4 dicas para aumentar a visibilidade do seu negócio

Curtir, compartilhar, comentar, recomendar. Estar nas conversas, na rotina e, principalmente, na memória dos consumidores é um dos maiores objetivos do marketing. E não é de se estranhar que os investimentos na área possam chegar a níveis astronômicos. Quem ouve falar, por exemplo, dos mais de US$ 4 milhões cobrados para veicular 30 segundos de propaganda na final do campeonato de futebol americano dos Estados Unidos, o Super Bowl, pode acabar com a impressão de que esse páreo é para poucos (e riquíssimos) empresários.

Porém, isso não é verdade! A tecnologia nos trouxe uma infinidade de ferramentas que ajudam a aumentar a visibilidade da marca e favorecem o brand awareness — conceito que mede o conhecimento dos clientes em relação à marca e o quanto é reconhecida e lembrada, por exemplo.

E a melhor notícia é que muitas dessas ferramentas podem ser exploradas quase sem custos para a empresa. O marketing digital, em especial, é uma das melhores ferramentas de divulgação disponíveis hoje, especialmente para pequenas e médias empresas, que têm recursos, muitas vezes, um pouco mais limitados.

Vamos saber um pouco mais sobre elas? Confira, a seguir, algumas estratégias para aumentar a visibilidade de sua marca e as vantagens de cada uma delas!

1. Conheça seu público

Tudo é feito para ele. Por isso, nada mais lógico do que começar a sua estratégia conhecendo com profundidade o seu público-alvo.

Isso pode ser feito por meio de pesquisas realizadas por empresas especializadas, traçando um perfil dos clientes atuais, entre outras técnicas. Na internet, as ferramentas são várias. Você pode, por exemplo, criar formulários de pesquisa em sites como SurveyMonkey ou no próprio Google.

É possível, ainda, consultar dados fornecidos pelas redes sociais — o Facebook, por exemplo, tem o Facebook Insights nas páginas de empresas, revelando qual é o perfil dos fãs que curtem a marca na rede social. Fique atento também às conversas em suas redes sociais e site: comentários, perguntas e outras mensagens podem fornecer informações valiosas sobre quem são e o que procuram seus clientes e potenciais clientes.

Há, ainda, o Google Analytics, que coleta dados do seu site e revela características dos consumidores como região geográfica, que tipo de tecnologia utiliza, entre outros.

Em termos de visibilidade da marca, a principal vantagem de conhecer o seu público é a possibilidade de, com essas informações, criar uma estratégia de comunicação personalizada. ​A falta de personalização e de um processo de vendas adaptado ao seu público é um dos maiores erros na hora de vender, especialmente na internet. Você se lembra da última vez que recebeu um e-mail marketing com um produto que não tem nada a ver com seus interesses ou necessidade? Esse tipo de divulgação sem direcionamento tende a ser vista como inconveniente ou até como spam em tempos em que a segmentação do público está cada vez mais simples.

As pessoas tendem a interagir mais e a permanecer fiéis às marcas que falam suas línguas, entendem suas necessidades e as tratam com respeito e atenção.

Satisfeitas com o atendimento, elas estarão mais propensas a compartilhar e recomendar sua marca. E essa divulgação boca a boca tem outra vantagem importantíssima: a credibilidade. O consumidor tende a confiar mais nas recomendações de conhecidos do que nas palavras da própria empresa. Basta imaginar a seguinte situação: você estaria mais disposto a optar por um restaurante específico porque seus amigos falaram bem ou porque o próprio restaurante veiculou anúncios dizendo que é bom?

2. Tenha uma voz consistente

A consistência na sua estratégia de comunicação vai ajudar o seu consumidor a reconhecer você e é o que legitima o esforço para aumentar a visibilidade. Afinal, de que adianta a marca ser vista se ela não é lembrada?

Uma das melhores formas de criar essa consistência é investir em uma boa estratégia de inbound marketing — o marketing baseado em conteúdo. Que mensagem a sua empresa vai passar? Como vai fazer isso? Em que canais?

A estratégia começa, como mencionamos, pelo conhecimento do público-alvo. Aqui, é possível usar a técnica de criação de personas — um personagem que sintetize as características do seu público-alvo. Por exemplo, uma mulher, de 25 anos, jovem profissional, que se preocupa em desenvolver a sua carreira e considera importante ter tempo para ela mesma. Viu como fica mais fácil pensar em uma estratégia quando podemos visualizar com quem estamos falando?

