A importância do código de barras no combate aos produtos falsificados

A comercialização e venda de produtos falsificados é um dos maiores problemas do mercado mundial. Mercadorias com baixa qualidade e que não cumprem as normas básicas de segurança são repassadas para o cliente como se fossem originais, causando diversos prejuízos.

Em decorrência disso, já é possível perceber uma mudança no padrão de comportamento do consumidor, que tende a valorizar e procurar meios de identificar essa autenticidade. É nesse cenário que o código de barras tem ganhado espaço e se tornado uma exigência do comércio legal.

Quer saber como o uso desses dados pode ajudar no combate à pirataria? Então, continue lendo o post de hoje e aprenda um pouco mais sobre o tema!

Produtos falsificados prejudicam o mercado

A expansão dos produtos piratas é uma preocupação recorrente entre empresários de todo o mundo. Trata-se de uma luta diária e incansável na tentativa de frear as vendas de mercadorias tão nociva às empresas e aos consumidores.

É possível encontrar diversos tipos de produtos paralelos, como roupas, sapatos, eletrônicos, óculos, brinquedos, cosméticos e até mesmo remédios e alimentos.

Não há dúvidas do quanto isso pode ser prejudicial ao empresário e à sua empresa. A venda de itens similares ao seus, além de acarretar prejuízos econômicos, pode abalar a credibilidade do negócio, já que muitas vezes o consumidor é enganado e induzido a levar para casa um produto de baixa qualidade, pensando tratar-se de um artigo original.

Essa é uma prática desvantajosa para a economia de modo geral, pois ao copiar um produto já existente, o mercado informal desestimula a criatividade, o desenvolvimento econômico e a contratação legal de novos trabalhadores.

O comprador final também é extremamente prejudicado! Atraído por preços inferiores aos dos produtos originais, ele abre mão da qualidade, segurança, direito de troca e da própria proteção do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Consumidores se preocupam, cada vez mais, com a pirataria

Com um consumidor cada vez mais exigente e atento à qualidade do produto adquirido, é possível perceber o início de uma incrível reviravolta! Apesar das altas taxas de pirataria no mundo, cresce o número de compradores preocupados em obter um artigo original, com uma procedência devidamente reconhecida.

A discrepância econômica e social presente em nosso país ainda é uma das principais justificativas para a forte presença dos produtos falsificados no mercado brasileiro. Entretanto, mesmo diante dessa realidade, a preocupação com a qualidade já é recorrente entre os fregueses.

Esse público prefere gastar mais por uma mercadoria original a pagar menos por algo de qualidade inferior e procedência bem duvidosa. Por isso, essas pessoas estão preocupadas em empregar seu dinheiro com a certeza de que levam para casa algo que seja exatamente aquilo que queriam.

No mundo corporativo, é preciso estar atento à mudança de comportamento dos consumidores. Uma organização bem-sucedida observa o que seu cliente demanda e procura se adaptar em direção à satisfação dessas necessidades.

Para cobrir essa nova exigência, as instituições começam a adotar estratégias eficientes, como a abertura de filiais em diversos países e o uso de código de barras, recurso que assegura a rastreabilidade e autenticidade de seus itens, sendo uma opção eficiente no combate à venda de produtos falsificados.

O código de barras é um aliado no combate à pirataria

O código de barras tem sido um divisor de águas no combate à proliferação dos produtos piratas. Atualmente, o uso dessa ferramenta como identificador já é uma exigência para o processo de exportação, demandando do empresário o entendimento de como essa tecnologia funciona.

A implantação de um padrão global de identificação desses objetos, desde a matéria-prima até a distribuição final no varejo, tem reduzido consideravelmente o problema da pirataria, possibilitando mais segurança para o consumidor e para a empresa que atua legalmente.

Agora que você já ficou por dentro das vantagens do uso do código de barras para reduzir o contrabando, que tal conferir exemplos práticos da sua importância? Confira agora quais são os benefícios da aplicação dessa ferramenta no combate ao mercado informal:

Permite a rastreabilidade dos produtos

Uma das maiores características dessa tecnologia é a possibilidade de rastreabilidade do produto adquirido. Ou seja, por meio daquela sequência numérica é possível identificar a exata origem do que foi consultado.

Existe uma grande preocupação em obter informações confiáveis acerca de toda a trajetória de uma mercadoria. Essa é uma das maneiras de assegurar que o consumidor está comprando algo dentro das normas de qualidade e segurança e de acordo com as exigências fiscais de seu país.

Além disso, com o uso do código de barras, a empresa pode acompanhar toda a movimentação e a exata localização do artigo. Essa consulta pode ser feita a qualquer momento, garantindo visibilidade em toda a cadeia de suprimentos.

Auxilia na confirmação da identificação e autenticidade da mercadoria

A identificação inequívoca de um produto por meio de uma sequência numérica denominada GTIN (sigla traduzida como Número Global do Item Comercial) é, sem dúvidas, a forma mais segura de se confirmar a autenticidade de qualquer item comercializado no mercado. Produtos falsificados normalmente não possuem esse tipo de registro ou, quando o tem, é possível identificar a sua origem ilegal.

Essa é uma das principais razões para a exigência do código de barras para exportar mercadorias em território brasileiro. A tecnologia garante um gerenciamento eficiente por parte da empresa, possibilitando o acesso a informações sobre produção, procedência e comercialização de determinado artigo, o que reflete na confiabilidade do comprador.

Como você pode perceber, o combate aos produtos falsificados é uma luta diária que as organizações precisam enfrentar. Para isso, é importante fazer uso das diversas tecnologias à sua disposição, entregando um produto autêntico e de acordo com as expectativas da sua clientela. Com isso, a implantação do código de barras evita que o consumidor seja enganado e adquira algo que esteja fora dos devidos padrões de qualidade e segurança.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Quer saber um pouco mais sobre o assunto? Então, fique de olho e entenda a importância da identificação de itens por código de barras!

 

 

Postagens relacionadas
Passo a passo: saiba como adquirir um código de barras
Passo a passo: saiba como adquirir um código de barras
Saiba como funciona o registro do código de barras
Saiba como funciona o registro do código de barras
Código de barras online: o que é e como funciona?
Entenda a importância e a função do código de barras para a empresa
Entenda como usar o código de barras para aumentar a produtividade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web