Conheça 5 tipos de clientes e aprenda como lidar com cada perfil

Lidar com os mais diferentes tipos de clientes é um grande desafio para os empreendedores. As características individuais de cada ser humano impedem que qualquer fórmula única a respeito de como atender bem o cliente funcione adequadamente.

Mesmo assim, você observará que há certos tipos de clientes que se repetem, possuindo um comportamento bem semelhante entre eles. Por isso, sabendo identificar esses clientes, você poderá lançar mão de algumas estratégias interessantes e mais personalizadas.

Confira 5 tipos de clientes e saiba como lidar com eles:

1. O amante da marca

Esse é o sonho de todo empreendedor. Eles são praticamente uma “agência de marketing” para a marca, uma propaganda muito eficaz, devido à espontaneidade e ao pouco investimento feito pela empresa.

Eles fazem declarações públicas de satisfação com o seu produto e o seu serviço. São verdadeiros entusiastas. Nas redes sociais, eles compartilham suas promoções e produtos, recomendam sua página, comentam nos seus posts, até mesmo comprando brigas a favor da empresa.

Como esses clientes não oferecem nenhum desafio de atendimento, muitas empresas acreditam que não precisam direcionar ações de marketing para eles. Porém, essa visão é ingrata e incorreta. Se ele defende a sua marca, você deverá mantê-lo constantemente motivado.

Uma boa ação para esse cliente é chamá-lo para conhecer a sua empresa por dentro. Ele tem afeto pela marca, então, certamente, deseja ficar por dentro dos processos que criam o produto que ele tanto ama, saber quem são as pessoas que o atendem tão bem e entender a história da sua empresa.

Caso isso não seja possível, é interessante mandar sempre brindes personalizados dos produtos da empresa. Também é legal enviar produtos para que ele teste antes de outros clientes! Enfim, vale qualquer ação para que ele se sinta diferenciado.

2. O agitador

Praticamente o oposto do cliente anterior, ele é um cliente que gosta de chamar muita atenção para si. Alguns são até bem-intencionados e ativistas que lutam por uma causa. Outros são somente piadistas, que adoram comentar as postagens em redes sociais para ganhar curtidas. Na sua loja física, tentarão desviar a atenção dos outros clientes com alguma história engraçada.

O pior tipo de agitador, entretanto, é o provocador. Ele não quer necessariamente resolver o problema dele. O objetivo dele é chamar a atenção. Então, ao lidar com um agitador, seu foco também deverá ser melhorar a sua imagem com o público. Por isso, você deverá dar uma resposta muito rápida e detalhada para a demanda dele.

Com isso, outros clientes em potencial verão a qualidade do atendimento da sua loja e não confiarão tanto nas reclamações excessivas que ele fez sobre você. Além disso, quem sabe você pode até convertê-lo em um amante da marca? Assim como o anterior, ele é passional, então será bom tê-lo a seu lado.

3. O “pidão”

O cliente pidão é aquele que ama amostras grátis do seu produto. Ele está o tempo inteiro comentando nas suas páginas nas redes sociais a respeito delas. Às vezes, por se considerar um cliente diferenciado, por ser um cliente antigo ou por comprar bastante, ele quer mais benefícios do que a empresa pode dar.

No entanto, se esse realmente for o caso, é importante, sim, que você ofereça incentivos, pois um cliente fiel vale por mil. Então, você deve pensar muito bem na ação que deve tomar. Se você oferecer alguma amostra grátis em um ambiente público, outros clientes se sentirão no mesmo direito e se decepcionarão em caso de negativa.

Assim, a solução ideal é ser extremamente amável com esse cliente, demonstrando a importância dele para a sua empresa. Diga para ele continuar acompanhando a marca, pois, em breve, haverá promoções e novidades que ele adorará. Também é válido indicar que, na próxima compra, você enviará um presentinho em razão da fidelidade dele.

4. O indeciso

Tem cliente que sabe que deseja algum produto ou serviço da sua empresa, mas não sabe bem o que é. Em meio a várias opções, ele fica perdido, pois seu processo de decisão é confuso. Pensamos que isso ocorre principalmente porque ele está inseguro. Ele não se sente um conhecedor profundo dos produtos.

Então, por exemplo, no momento de comprar um produto de uma linha de biscoitos, ele fica em dúvida sobre qual sabor será mais gostoso. Esse cliente não é realmente um problema, mas ele pode desistir da compra facilmente se você não o orientar na escolha. Portanto, o mais interessante é ser muito simpático com ele e questionar a respeito das preferências e necessidades. Aí então você pode indicar as opções.

Jamais escolha por ele! Ajude-o somente a filtrar as opções e a entender quais aspectos são prioritários para ele. Sua função será a de fortalecer o processo decisivo.

5. O apressado

Ele quer tudo pra já! Se já fez o pedido, fica o tempo inteiro perguntando quando o produto vai chegar. Se ele está na sua loja, ele fica o tempo inteiro olhando para o relógio e perguntando para os atendentes se vai demorar. Vendo a fila, ele perguntará se tem jeito de passá-lo na frente.

Por isso, você deverá ser bem firme com ele. Informe que não há como passá-lo na frente ou que você não tem controle do processo de entrega. Não seja grosso, seja firme. Ele deverá perceber que sua empresa se importa com ele, mas que há questões que estão acima de suas capacidades.

Viu como lidar com clientes é extremamente delicado? Muitas empresas falham nesse momento! Às vezes, não dão muita importância e, com o tempo, os clientes vão sumindo. Ou então, usam o mesmo protocolo para todos os clientes e muitos ficam decepcionados com um atendimento mecânico e pouco personalizado.

Outras empresas vão no extremo oposto e são muito solícitas com os clientes, fazendo tudo para agradá-los. Alguns clientes, entretanto, se comportarão como crianças mimadas e exigirão cada vez mais. Portanto, o meio termo é sempre o melhor caminho. Você deverá perceber em que pontos o cliente tem razão e no que ele está abusando no momento de dar a sua resposta!

Tem algum tipo de cliente difícil com o qual a sua loja está lidando? Comente aqui no nosso post!

Postagens relacionadas
8 principais motivos para fazer uma gestão de caixa eficiente
6 dicas práticas para uma reunião realmente produtiva
6 dicas práticas para uma reunião realmente produtiva
Como construir uma presença online para sua empresa?
8 motivos para começar a exportar seu produto já!
7 tendências no desenvolvimento para embalagens de produtos
2 Comentários

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web