Logística e distribuição: como otimizar os processos na minha PME?

Todas as empresas, independentemente de suas atividades, dependem de bons processos logísticos para garantir seu sucesso. Isso porque eles estão envolvidos em todas as etapas existentes até a chegada do produto ou a prestação do serviço ao cliente. Uma das principais etapas em que a logística está presente é a distribuição, que merece muita atenção pois sua função é garantir o atendimento à demanda.

Sendo assim, se torna cada vez mais importante que os gestores saibam como aprimorar esses processos e, consequentemente, aumentar o grau de satisfação do consumidor. Ao buscar a otimização de processos relacionados à logística e distribuição, a empresa pode reduzir suas despesas, melhorar seu desempenho, maximizar os lucros e até mesmo se beneficiar competitivamente no mercado.

Neste post, vamos apresentar algumas maneiras de otimizar os processos de logística e distribuição de uma PME. Confira!

1. Estude a situação atual da empresa

O primeiro passo para qualquer mudança é ter conhecimento sobre a situação atual para assim poder projetar mudanças futuras. Portanto, busque entender como está o atual funcionamento e desempenho de sua empresa. Mapeie e analise tarefas a fim de identificar problemas e gargalos logísticos. Isso permitirá a definição das metas do processo de otimização.

2. Faça um bom planejamento

Essa etapa é a continuação do item anterior. Agora que já são conhecidos os gargalos de logística e distribuição, pode-se projetar os objetivos a serem atingidos e os planos para alcançá-los. Um planejamento bem-feito e adequado é parte fundamental de qualquer execução bem-sucedida. É importante que esse planejamento consiga abranger desde o recebimento de matéria-prima, chegada do produto ao cliente e o pós-venda, buscando otimizar todas as etapas.

3. Busque a integração de todas as equipes

É sempre vantajoso que você possua uma visão holística da empresa, isto é, que enxergue todas as partes como a composição do todo, possuindo uma visão global dos processos organizacionais. Quando se promove a integração das equipes dentro de uma empresa, é possível desfrutar de benefícios como aumento da produtividade e maior equilíbrio entre oferta e demanda.

Sendo assim, busque manter todos os setores muito bem informados sobre as atividades da organização. Por exemplo, para garantir que suas projeções de vendas sejam corretas, incorpore as equipes de planejamento de produção, finanças e marketing. Isso garante um plano de ação mais preciso e unificado.

4. Fortaleça parcerias eficientes

Falhas na comunicação com seus parceiros em geral, principalmente fornecedores, podem comprometer muito o desempenho da empresa. Sendo assim, é importante se atentar ao alinhamento e integração de informações com eles também. Sistemas informatizados podem ajudar nessa missão. Além disso, é recomendado fortalecer essas relações com os parceiros que se mostram mais eficientes, e ir em busca de outros quando em falta.

5. Aposte no melhor da tecnologia

Todos os processos organizacionais podem ser aprimorados com o uso da tecnologia correta. Com a logística e distribuição isso não é diferente. Sistemas de gestão bons e adequados permitem melhorias em diversas atividades, como compras, gestão de estoque, venda e expedição.

Uma dica interessante é apostar em um software único, pois ele garante maior agilidade e reduz riscos de erros humanos, além de facilitar a integração de todas as informações mais relevantes. É possível também desenvolver um software personalizado, onde todas as funcionalidades específicas se adequarão melhor aos interesses da empresa.

6. Crie um mapa de distribuição

A elaboração de um mapa é uma ótima solução para processos de logística e distribuição. Neste mapa, é importante anotar a localização de todos os pedidos realizados dentro do período analisado, que é geralmente de um mês. Você também deve inserir dados como o nome do consumidor, o volume e valor da compra, o prazo de entrega e a distância percorrida.

Esse tipo de mapa auxilia muito nas entregas, uma vez que possibilita planejar rotas mais inteligentes, escolher o melhor modal, priorizar entregas mais rentáveis, entre outros.

7. Utilize a previsão de demanda

A previsão de demanda é uma ferramenta que evita gargalos logísticos. Ao prever a demanda futura, é possível se esquivar de situações muito graves para as vendas e a imagem da empresa, como a falta de produtos disponíveis e o excesso de estoque. Portanto, é altamente recomendado investir nas pesquisas necessárias para realização de uma boa previsão de demanda.

A maneira mais comum é a análise do histórico de vendas. Mas também é interessante incorporar outros fatores nessa projeção, como por exemplo a flutuação do mercado e a sazonalidade. Entretanto, é importante destacar que, como toda previsão, ela não possui 100% de assertividade. Assim, é necessário agregar a margem de erro a essa estatística.

8. Invista na capacitação da equipe

Os funcionários são a engrenagem das empresas. Eles fazem as mudanças acontecerem e são encarregados do desempenho organizacional. Contudo, os responsáveis pelo bom treinamento desses funcionários são os gestores.

Sendo assim, invista na capacitação de sua equipe. O retorno será visível e recompensador. Com colaboradores qualificados e bem treinados, seu negócio alcançará grande êxito no processo de otimização de logística e distribuição.

9. Monitore o desempenho da organização

A implementação de qualquer novo elemento na empresa, seja ele um processo, sistema, ferramenta ou método, conta com metas a serem atingidas. Após a execução do planejamento realizado, é imprescindível que a organização mensure os resultados.

O desempenho pode ser medido de várias formas, a principal é a utilização de indicadores de desempenho. Existem diversos deles e é preciso encontrar aquele que mais se encaixe às atividades da empresa e seus objetivos. Para a atividade de distribuição, existem alguns dashboards que permitem uma boa visibilidade dos processos e monitoramento da carga.

Para que uma empresa possa se manter competitiva no mercado, é preciso estar sempre avaliando seu desempenho em processos internos e externos, bem como a satisfação do cliente. Você deve ter uma visão ampla de seu negócio, pois somente dessa forma é possível buscar as melhorias necessárias para garantir a excelência no serviço prestado.

Agora que você sabe como otimizar os processos de logística e distribuição, nos siga nas redes sociais para não perder outras dicas que irão te auxiliar na gestão de sua PME!

 

Postagens relacionadas
Drop shipping: o que é e como usar?
Drop shipping: o que é e como usar?
Monitoramento de Carga: 7 dicas para um transporte mais seguro
Gestão de estoque: um guia para deixar tudo sob controle
Aprenda a usar a mobilidade para fortalecer o relacionamento com o cliente
Embalagens para exportação: 6 regras que você precisa conhecer
2 Comentários
  • Olá , boa tarde!
    Resumo excelente e de fácil compreensão . parabens.
    Gostaria de saber se vocês disponobiliza alguns modelo de mapa para servir como base na criação de uma mapa para uma pme de distruibão de gelo.
    Grata

    Tagilla .

    • Tagilla, boa tarde. Recomendamos que você busque o SEBRAE de sua localidade para esse tipo de conteúdo. Sucesso nos negócios.

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web