Banner de Exportação para PME'sPowered by Rock Convert

A expansão internacional de negócios é um ótimo caminho para as empresas que desejam o sucesso. Ao chegar a novos mercados, é possível diminuir os impactos que qualquer modificação na economia do Brasil pode gerar.

Empresas que possuem ramificações internacionais, como ao realizar a exportação, conseguem driblar mais facilmente crises econômicas no Brasil, por exemplo.

Porém, como era de se esperar, essa não é uma tarefa simples e exige muito planejamento e preparação — além das ferramentas corretas. Para conseguir alcançar o sucesso, o marketing digital pode ser um grande aliado.

A seguir, entenda melhor qual é a importância dessa estratégia e saiba como utilizá-la corretamente!

1. Marketing digital para a expansão internacional

Quando se fala em preparar a empresa para se expandir para o mercado internacional, isso significa que ela passará por dois processos igualmente importantes e complexos: o crescimento de atuação e a busca por um novo mercado consumidor.

Para entender isso, basta considerar que você não vai deixar de lado o mercado nacional. Assim, você não apenas pretende produzir e vender mais, como vai fazê-lo para um mercado completamente novo.

Essa expansão pode ser mais facilitada com o marketing digital, que “prepara o terreno” para que o negócio possa dar início a essa nova empreitada. De uma forma geral, estratégias adequadas de marketing digital ajudam a expansão internacional do empreendimento porque oferecem alguns benefícios. Vamos a alguns deles:

1.1 Eleva o impacto do negócio

Uma estratégia de marketing digital bem-feita pode ajudar a posicionar o negócio de maneira bastante relevante. Isso faz com que o empreendimento se destaque dos concorrentes, além de contribuir para aumentar o engajamento com o público.

Eventualmente, isso faz com que o negócio tenha mais impacto de uma maneira geral — não apenas do ponto de vendas, mas também de reconhecimento e questões que podem fazer com que o cliente note mais facilmente a presença da marca, incluindo o cliente internacional.

Imagine, por exemplo, um empresário que vende um determinado produto e que planeja começar a sua expansão internacional. Ao ter uma estratégia adequada na internet, ele consegue atrair e engajar cada vez mais potenciais consumidores do mercado que pretende atingir.

Antes mesmo de chegar ao novo país, portanto, o empreendedor já começa a gerar impacto sobre o mercado consumidor e atrair a atenção de quem está interessado na solução que seu negócio oferece.

Um bom exemplo é quando uma empresa consegue realizar uma campanha de marketing digital viral, garantindo que o impacto seja bastante intenso no mercado.

1.2 Gera novos contatos no mercado internacional

A lógica é simples: quanto mais impacto o seu negócio gerar em um mercado, mais atenção ele vai chamar. A partir daí, mais fácil será ter novos contatos no mercado no qual você pretende entrar.

Sendo assim, uma boa estratégia desse tipo é responsável por abrir portas e caminhos para que sua empresa chegue ao novo mercado. Considere um marketing digital consistente, de alto impacto, retorno e engajamento.

Nesse contexto, outros empresários do setor internacional podem se interessar em fazer parcerias com você para buscar benefícios mútuos. Com isso, dá para ter um acesso mais facilitado ao mercado consumidor, o que favorece a expansão como um todo.

Além disso, um grande impacto também ajuda você a gerar mais oportunidades com menos esforços, o que permite que o foco seja mantido, majoritariamente, em obter sucesso nessa nova caminhada.

Maior entendimento sobre o mercado

Para ser bem-sucedido, você vai precisar entender muito bem como o negócio se comporta, do que ele precisa e como ele age de uma maneira geral. Sem isso, é praticamente impossível ter sucesso na hora de oferecer produtos e soluções adequadas.

Felizmente, o marketing digital é amplamente rastreável e mensurável, o que significa que você consegue medir não apenas os resultados de suas ações, mas traçar perfis de consumo.

De acordo com o engajamento do público internacional em determinadas ações, é possível entender melhor o que funciona para esse novo mercado. Assim, você conseguirá fazer uma seleção de produtos e soluções que seja mais adequada para esses novos clientes.

De uma forma geral, quanto mais conhecimento há nesse sentido, menos você vai sofrer para conseguir vender e firmar seu negócio nesse novo mercado.

Vence as barreiras físicas

Uma das grandes limitações do marketing tradicional ou offline são as barreiras físicas. Se um negociante quiser utilizar essa estratégia em novo país, vai precisar anunciar em meios impressos locais, assim como escolher pontos de propaganda no local de atuação.

