Segmentação de mercado: afinal, qual é a importância?

Segmentação de mercado: afinal, qual é a importância?

Com a constante mudança no cenário empresarial mundial, novas estratégias e alteração do comportamento do consumidor, a segmentação de mercado está se tornando uma necessidade cada vez maior. Claro que existem exceções, como empresas que atuam com uma variedade de produtos para vários públicos, contudo, na maioria das vezes, o caso é o inverso.

Empreendimentos que almejam abraçar o mundo acabam não conseguindo disseminar suas mercadorias e angariar clientes, que ficam confusos com a diversidade e optam por empresas direcionadas.

Para atender melhor às necessidades dos seus clientes, é preciso compreender esse público, conhecer suas preferências, costumes, gostos, a fim de elaborar uma estratégia de marketing correta.

Dessa forma, preparamos este post para que você saiba qual é a importância da segmentação de mercado para empresas. Então, continue lendo!

Afinal, o que é segmentação de mercado?

Segmentação de mercado é focar em um público-alvo e, a partir disso, analisar o perfil, comportamento e desejos desse coletivo para criar estratégias que atendam à imposição dele e que despertem sua atenção. Focando em um público, suas atividades passam a ser rigorosamente relacionadas a esse objetivo e você se torna mais produtivo, visto que não perderá tempo atrás de fatos e informações que não te auxiliam a atingir suas metas.

É possível também ter mais de um ramo, desde que as estratégias sejam voltadas para estudos de cada público e a comunicação seja direcionada para esse setor, sem confrontar informações dos públicos distintos. É uma situação mais delicada, pois é exigido muito mais conhecimento e estratégia da equipe para alcançar com o mesmo impacto os dois segmentos ao mesmo tempo, no entanto, em alguns casos, é necessário agir desse modo para não perder clientes.

No momento em que é definido um público e se busca atuar em cima dele, é possível atingir melhores resultados em médio e longo prazo. Além disso, amplia o controle sobre as ações, permite estratégias mais direcionadas, foco total, sistematização dos clientes e maior administração das estratégias.

Tipos de segmentação

A segmentação utiliza continuamente a pesquisa de mercado como método de seleção. Desse modo, é possível identificar diversos segmentos a partir de uma série de fatores.

A segmentação de mercado é essencial para o desenvolvimento de estratégias. Quanto mais se investir na pesquisa para esse processo, melhores os efeitos operacionais alcançados.

Confira três critérios utilizados para a segmentação de mercado:

Segmentação demográfica

A demografia estuda estatisticamente as populações e seus aspectos. Assim, a segmentação demográfica expressa dividir os mercados com suporte nessas características da população.

Algumas dessas variantes podem ser: faixa etária, tamanho médio das famílias, sexo, estado civil, raça, nacionalidade, religião etc.

Segmentação Socioeconômica

A segmentação socioeconômica é o fracionamento do mercado em perfis sociais e econômicos da população. Seu propósito é identificar variáveis como: classe social, renda, profissão, escolaridade, posses de bens, entre outros.

Segmentação geográfica

Não há como fazer um bom trabalho de segmentação de mercado sem levar em consideração o critério geográfico.

O local em que se vive determina o modo como uma pessoa se comporta. Compreendendo onde e como potenciais clientes vivem, trabalham e passam férias, por exemplo, fica mais simples atender às suas necessidades, com mais oportunidades de sucesso nessa empreitada.

Os métodos da segmentação geográfica podem ser: países, estados, bairros, CEPs etc.

Vantagens obtidas pela segmentação de mercado

1. Público fiel e consistente

O consumidor que acessa um mercado de nicho é único: ele sabe exatamente o que busca, conhece particularidades sobre a mercadoria que almeja e quer sempre o melhor item associado ao melhor serviço disponível.

Ademais, o público segmentado é fiel, pois não determina em que lugar comprar simplesmente pelo preço, mas sim pela experiência de compra, maneiras diferenciadas de entrega e formas de pagamento. Compreenda que é muito menos custoso vender para clientes assíduos, uma vez que não existe a necessidade de grandes promoções, por exemplo.

2. Mais informações sobre seu público

Pela mesma questão citada acima, a segmentação de mercado facilita ao gestor coletar dados sobre seus clientes — como costume de compra, padrão de vida, situação empregatícia — e usar essas informações como sustentação para a criação de personas mais realistas.

Desse modo, fica bem mais simples determinar o mix de produtos a serem oferecidos, as formas de pagamento e entrega que necessitam ser disponibilizados. Isso possibilita a diminuição do número de operações disponíveis, o que, por conseguinte, reduz custos.

3. Ações de marketing facilitadas

Fazer o planejamento de uma campanha de marketing para um público-alvo extenso e genérico envolve considerar várias mídias e meios de comunicação, como e-mail, TV e rádio. Além disso, é preciso ter bases de dados enormes e, muitas vezes, compradas de outras empresas — uma ação cara e muito malvista!

Adotando um público reduzido e específico, as campanhas de marketing ficam mais fáceis de monitorar, pois é possível determinar uma ou duas formas de divulgação, direcionando melhor a campanha e conseguindo melhores chances de retorno.

Ademais, clientes de nicho tendem a ser mais participativos e engajados com sua marca em redes sociais, já que eles compartilham conteúdo e indicam a amigos e conhecidos. Nessa nova forma de publicidade, é possível usar as redes como estratégia de marketing, o que é algo barato e de fácil execução.

4. Menores estoques e senso de exclusividade

Empresas voltadas ao público geral necessitam seguir o raciocínio da abundância: é preciso possuir vários produtos de diversas marcas e modelos para assegurar que seu público genérico seja atendido. Isso cria custos com o espaço para armazenamento e a utilização de uma equipe para tal tarefa.

Os empreendimentos de nicho podem funcionar muito bem com a ideia oposta. Quando trabalha com estoques reduzidos e mercadorias em sistema de exclusividade, a empresa economiza capital e ainda atrai sua base de consumidores com a sensação de comprar alguma coisa diferenciada.

Enfim, em um mercado competitivo, a segmentação pode ser muito impactante para incrementar vendas e reter clientes.

E aí, gostou do nosso post sobre a segmentação de mercado? Então, siga-nos nas redes sociais (Facebook, LinkedIn, Twitter e Google+) e fique por dentro deste e de outros assuntos!

Postagens relacionadas
5 passos para conquistar a confiança do consumidor
5 passos para conquistar a confiança do consumidor
Embalagens Sustentáveis: 5 benefícios do seu uso para a sua empresa
Saiba como administrar uma empresa familiar e evitar conflitos
Inspire-se! 7 estratégias de marketing para sacudir seu negócio
8 principais motivos para fazer uma gestão de caixa eficiente

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web