Omnichannel e Social Commerce: a dupla que está revolucionando o varejo

O mundo digital é sinônimo de inovação e integração. Toda empresa que explora esses pilares em conjunto está no caminho certo para manter uma operação virtual bem-sucedida – uma tarefa que acaba sendo mais fácil na teoria do que na prática. Com novos recursos sendo lançados em ritmo ininterrupto e consumidores cada vez mais exigentes, torna-se um verdadeiro desafio utilizar essas tecnologias de forma assertiva.

Dentre todo esse mar de informações e novidades, podemos destacar uma dupla que não chega a ser tão nova no mundo virtual, mas que se mantém cada vez mais relevante: o omnichannel e o social commerce. Ambos abordam conceitos específicos que acabam se encontrando em suas propostas, criando uma integração crucial que está revolucionando o setor varejista.

O que é omnichannel e social commerce?

Quem já está familiarizado com o meio digital provavelmente já deve ter ouvido falar de pelo menos um desses conceitos. O omnichannel é mais antigo, sendo um recurso explorado desde que a internet começou a se fazer mais presente na vida das pessoas. A proposta é oferecer uma experiência de compra integrada para os consumidores, unindo diferentes canais e ferramentas para auxiliá-los em sua jornada de compras.

O omnichannel já se encontra em um estágio bem avançado e abrangente, então hoje usufruímos de suas praticidades sem nos darmos conta. Hoje, podemos pesquisar um determinado produto em um mecanismo de busca e ser rapidamente direcionados para o app de uma loja específica. Na hora de pagar, é possível utilizar outro app de carteira digital ou cartão de crédito para finalizar a transação – tudo com a facilidade de alguns cliques. Esses são só alguns exemplos práticos do omnichannel em ação.

Enquanto isso, temos o social commerce: o comércio baseado em redes sociais. Esses espaços de interação também funcionam como poderosas ferramentas de marketing, permitindo às empresas e lojistas divulgar produtos, novidades, anúncios e muito mais. Dito isso, as redes sociais também se tornaram parte do todo que representa o omnichannel, sendo mais uma via para garantir que o consumidor possa realizar seus desejos de consumo de qualquer lugar.

Como se integram?

Já não é de agora que as empresas perceberam que uma presença forte nas redes sociais é indispensável para o sucesso dos negócios. De acordo com o relatório Transformação Digital na América Latina, milhões de brasileiros passam em média 3,7 horas por dia navegando nessas plataformas, criando inúmeras oportunidades para os lojistas explorarem.

É aqui que entra o papel do omnichannel, criando um vínculo entre as redes sociais e outras plataformas como apps, marketplaces ou o site da própria loja. Indo além do ato da compra, as empresas também podem fortalecer sua relação com os consumidores através de um canal de contato exclusivo para cada plataforma, como acontece no Facebook, Instagram, WhatsApp etc. Dessa forma, os clientes podem mandar mensagens pelo meio que acharem melhor.

Outra tendência que vem se fortalecendo entre esses dois conceitos é o chamado live commerce, uma transmissão ao vivo que visa apresentar diversos produtos (geralmente em valores promocionais), permitindo que os espectadores possam comprá-los sem sair da live. Esse é um exemplo perfeito de como o omnichannel e o social commerce vêm formando a união perfeita dentro do comércio virtual.

Paralelamente a tudo isso, temos os padrões GS1, que continuam contribuindo continuamente com o setor através de soluções tecnológicas que colaboram tanto com o comércio físico quanto o digital. Acesse nosso site e saiba mais sobre as vantagens de se tornar um parceiro!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.