Porém, não apenas isso sai mais caro, como ainda é bastante limitador. Ainda sem muito conhecimento sobre o público, é mais difícil acertar logo de cara qual é o melhor lugar para divulgar a marca.

Considerando que cada vez mais pessoas mundialmente estão na internet, também é mais complicado prender a atenção e gerar interesse em quem nunca viu a sua marca antes — tanto por ela não ser do país em questão, quanto por não estar na internet.

O marketing digital, por outro lado, vence todas essas limitações físicas. Com as adaptações convenientes para cada local de interesse, é mais fácil atuar de forma a conseguir abranger o público internacional com o mesmo esforço.

Se um empreendedor decide exportar para os Estados Unidos, por exemplo, ao rodar uma boa estratégia de marketing digital ele não vai ficar limitado à Nova Iorque ou Miami, mas será capaz de alcançar todo o país, dependendo da comunicação e dos elementos adotados.

Incrementa o lucro

É inegável que o marketing digital é mais barato do que o marketing tradicional. Isso se dá não apenas porque o valor líquido do investimento é menor, mas também porque o retorno sobre investimento (ROI) também é maior nesse caso.

De acordo com uma pesquisa realizada pela RetailMeNot em janeiro de 2016, mais de 75% dos donos de negócios pesquisados afirmaram que o retorno do marketing digital é maior do que o do marketing offline.

Além disso, há de se considerar que um investimento em marketing digital normalmente é feito na moeda corrente do país — nesse caso, o real. Já uma estratégia offline é feita na moeda do país de destino, o que encarece ainda mais todo o processo.

Com isso, ao adotar o digital você consegue aumentar o lucro, o que permite fazer mais investimentos e agir de maneira mais assertiva e mais rentável.

Estabelece autoridade para o negócio

Outro ponto fundamental é que o marketing digital é capaz de estabelecer autoridade para o negócio de uma maneira geral. Quando realizado de maneira estruturada, ele faz com que os clientes, sejam eles nacionais ou internacionais, tenham uma percepção mais positiva da marca.

Quando o negócio é focado em ajudar a solucionar dúvidas e dores da pessoa de interesse, por exemplo, ele consegue se destacar de marcas que são estritamente comerciais. Do ponto de vista da entrada em mercados internacionais, isso é ainda mais fundamental.

Como o processo de exportação e importação normalmente é bem complexo, o cliente precisa ter o máximo de confiança na marca da qual adquire, já que isso vai garantir o completo sucesso da transação.

Imagine um negócio B2B. O cliente tem à disposição outras empresas de seu país com soluções relativamente satisfatórias. Para que ele escolha uma solução de outro país, especialmente se for necessário realizar a importação, ela precisa oferecer o máximo de consistência, autoridade e confiança.

Assim, o marketing digital também colabora para facilitar o processo de tomada de decisão, esteja ele à distância — como ao realizar a exportação — ou não.

2. Marketing digital para gerar maior visibilidade

Uma questão que merece atenção especial é o fato de que o marketing digital oferece maior visibilidade para a sua marca. Quanto mais bem-sucedida é a estratégia, mais gente conhece e interage com a marca.

Isso aumenta o reconhecimento do negócio, especialmente quando o objetivo consiste em realizar uma expansão internacional. Mais do que isso, esse ganho de visibilidade tem alguns desdobramentos positivos, como por exemplo:

Ganho quanto ao alcance do negócio

Visibilidade e alcance andam de braços dados e são sumariamente importantes para o negócio. Ter visibilidade significa ter destaque no mercado, ser visto e lembrado. Automaticamente, isso também faz com que a empresa tenha um alcance maior — afinal, quanto mais bem ranqueada ela estiver, mais fácil de ser vista ela se torna.

No âmbito internacional, esse ganho de alcance vem na forma de mais gente reconhecendo a solução do seu negócio e passando a considerá-la como uma escolha para a compra. Além disso, uma estratégia bem definida consegue fazer com que a marca se espalhe de maneira orgânica.

Uma campanha de sucesso, por exemplo, pode ressoar entre os usuários, que vão comentar sobre o assunto com outras pessoas e, assim, aumentar cada vez mais o alcance da marca.

Inclusive, o ganho de alcance não é proporcional ao aumento dos custos. Dependendo da ação, é possível investir um valor considerado mais baixo e ter um alcance muito superior, o que permite que o negócio aproveite benefícios.