Partindo do seu público, é possível determinar uma série de características que a empresa deve assumir: que linguagem usar, sobre que assuntos falar, como conversar com os clientes, entre outras. Criar uma identidade visual para a empresa e padronizar todo material gráfico também é interessante para que sua marca seja reconhecida, não importa onde.

Entre as vantagens de criar essa voz consistente para a sua empresa está a conquista da credibilidade. Com uma voz forte e uma boa estratégia de conteúdo, você pode se tornar referência e sua área e, logo, os clientes vão procurar seu blog para saber as últimas novidades do seu setor, por exemplo. Ser uma referência é conquistar a confiança do público, e mais: é estar presente nas conversas e ser mencionado, seja na web ou fora dela. Ou seja, mais visibilidade!

3. Explore ferramentas que aumentam a visibilidade com baixo custo

Agora que você já tem um público definido e uma marca fortalecida por uma boa estratégia de conteúdo, vamos conhecer as ferramentas que vão permitir a divulgação dela.

Primeiramente, é essencial ter um site. Pesquisas indicam que cerca de 90% das pessoas fazem buscas na internet antes de comprar. Você precisa estar lá!

Um bom site deve ser completo e objetivo, com todas as informações importantes, mas sem textos enormes — as pessoas leem pouco na web, é preciso ser conciso. Ele também deve ser fácil de usar e de entender.

Outra boa prática é manter um blog para a veiculação do conteúdo que citamos acima. O blog também traz outra vantagem importante: o posicionamento no Google. Sempre que as pessoas buscarem por assuntos sobre os quais a sua marca fala, ela estará lá. E para garantir que ela esteja entre os principais resultados, é possível investir em um trabalho de Search Engine Optimization (SEO), a otimização do site para buscadores pelo uso das palavras certas e também de técnicas de programação.

Além do site e do blog, é importante estar nas mídias sociais certas. E aqui, atenção: você não precisa estar em todas, mas nas mais adequadas para seu negócio. Enquanto uma loja de roupas pode aproveitar o Instagram para postar fotos de looks, uma universidade pode investir em uma estratégia no LinkedIn para atrair profissionais interessados em uma pós-graduação.

Nas mídias sociais, o seu conteúdo e seu atendimento vão gerar interação e a interação gera visibilidade dentro das redes. Quanto melhor a qualidade de sua mensagem, maiores as chances de ela ganhar espaço, naturalmente, entre os usuários.

4. Invista em campanhas com público qualificado

Outra opção para quem possui recursos são as campanhas patrocinadas na web. Aqui, também é importante escolher o meio mais adequado para a sua empresa e seus objetivos.

Se você, por exemplo, espera ser visto por clientes que já estejam procurando por seu produto, mas talvez ainda não conheçam sua marca, o Google AdWords é uma ótima ferramenta. Ele permite que você faça anúncios nos resultados de pesquisa e também em sites parceiros, de acordo com os assuntos que eles abordam.

Outra opção é anunciar nas redes sociais. Se o seu público está bastante presente em uma delas, experimente uma campanha patrocinada. A maioria delas hoje oferece essa opção.

A principal vantagem das campanhas patrocinadas é o aumento considerável de visibilidade que esses sites oferecem aos anunciantes. Se sua empresa é nova e ainda não aparece nos resultados orgânicos (não pagos) do Google, o AdWords pode fazer toda diferença, por exemplo. Elas também permitem que você segmente o público e apareça apenas para quem tem mais chances de se engajar com sua marca, o que aumenta as chances de fechar negócio e de interação e divulgação espontânea.

Preparado para começar? Aproveite para ler nosso post sobre embalagens personalizadas: entenda por que vai muito além do marketing!

 
Postagens relacionadas
Inspire-se na história de 5 mulheres empreendedoras de sucesso
Inspire-se na história de 5 mulheres empreendedoras de sucesso
Fidelização do cliente: entenda a importância e saiba aplicar
Setor alimentício: conheça 6 segredos para alcançar o sucesso
Venda online: entenda como ela influencia nos resultados do seu negócio
7 coisas sobre empreendedorismo que você não aprende nos livros

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web