alguns deles:

\r\n

Agilidade na captação dos dados de produtos

\r\n

Quando se implementa um sistema de leitura de código de barras, a captação das informações dos produtos se torna muito mais ágil e confiável. Prova dessa agilidade pode ser notada nos caixas de supermercados, onde é possível saber a descrição do produto, o seu valor e a sua unidade de medida, por exemplo.

\r\n

Essa agilidade é especialmente importante para processos de recebimento, gestão de estoques e expedição, visto que é possível identificar o produto e a sua localização de forma muito mais ágil, utilizando um coletor de dados. Com isso, processos como estocagem, inventário, separação de pedidos e consolidação de cargas ficam muito mais rápidos e confiáveis.

\r\n

Mais velocidade nas transações

\r\n

Como os dados dos produtos podem ser levantados com maior rapidez, pode-se dizer que os processos também se tornam mais ágeis, o que, por consequência, impacta positivamente nos índices de produtividade.

\r\n

Um exemplo é o processo de separação de pedidos. Com a utilização de um coletor de dados, o separador sabe exatamente onde cada item está localizado e já é possível dar baixa em um produto no momento em que ele é incluído no “carrinho”. Com isso, além dos níveis de estoque serem atualizados automaticamente no sistema, o processo de emissão da documentação também é agilizado, devido à automação do processo.

\r\n

Redução de custos

\r\n

A redução de custos vem como uma consequência positiva dos benefícios que o código de barras proporciona. Com maior agilidade na execução das tarefas e aumento da produtividade, é possível reduzir custos, principalmente o custo homem/hora.

\r\n

Além disso, como as atividades passam a ser realizadas com maior assertividade, ganha-se também com a redução de erros e a redução — ou eliminação — dos índices de retrabalho, muito recorrentes quando os processos são manuais.

\r\n

Facilidade nas relações comerciais

\r\n

Como dissemos no começo do artigo, por seguir um padrão, as empresas podem se relacionar comercialmente de forma muito mais ágil e sem que seja necessário compartilhar informações a respeito dos produtos de forma separada, visto que elas já estão contidas nos códigos de barras.

\r\n

Devido ao fato de o padrão EAN ser internacional e abranger a maioria dos países no mundo, essa facilidade beneficia ainda mais as relações de importação e exportação, uma vez que os códigos não se alteram de um lugar para o outro.

\r\n

Mesmo nos EUA e Canadá, que utilizam um padrão diferente, os produtos devem estar padronizados de acordo com o EAN. Ou seja, um refrigerante em lata aqui no Brasil tem o mesmo código lá na Índia e as informações contidas nele são as mesmas.

\r\n

Como podemos ver, a utilização do código de barras otimiza tanto os processos internos quanto as relações comerciais entre as empresas — o que pode incluir negociações de importação e exportação.

\r\n

Além de promover benefícios que ajudam a aprimorar processos e resultados internos, é possível obter ganhos ao longo da cadeia de suprimentos, o que pode trazer vantagem competitiva para os envolvidos, principalmente em termos de agilidade e redução de custos.

\r\n

Agora que você já sabe qual a importância do código de barras e quais vantagens sua identificação proporciona, que tal conhecer o rápido processo para adquirir os seus códigos de barras?

\r\n

Ebook código de barras

\r\n