Maior geração de oportunidades de vendas

Uma dessas vantagens consiste na maior geração de oportunidades de vendas. É uma questão de probabilidade: quanto mais pessoas o negócio atinge, maiores são as chances de chegar a alguém interessado e preparado para a compra.

Além disso, uma estratégia sólida e consiste permite que os clientes fiquem envolvidos, o que também favorece a conversão das vendas de uma maneira geral.

Se a sua empresa tem uma boa estratégia de inbound marketing, por exemplo, ela poderá aproveitar as inbound sales. Nesse caso, o time de marketing gera as oportunidades e as entrega para o time comercial, que consegue tratar com pessoas muito mais próximas da tomada de decisão final.

Se as oportunidades forem trabalhadas da maneira correta, o resultado natural será o aumento das vendas e, com isso, do faturamento. Estando no mercado internacional, ambos os resultados subsidiam a expansão nesse novo nicho de atuação.

Ganho em competitividade

Todos esses fatores juntos fazem com que a empresa que está em um processo de expansão internacional ganhe mais competitividade. Em primeiro lugar, quanto maior é a visibilidade e maior é o alcance, maior é o público com quem a marca fala.

Sendo o marketing digital mais barato, isso significa que você consegue falar com mais gente a um custo menor, permitindo que a lucratividade dessa ação seja convertida em investimentos e melhorias que vão favorecer o negócio em seu processo de expansão.

Além disso, quanto mais visibilidade um empreendimento tem, mais destaque ele ganha dos concorrentes — afinal, o cliente normalmente prefere comprar de quem ele conhece ou ao menos já ouviu falar.

Outro ponto importante é que a estratégia consistente também é capaz de fixar a marca junto aos seus clientes — incluindo os internacionais, nesse caso. Isso faz com que, na hora da compra, as pessoas se lembrem mais facilmente do seu negócio, o que permite que ele se torne uma opção top of mind, ou seja, a primeira a ser lembrada na hora que o cliente vai efetuar uma compra.

Se uma empresa precisar de um fornecedor, por exemplo, com o ganho de visibilidade o seu negócio poderá ser o primeiro ao qual ela vai recorrer para realizar a aquisição.

3. As estratégias de marketing digital para abrir novos mercados

Considerando que fazer uma expansão internacional é, também, abrir novos mercados, é necessário selecionar as estratégias adequadas do marketing digital para chegar aos objetivos desejados.

Nesse cenário, alguns pontos se destacam, como:

Criação de site e marketing de conteúdo

Ter uma presença online é indispensável para o marketing digital. Se você quer se comunicar com as pessoas na internet, é necessário que elas possam te encontrar. Sendo assim, um dos pontos é criar um site.

Ele deve ser funcional, de fácil carregamento e também deve conter informações importantes sobre a empresa. Além disso, ter um design responsivo — ou seja, que se adapta a qualquer tamanho de tela — é especialmente importante.

Já que o objetivo é a expansão internacional, tê-lo traduzido corretamente para o inglês é indispensável e, se for o caso, na língua do país — ou países — de interesse.

Mais do que isso, entretanto, o site também deve ter um blog. Por meio dele, o seu negócio vai fazer a alimentação de conteúdo para educar o mercado consumidor e gerar mais autoridade.

É fundamental ter um calendário editorial de publicação e também investir em outros formatos além do texto. Infográficos, imagens e vídeos — que vão corresponder a 82% do tráfego virtual em 2020 — também são bem-vindos.

Otimização para os mecanismos de busca

Ao mesmo tempo, não adianta ter um conteúdo de alta qualidade e muito informativo se ele não for encontrado por quem mais interessa: os clientes.

Sendo assim, vale a pena apostar em estratégias de otimização para os mecanismos de busca, o famoso SEO. Para tanto, um dos pontos consiste em selecionar as palavras-chave corretas e trabalhá-las adequadamente nos conteúdos produzidos.

As URLs devem ser amigáveis e contar com a palavra trabalhada, além de ser necessário utilizar recursos de escaneabilidade. Textos, por exemplo, devem ser escritos em frases e parágrafos mais curtos.

O espaço em branco no design também é positivo, já que ele pode aumentar a compreensão de um conteúdo em até 20%. Além disso, sites que são carregados mais rapidamente e que possuem maior tempo de permanência por parte de seus visitantes conseguem posicionamentos melhores nos mecanismos de busca.

