Preciso de código de barras para meus produtos?

Toda empresa que quer crescer no mercado precisa de um código de barras para os seus produtos. Esse recurso facilita muito o rastreamento dos produtos e a identificação deles, servindo como uma forma de integração das mercadorias à cadeia de suprimentos. Você deve se perguntar: “mas será que toda empresa precisa mesmo usar essa ferramenta? Por que o código de barras é tão importante”?

O código de barras é um sistema essencial para qualquer empresa que queira entrar no mercado e vender mais. As mercadorias que possuem essa identificação apresentam mais eficiência nos pontos de venda e facilitam as atividades dos varejistas, fabricantes e distribuidores. Além disso, o consumidor também pode ter uma melhor experiência de compra.

Para adquirir o código de barras, a empresa precisa fazer um cadastro simples e efetuar o pagamento de uma taxa anual a organização que padroniza e repasse do número de identificação do produto. Esse investimento é fundamental para obter mais vantagens e conseguir ter mais abrangência no mercado. Saiba mais sobre o assunto no artigo de hoje!

O que é o código de barras

Cada produto comercializado no varejo possui um código numérico de identificação, atrelado ao código de barras, que pode ser lido por meio da leitura óptica. Por isso, o código de barras é um recurso que abrange todo o ciclo de produção do produto até sua chegada ao consumidor final.

Assim, cada uma das mercadorias expostas em um supermercado, por exemplo, possuem sua identificação, que é lida no momento em que o consumidor passa no caixa. Esse código também ajuda no controle do estoque e em outros processos.

Qual a composição do código de barras

Para servir como uma identificação, o código de barras possui uma composição própria. Sua base é alfanumérica, composta por 13 números. Os três primeiros indicam o país de origem da mercadoria — o brasileiro é 789.

Os próximos cinco representam o código da empresa. Os quatro seguintes são referentes ao produto em si (seu número de identificação) e o último é um dígito verificador. As barras que permitem a leitura óptica são feitas de combinações entre os algarismos zero e 1, que formam os números de zero a 9.

Para que serve o código de barras

Atualmente, o mundo todo trabalha com o código de barras, sendo que esse sistema é referência em processos logísticos, comerciais e produtivos. Basicamente, esse recurso serve para a identificação, o rastreamento e a associação de uma mercadoria a todos os processos que abrangem sua produção e suprimento.

Cada produto de uma empresa tem um código específico. Por exemplo, se a fábrica for de porcelanas, as canecas e os pratos terão códigos diferentes. Assim, uma caneca de 300 ml e uma de 200 ml também têm códigos diferentes, da mesma forma que uma caneca de 300 ml branca e outra de 300 ml preta possuem um código de barras específico. Dessa maneira, o empresário precisa estar atento a cada produto e às suas especificações.

Esses cuidados são necessários porque podemos comparar o código de barras ao DNA da mercadoria, algo que a identifica e garante que o cliente, o interessado, o distribuidor e o fabricante tenham acesso a informações sobre ela.

Vantagens do uso do código de barras

Se o código de barras é uma identificação exclusiva de cada produto, isso já justifica sua importância para várias etapas da cadeia produtiva e logística da empresa. Mas existem outras vantagens importantes e que devem ser citadas. Veja algumas delas:

Profissionalização dos produtos

Uma empresa que não trabalha com código de barras não está totalmente profissionalizada. Para entrar no mercado, vender mais e abranger um público maior, é necessário usar esse recurso, já que supermercados e outros estabelecimentos comerciais exigirão o código de barras para vender as mercadorias.

Ou seja, adotar essa ferramenta é sinônimo de profissionalizar seus produtos, mostrando que eles são confiáveis. Isso também ajuda a empresa a se destacar perante a concorrência e ganhar vantagem competitiva.

Inserção facilitada no mercado

Como já foi abordado, é necessário que os produtos da sua empresa tenham o código de barras para que possam ser vendidos em grande parte dos estabelecimentos comerciais. Ter o código de barras em seus produtos implica, portanto, na inserção facilitada no mercado, abrangendo um público maior, mostrando os produtos para mais pessoas e, consequentemente, podendo vender mais e ter mais lucro.

Para facilitar o controle de estoque, o gerenciamento de compras e a exposição nas vitrines e prateleiras o varejo exige que as mercadorias vendidas tenham a identificação do código de barras. Não atender a essa exigência significa não vender para o varejo e ficar à margem desse grande mercado.

Facilidade para controle de estoque, compras e produção

A empresa precisa ter processos integrados para evitar que muitos produtos fiquem parados em estoque. O código de barras auxilia muito nesse processo, uma vez que permite a atualização automática e em tempo real de entradas e saídas.

Agilidade para atendimento a clientes e fornecedores

As informações de cada produto estão armazenadas no código de barras. Com o sistema informatizado e a leitura óptica, clientes e fornecedores têm um atendimento mais ágil. No caso do cliente, basta passar no caixa e efetuar o pagamento. Para o fornecedor, é uma garantia de que o produto entregue está de acordo com o pedido. Já a empresa compradora consegue monitorar e rastrear melhor seus procedimentos e operações.

Segurança

O código de barras também traz mais segurança para clientes, empresas e fornecedores. Isso porque a leitura óptica reduz a quase zero as chances de erros. Por sua vez, quando o processo é manual, com o intermédio de um digitador, é normal que ocorram falhas, o que faz com que o controle seja prejudicado. Essa é, portanto, mais uma vantagem e um motivo pelo qual a sua empresa deve adotar o código de barras.

Assim, se você busca ampliar as fronteiras da sua empresa e vender mais produtos, tendo a chance de exportar mercadorias e vendê-las em qualquer tipo de estabelecimento, o mais indicado é adquirir o código de barras. Se você busca uma empresa que fornece a identificação, entre em contato conosco ou deixe seu comentário aqui! Aproveite para conhecer 5 métodos de rastreabilidade que podem ajudar sua empresa!

Ebook código de barras

 

Postagens relacionadas
O que é automatização de processos e quando e como iniciar?
O que é automatização de processos, quando e como iniciar?
8 melhores práticas de logística para pequenas e médias empresas
Gestão de estoques e compras: conheça 5 estratégias infalíveis
lote
Conheça as 7 melhores práticas para efetuar o recolhimento de lote
5 passos para um controle de estoque poderoso
2 Comentários

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web