varejo online

Varejo online: entenda as 8 maiores tendências

O comércio digital vem experimentando um forte crescimento em todo o planeta, sobretudo no Brasil. Enquanto há alguns anos muita gente tinha medo de utilizar a internet como plataforma de compras, o fato é que agora cada vez mais pessoas se sentem seguras para experimentar os benefícios da web. Nesse contexto, conhecer as maiores tendências do varejo online pode ser fundamental para ter sucesso nessa área.

Toda a dinâmica do universo virtual favorece mudanças, e esse setor não para de receber novidades. As empresas, portanto, precisam se adaptar não apenas para conseguir um diferencial competitivo, mas também para garantir a sua sobrevivência em médio e longo prazos. Ficou interessado sobre o tema? Então confira as 8 maiores tendências do varejo online!

1. Profissionalização das vendas

Uma das maiores tendências do varejo online é, logicamente, a profissionalização das vendas. Com o crescimento do mercado e o aumento da concorrência, as empresas que não otimizarem seus processos de forma a garantir que atendam às expectativas, demandas e necessidades dos clientes poderão ter sérios problemas.

Uma das formas de fazer isso, por exemplo, é com a implementação de códigos de barras nos produtos. Eles aumentam exatidão e a segurança no estoque, além de facilitarem a atualização de informações em tempo real. Como se não bastasse, seu uso é bem simples e não requer treinamentos ou capacitações específicas.

2. Comparação de preços

Você certamente já viu alguma janela de comparação de preços nos grandes sites de compra. Isso não ocorre por acaso: essa é uma grande tendência para o comércio online. Os clientes de hoje em dia buscam, sobretudo, aquelas empresas que ofereçam mais benefícios e, nesse contexto, a precificação tem um papel importante.

Por essa razão, é importante que as lojas virtuais implementem ferramentas de comparação, que reúnam em um único resultado uma lista sites concorrentes que vendam esse determinado artigo pesquisado. Com essa solução, fica mais fácil mostrar para o consumidor que ele está fazendo um bom negócio, estimulando-o a finalizar a compra.

3. Precificação inteligente

Se a ferramenta de comparação de preços se tornou uma tática fundamental para as empresas online, a precificação inteligente passa a ser, logicamente, uma ação indispensável. Obviamente, os empresários e gestores digitais sabem que não é fácil comparar, analisar e definir os valores de cada produto comercializado, mas isso é essencial.

A precificação inteligente é uma estratégia de mercado que deve ser adotada por comerciantes da web para vencer a concorrência. O uso de uma plataforma de precificação, por exemplo, acaba sendo uma tendência importante, especialmente se considerarmos que as margens de lucro no universo virtual são bem estreitas.

4. Vendas pelo celular

As vendas pelo celular também estão entre as maiores tendências do varejo online — basta notar que o Brasil tem um número exorbitante de aparelhos celulares em uso. Some-se isso ao aumento das redes de conexão móvel com a internet e temos um forte mercado a ser explorado.

A relevância do comércio mobile já é bastante evidente e, atualmente, muitos consumidores só utilizam esse meio para suas compras. A tecnologia, com o aumento das conexões wi-fi e 4G, tende a ficar ainda mais ágil, possibilitando excelentes resultados para quem possuir conteúdos e sites responsivos.

5. Clientes multicanal

Os clientes multicanal também são uma novidade que o universo do comércio digital está trazendo para as empresas dos dias de hoje. Por mais que as pessoas estejam adaptadas e confortáveis para comprar na internet, muita gente não abre mão de uma visitinha na loja física.

Sendo assim, unir seu empreendimento em todos os canais disponíveis pode ser altamente vantajoso. Contar com um aplicativo, um belo site e com um espaço físico pode fazer com que os clientes fechem suas compras mais facilmente e gastem ainda mais. Há, então, uma tendência de investimento maior na construção desse tipo de iniciativa.

6. Recomendação inteligente

A recomendação inteligente de produtos é outra tática muito eficiente para aumentar o ticket médio de qualquer empreendimento digital e, por isso mesmo, também é uma das maiores tendências do varejo online atualmente. É uma maneira simples de aumentar o carrinho de compras dos visitantes do seu site.

Com essa estratégia, é simples fazer com que os compradores vejam que existem outras opções de compra além daquelas primeiramente selecionadas. Se um artigo foi adicionado, por exemplo, é bacana oferecer outros que possam complementar a venda, com base na similaridade dos produtos.

7. Excelência na entrega

O tempo de entrega é uma das grandes desvantagens que uma empresa digital tem em relação à uma loja física. Enquanto em um estabelecimento tradicional o cliente já sai com o seu produto, no universo digital há o tempo de espera necessário para que o artigo seja enviado.

Dentro desse contexto, otimizar e até baratear o frete passou a ser fundamental. É interessante, por exemplo, pensar em adotar ferramentas que facilitem a interpretação das tabelas de preço disponibilizadas e também ter orçamentos e contatos com diversas transportadoras, de forma a facilitar e agilizar todo o processo.

8. Investimento em marketing digital

Não dá para falar das maiores tendências do varejo online sem falar em maiores investimentos em marketing digital. Nos dias de hoje, é quase impossível achar uma marca, especialmente um e-commerce, que não tenha se rendido a essa forma eficiente, assertiva e barata de fazer divulgação.

Sendo assim, veremos cada vez mais empresas investindo pesado em blogs, com a publicação de posts relacionados com a área de atuação do empreendimento e com uma periodicidade específica para fidelizar o público.

Também serão fatalmente exploradas as estratégias segmentadas de e-mail marketing. É possível, por exemplo, enviar uma mensagem específica para uma determinada pessoa, de acordo com suas preferências e com o histórico de compras.

Não podemos nos esquecer também da presença nas redes sociais. É fundamental, por exemplo, disponibilizar nesses canais uma quantidade bacana de conteúdos relevantes aos clientes que desejam ser atingidos pelo seu negócio.

Essas são algumas das maiores tendências do varejo online para os próximos tempos! Gostou do conteúdo? Então siga as nossas páginas no Facebook, no LinkedIn, no Twitter e no Google Plus e fique por dentro de todas as nossas novidades!

 

Postagens relacionadas
consumidor
Entenda as mudanças no comportamento do consumidor com a evolução tecnológica
Drop shipping: o que é e como usar?
Drop shipping: o que é e como usar?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web