Saiba como inovar para conseguir melhor posicionamento de marca

Mesmo pequenos empreendedores precisam estar sempre atentos a oportunidades para se destacar no mercado. Assim, ter estratégias de inovação aparece como um diferencial importante. Por isso, nada melhor do que considerar aquilo que pode ser feito para que você se mantenha atualizado a ponto de atender melhor às demandas do público.

Quer saber mais? Então, não deixe de conferir todas as nossas dicas para inovar e ter sucesso no posicionamento de marca. Acompanhe!

Trabalhe com benchmarking

O nome pode parecer complicado, mas a prática é muito simples. Benchmarking refere-se à ação de conhecer metodologias de trabalho de outras empresas e aplicar na sua. Não é simplesmente copiar, mas estar de olho naquilo que funciona, principalmente na concorrência, e saber adaptar ao funcionamento do seu negócio.

Com o benchmarking você garante que sua organização não ficará para trás caso o mercado comece a progredir em função de alguma proposta diferente. Mas, além disso, existe o fato de que, se algo diferenciado surgir, sua empresa estará entre as pioneiras, o que criará vantagem competitiva.

Utilize técnicas modernas

Tanto o Design Thinking quanto o Canvas são recursos modernos que podem ajudar você a visualizar melhor o seu negócio e torná-lo mais propício à inovação.

O Design Thinking é uma abordagem em que a solução de problemas é encontrada de maneira coletiva e colaborativa, ou seja, todos participam dela. Nesse modelo, há um tratamento adaptado do design para as empresas no sentido de o objetivo do trabalho ser a promoção de soluções experimentais e criativas focadas no bem-estar das pessoas.

Adotado por startups no mundo inteiro, o Business Model Canvas é um documento que reúne todos os elementos principais de um negócio em uma única página. Com ele você torna a montagem e a documentação do seu modelo de negócios mais simplificada, sintetizando o plano de negócios.

É uma excelente alternativa para estruturar o seu modelo de negócios, implementando e fazendo a manutenção mesmo sem ter uma grande experiência.

Considere essas possibilidades para mudar a maneira da equipe de ver o próprio negócio e para tornar sua organização mais intuitiva. Isso facilita o processo de inovação.

Expanda seu universo

Encontrar um caminho para inovar pode ser muito mais fácil do que se imagina. Muitas vezes, as oportunidades estão escancaradas, mas não são vistas.

Veja o exemplo do Uber. Quando o aplicativo foi criado, a ideia era facilitar o transporte coletivo por meio de caronas nas grandes metrópoles nos Estados Unidos. Somente alguns anos depois, quando o aplicativo se tornou fenômeno no mundo inteiro, foi que as pessoas perceberam que havia uma demanda por transporte econômico e de baixo custo em função das oportunidades que as empresas de transporte coletivo e de táxis deixaram disponíveis.

Perceber isso, hoje, pode parecer trivial, mas quando Travis Kalanick e Garrett Camp criaram o aplicativo, a maioria das pessoas sequer pensava na ideia. O fato é que eles não estavam procurando amenizar o problema do transporte público num primeiro momento, mas foi isso o que fizeram.

Transforme problemas em oportunidades

Boas ideias têm origem no entendimento de problemas. É sobre eles que o processo de inovação precisa acontecer. Concentre-se em entender aquilo que pode estar dando errado no seu negócio. É a sua presença online que está ruim? São as condições de pagamento da concorrência que parecem melhores? Aprofunde-se no tema e tente saber tudo sobre ele. Você verá que dessa forma as soluções vão aparecer naturalmente.

A maioria das grandes inovações da humanidade foi fruto de horas e horas de dedicação dos inventores para entender as causas de um problema. Não se concentrar somente nas soluções é a chave para você conseguir encontrá-las.

Não tenha medo de errar

Se sua marca não parece bem posicionada no mercado, procure encontrar alternativas para melhorar essa condição. Mas é importante que no seu ambiente de trabalho exista uma cultura voltada para a contribuição coletiva. Acate ideias, invista nas propostas que seus colaboradores apresentarem e o mais importante: não puna o erro como se ele não pudesse oferecer nada de positivo.

Nas grandes economias do mundo, o erro é visto de maneira diferente. Ele faz parte do jogo e é por meio dele que as decisões futuras podem ser aperfeiçoadas.

Isso não quer dizer que você deva criar uma cultura do erro, mas que o ambiente interno de sua organização precisa ter uma cultura que transforme a falha numa aliada.

Estude seus clientes

Concentre-se nas necessidades do seu público-alvo. São elas que vão abrir espaço para você apresentar novidades. De nada adianta desenvolver um projeto caro e complexo se ele não tem o que oferecer para as pessoas.

Por isso, trabalhe sempre com pesquisas. Conheça o comportamento do consumidor para enxergar as oportunidades que podem surgir. Estas, geralmente se apresentam na forma de brechas que a maioria das pessoas não visualiza. Lembra-se do exemplo do Uber?

Esteja sempre de olho no que existe e naquilo que pode ser transformado nas rotinas das cidades. Quando sua empresa passa a ter esse tipo de comportamento, a tendência é que saia da zona de conforto e passe a atuar de maneira mais interessante no mercado.

Um dos maiores problemas das organizações é quando elas passam anos mantendo as mesmas práticas e, de repente, se veem sem lugar no mercado. O motivo disso é que se concentraram tanto na sua maneira de fazer as coisas que deixaram de lado os interesses dos clientes, que é aquilo que realmente importa.

Conheça o mercado

Jamais deixe de acompanhar o trabalho de seus concorrentes. A inovação surge quando você entende a demanda do público consumidor e, ao mesmo tempo, tem um conhecimento profundo das possibilidades que existem no ao seu redor.

Se sua ideia for realmente boa, mas outras empresas também estiverem atentas às oportunidades que o mercado apresenta, você poderá perder tempo e dinheiro ao investir em algo que pode estar em estágio mais avançado na concorrência. Por isso, sempre acompanhe a movimentação das outras empresas.

Para saber mais sobre posicionamento de marca e outros temas, curta nossa página no Facebook e confira nosso conteúdo!

 

Postagens relacionadas
Marketing internacional: saiba como divulgar sua marca corretamente
Como a embalagem pode se tornar o diferencial de uma empresa?
Internet das Coisas
Internet das coisas: troca de informações entre produtos
Saiba como trabalhar a inovação como estratégia competitiva
Experiência do cliente
Experiência do cliente: saiba como otimizar na loja online

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web