Focando na expansão internacional, também vale a pena pensar em SEO local. Para tanto, é necessário pensar na área física que você pretende atingir de modo a utilizar recursos como o NET (nome da empresa, endereço e telefone) e palavras-chave específicas para esse caso.

Links patrocinados

Conquistar melhores posições nos resultados de pesquisas não precisa se limitar somente ao tráfego orgânico. Dependendo dos interesses e das possibilidades do seu negócio, utilizar links patrocinados também é possível.

Nesse caso, você vai pagar por clique, visualização ou conversão para conseguir ficar no topo das pesquisas (em um espaço destinado para esses endereços). Para tanto, é fundamental selecionar as palavras-chave que tenham bom volume de busca, mas que não sejam muito concorridas.

Para tanto, vale investir nas long tail ou cauda longa, que são mais específicas e trazem um público mais preparado para a compra. Na hora de configurar as campanhas, você também vai poder excluir palavras negativas. Se você não vende um determinado produto, poderá excluir o termo, de modo a não atrair interessados em comprar aquilo que o seu negócio não oferece.

Além disso, também dá para determinar por quanto tempo a campanha vai se manter ativa e quais os gastos máximos, o que permite fazer testes de desempenho e maximizar a exposição do seu empreendimento.

Uso das redes sociais

Mundialmente, mais de 2 bilhões de pessoas estão nas redes sociais e mais de 93% dos compradores são influenciadas por essas mídias. Daí, já dá para ter uma ideia de por que elas são tão indispensáveis para o negócio, especialmente quando se fala em expansão internacional, já que a penetração em outros países pode ser ainda maior do que no Brasil.

Portanto, é fundamental utilizar as redes sociais mais adequadas para o seu negócio em busca de resultados para o marketing digital.

No caso de empresas B2B, os principais meios para se comunicar com possíveis clientes são o Facebook e o LinkedIn, mas vale a pena fazer um estudo sobre o mercado para entender onde os clientes estão.

Ao criar perfis nas redes sociais, é fundamental garantir que elas sejam atualizadas de maneira consistente. Além disso, é necessário utilizar outros recursos, como os visuais. De quebra, dá para apostar em publicações patrocinadas e impulsionadas.

Inclusive, as redes sociais podem ser um lugar para fazer a promoção do conteúdo do site, por exemplo, assim como de ofertas em geral.

Outra questão é que a linguagem deve ser adequada para o cliente e essas redes devem funcionar, também, como um meio de contato e relacionamento com os clientes. Ao tirar dúvidas e atender a reclamações, dá para gerar mais engajamento e melhor posicionamento para o negócio.

Automação e mensuração de marketing

Por mais que não seja uma estratégia de “frente” ou que impacte diretamente o cliente final, a automação e a mensuração de marketing são estratégias que precisam ser colocadas em prática para que o negócio possa obter os melhores resultados possíveis.

Com a automação, é possível incluir todos os visitantes e oportunidades dentro de um funil de vendas, entendendo exatamente onde estão em relação à compra. A partir do fluxo de nutrição, é possível garantir que mais pessoas se aproximem do processo de tomada de decisão.

É o caso de um gerente comercial internacional em busca da melhor solução para a sua empresa. Com o marketing digital, é possível esclarecer suas dúvidas e, eventualmente, apresentar o seu negócio como a melhor opção de contratação ou compra.

Já a parte de mensuração tem a ver com as métricas. Mais do que acompanhar número de visitantes ou de fãs nas redes sociais, com esse processo é possível identificar os impactos do marketing digital no ticket médio, no custo de aquisição do cliente (CAC) e assim por diante.

Assim, fica mais fácil identificar onde seu negócio está acertando e onde está errando, de modo que seja possível adotar as otimizações necessárias para que a estratégia ofereça exatamente o que se espera dela.

4. Conclusão

Entrar no mercado internacional com os seus produtos é uma ação que pode beneficiar a sua empresa de diversas maneiras e garantir que ela se torne mais robusta e também mais lucrativa.

Porém, a competição é bastante intensa e mesmo o processo de chegar a outros mercados não é tão simples. Assim, o marketing digital se transforma em uma estratégia necessária para aumentar a visibilidade da marca, gerar mais oportunidades e facilitar o caminho para a expansão internacional. Com os recursos certos, essa passa a ser uma possibilidade real!

Agora que você já entende a importância de utilização desse método de sucesso, leia também nosso post com 7 estratégias de marketing para sacudir o seu negócio!

 

 

Banner para o Guia da Negociação: Como fechar mais negócios e otimizar seu resultadoPowered by Rock Convert