Como aumentar a segurança da mercadoria usando o código de barras?

O transporte de mercadorias para envio é uma etapa que, ao mesmo tempo, é complexa e crucial para o negócio. É graças a ela que o cliente vai receber a mercadoria solicitada. Assim, qualquer erro nesse momento pode gerar insatisfação e prejuízos.

Por isso, uma das preocupações deve ser com a segurança de todo esse processo, de modo a garantir não apenas que os itens cheguem ao cliente, mas que também cheguem da maneira correta.

Nesse sentido, uma das soluções pode ser o uso do código de barras. Para entender melhor sobre o assunto, aprofunde-se no tema com o post a seguir. Confira!

Quais os maiores problemas de segurança no envio de mercadorias?

Por si só, a etapa de envio de mercadorias já é desafiadora e a sua importância apenas acrescenta um desafio. Em geral, a segurança é a etapa que mais apresenta pontos críticos como um todo.

Um dos maiores gargalos em segurança consiste em evitar roubos ou desvios de carga. Sem um controle de estoque, por exemplo, é difícil identificar a saída do produto, o que favorece o desvio de cargas. Essa etapa antes do envio, portanto, é crucial para o sucesso da entrega como um todo.

Nesse mesmo sentido, existem desafios relacionados ao roubo ou desvio de cargas quando os itens já estão sendo transportados. Especialmente no modal rodoviário, essa é uma situação a ser contornada pelos gestores.

Além disso, há questões relacionadas à embalagem. Uma embalagem incorreta pode se romper durante o transporte, o que gera, no mínimo, prejuízos e estragos no produto. Dependendo do item, é possível que a carga fique parcialmente ou totalmente comprometida.

Questões como essas interferem diretamente na satisfação do consumidor, que não vai querer receber um lote com itens a menos ou defeituosos, estragados ou com embalagens violadas, por exemplo.

Quais os principais cuidados para vencer esses desafios?

Embora não seja simples, vencer esses desafios é mais fácil com o uso de algumas soluções específicas. Dentre elas, estão:

Utilizar embalagens adequadas

Cada produto possui uma embalagem adequada. Há aqueles que precisam ser transportados em embalagens metálicas, enquanto outros podem estar em embalagens de plástico — como boa parte dos alimentos, por exemplo.

Além disso, é necessário usar uma combinação adequada de embalagem primária, secundária e terciária. Isso evita que as embalagens se rompam no transporte ou causem algum tipo de dano ao produto de maneira geral.

Descrever os itens adequadamente

As embalagens também podem e devem conter símbolos que identifiquem o tipo de produto que está sendo transportado. Indicações de material frágil ou da posição correta de transporte, por exemplo, garantem a integridade dos itens no momento da entrega.

O ideal é utilizar os símbolos padronizados, da maneira adequada e na quantidade necessária para descrever o que está sendo transportado.

Usar o código de barras

O código de barras é um recurso importante para garantir rastreabilidade para todo o processo de envio e transporte. Por conter informações únicas sobre o produto e/ou sobre o lote, essa solução pode ser utilizada de modo a ser aplicada desde o período anterior à entrega até a chegada ao consumidor.

Desenhar um bom processo de entrega

Para aumentar a segurança da mercadoria é preciso desenhar um bom processo de envio e entrega, o que começa ainda dentro da empresa. É preciso, por exemplo, determinar a saída de estoque mediante o registro via código de barras e, então, partir para o carregamento do modal de transporte.

Se a descarga de produtos também incluir um registro de código de barras, é possível garantir o máximo de controle e rastreio durante toda a operação.

Por que é importante buscar alternativas de rastreabilidade e segurança?

Sem visibilidade, é impossível garantir a segurança do produto. Você precisa saber onde o produto está e/ou em que condições se encontra, para garantir uma atuação adequada de modo a garantir sua segurança.

Por isso, é fundamental buscar continuamente alternativas de rastreabilidade, já que isso torna o processo logístico — especialmente nessa etapa — ainda mais assertivo.

A busca pela segurança em si também é importante porque impacta diretamente a satisfação do cliente e na experiência de compra. Uma carga desviada ou roubada ou um produto que não chega em perfeitas condições faz com que o cliente não receba aquilo que adquiriu.

Além de isso gerar mais gastos para a sua empresa, que precisa fazer um novo envio, isso também ocasiona atrasos e insatisfação de modo geral.

Como o código de barras pode ajudar?

O código de barras é uma das melhores soluções para vencer os desafios de segurança da mercadoria porque carrega informações sobre o item e permite maior visibilidade na cadeia de suprimentos.

Prático, ele pode aparecer na forma de etiquetas, registros na embalagem de lote ou, como vem sendo cada vez mais comum, em lacres de segurança. Com isso, garante-se a total integridade do produto aliada à rastreabilidade.

Para aumentar o nível de segurança e confiança, há a possibilidade de certificação do código de barras. Ela serve, basicamente, para garantir que ele esteja dentro do padrão internacional GS1.

Além de evitar fraudes, isso também garante uma leitura adequada das informações. Com isso, não há perda de tempo nesse processo, que se torna mais seguro, de maneira geral. O uso do código de barras também favorece a entrada da mercadoria no sistema do próprio cliente, já que facilita o registro.

O ideal é buscar o tipo de código de barras mais adequado para o seu produto e, principalmente, para o seu mercado — já que alguns códigos de exportação são diferentes, por exemplo.

Você viu no post que o transporte de mercadoria apresenta alguns desafios de segurança e, nesse sentido, uma solução que se destaca é o código de barras. Oferecendo rastreabilidade, ele pode ser utilizado junto a outras soluções de modo a garantir que o item saia do seu negócio e chegue ao cliente final de maneira devidamente protegida.

Agora que você já sabe a segurança que a ferramenta proporciona, conheça tudo o que você precisa saber antes de usar código de barras!

Ebook código de barras

 

Postagens relacionadas
Conheça 5 vantagens de ter um centro de distribuição próprio
Conheça 5 vantagens de ter um centro de distribuição próprio
pirataria
5 riscos que a pirataria representa para os empreendedores
Embalagens para exportação: 6 regras que você precisa conhecer
O que é automatização de processos e quando e como iniciar?
O que é automatização de processos, quando e como iniciar?
Aprenda a usar a mobilidade para fortalecer o relacionamento com o cliente
1 Comentário

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web