Banner de Exportação para PME'sPowered by Rock Convert

A loja virtual tem algumas particularidades que a diferenciam da loja física. No entanto, é importante considerar que o consumidor é o mesmo: ele também quer ter uma boa experiência de compra no ambiente on-line. Por isso, ficar atento a erros de e-commerce é uma necessidade constante do empreendedor que deseja expandir os negócios.

Por menor que seja, um erro pode causar o abandono do carrinho de compras e, consequentemente, o resultado das vendas despencam. Pensando nisso, listamos as falhas mais comuns em lojas virtuais e o que é possível fazer para corrigi-las. Acompanhe:

1. Design desatualizado

Quando o design do site está desatualizado, isso não significa dizer apenas que ele está ultrapassado ou fora de moda. O problema é muito maior, pois a usabilidade do site, ou seja, a facilidade com que as pessoas o acessam, fica gravemente comprometida.

Exemplo disso é quando o design não é responsivo e, por esse motivo, não se adapta às diferentes telas dos dispositivos móveis. Para você ter uma ideia, o acesso à internet por meio do celular ultrapassou o uso via computador. Imagine a frustração do cliente ao navegar em um site com design desatualizado.

Como corrigir o erro

Converse com o desenvolvedor do site para que ele avalie a melhor opção para que sua loja virtual seja acessível em qualquer resolução de tela. Em alguns casos, é possível fazer uma conversão. Em outros, o ideal é reconstruir. A plataforma WordPress é famosa por oferecer sites com design leves e responsivos.

2. Falhas no processo de pagamento

Muitas empresas fazem do processo de pagamento um verdadeiro interrogatório. É fato que quanto mais informações você souber sobre o cliente, maiores são as possibilidades de se relacionar melhor com ele e vender mais. O problema é que, definitivamente, esse não é o melhor momento.

É preciso levar em consideração que, antes de chegar na seção de pagamento, o consumidor navegou em diversas páginas para escolher os produtos ou, quem sabe, comprou diretamente de um link recomendado por um amigo. Em ambos os casos, o desejo dele é apenas concluir a ação.

Como corrigir o erro

Mantenha a etapa de pagamento da forma mais simples e curta possível. O ideal é transmitir praticidade e segurança ao usuário, para que ele tenha uma boa experiência de compra. Peça as informações necessárias em outra ocasião: você pode, inclusive, permitir que o usuário faça o login por meio do Facebook. Assim, os dados que você deseja já estarão registrados.

3. Problemas de envio

Um dos problemas mais recorrentes nos sites de e-commerce é na parte de logística, em especial, os custos operacionais e o frete. O atraso nas entregas causa um impacto negativo tanto no aspecto financeiro quanto na imagem da empresa, pois o consumidor fica insatisfeito e abandona a loja.

Como corrigir o erro

É importante fazer um planejamento que contemple o valor da mercadoria, o volume, a quantidade encomendada e opções de entrega. Segundo uma pesquisa, mais de 60% das empresas baseiam os preços de acordo com os custos de cada produto.

Além disso, é essencial questionar o contrato com as transportadoras para que o negócio seja sustentável para ambas as partes. Entregas realizadas pelos Correios podem ser rastreadas. Para melhorar a usabilidade do seu site, disponibilize tabelas para o cálculo do frete e consulta de prazos de pagamento.

4. Não utilizar um sistema de avaliação

Quando o usuário está na página do produto avaliando se vai comprá-lo ou não, ele é influenciado positivamente pelo depoimento de pessoas que adquiriram a mesma mercadoria.

Isso acontece porque o consumidor sente mais segurança ao saber que outros confirmam a qualidade daquilo que ele precisa. É mais ou menos como se a opinião das pessoas fosse o argumento do seu melhor vendedor. Não utilizar essa estratégia é o mesmo que desperdiçar as vendas.

Como corrigir o problema

Crie condições para que os clientes avaliem a experiência da compra e façam pequenos comentários. Você pode fazer isso via e-mail, dias depois da entrega. Pergunte o que o cliente achou do produto e direcione o link para a página em questão. Não tenha receio de feedbacks negativos. Mostre que você confia na qualidade do seu serviço.

5. Má apresentação dos produtos

Imagens de baixa qualidade ou fotos que apresentam o produto de um ângulo só são erros que jamais podem ser cometidos em um site de e-commerce. O consumidor gosta de visualizar bem o produto, já que não pode tocá-lo.

Ele também costuma ler a descrição para conferir as características do que vai comprar e esse texto também ajuda o site a ser localizado no Google. Então, a página pode ter um ótimo design, mas se o usuário tiver dificuldades para interagir com o produto ou saber mais sobre ele, certamente vai desistir.

Como corrigir o problema

Dê prioridade a imagens de boa resolução e disponibilize diversos ângulos dos produtos, com opção de zoom. Coloque uma descrição detalhada de cada um, com dimensões, funcionalidades, entre outros itens. Você pode ainda publicar vídeos com dicas de como usar um determinado produto ou divulgar uma coleção.

Dessa forma, o usuário vai se sentir como se estivesse em uma loja física, mas com a praticidade de comprar com apenas alguns cliques.

6. Não investir em marketing

O sucesso de um site e-commerce também depende de uma estratégia de marketing focada em resultados. Ignorar a importância do marketing nos dias atuais é um erro que atrasa o desenvolvimento da empresa e faz com que ela rapidamente perca espaço para a concorrência.

Como corrigir o problema

Se você quer aumentar o engajamento dos clientes e conquistar o reconhecimento da marca, adote uma identidade visual atrativa para a sua empresa, capriche na personalização da embalagem para entregar seu produto com excelência, marque presença nas redes sociais, tenha um cadastro de clientes completo e atualizado e utilize-o a seu favor.

Percebeu como é importante tomar cuidado com os erros de e-commerce? Uma das características de todo empreendedor é ser movido por uma pitada de insatisfação, pois ela é responsável pela melhoria constante da gestão. Pense nisso!

Gostou das dicas? Aproveite e leia também: Comércio exterior: 7 passos para um e-commerce começar a exportar.

 

Banner para o Guia da Negociação: Como fechar mais negócios e otimizar seu resultadoPowered by Rock Convert