Como o uso do código de barras ajuda na emissão de nota fiscal?

A utilização do código de barras proporciona diversos benefícios para uma empresa, que moderniza seus processos, ganha em agilidade e ainda diminui o risco de erros. Entre essas vantagens, está envolvida a emissão de nota fiscal, que também sofre influência positiva.

No artigo de hoje vamos explicar como os processos são otimizados e como isso também influencia na emissão da NF. Quer saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando a leitura e confira agora mesmo!

Melhora o controle das entradas e saídas de produtos

A utilização de códigos de barras nos produtos e o investimento em uma tecnologia que permite realizar a leitura — como o coletor de dados e o leitor de código de barras — ajuda a controlar as entradas e saídas de produtos dentro da empresa. Isso vale desde o momento em que os itens são recebidos no estoque, até o momento da venda.

Dessa forma, a possibilidade de haver divergências entre as informações se torna menor, aumentando a eficiência da operação.

Auxilia no controle de estoque

O controle de estoque também é otimizado com o uso do código de barras. Por meio dele, todas as atividades são realizadas com mais agilidade, menos risco de erros e maior precisão.

Os benefícios desse recurso começa pelo controle das movimentações — recebimento, armazenagem, separação de pedidos e expedição —, visto que o código ajuda a identificar os itens, as locações dentro do estoque, as quantidades disponíveis e como cada pedido deve ser composto e enviado.

Além disso, também se torna possível melhorar o inventário de estoques, que consiste na contagem das quantidades disponíveis e a comparação com as informações que estão disponíveis no sistema. 

Apesar de a contagem ainda ser realizada manualmente, o código auxilia a reconhecer qual é o produto e verificar a disponibilidade informada no sistema — analisando se os dados são coerentes, ou se há erro (prejudicando a acuracidade).

Possibilita a identificação rápida dos itens

Outro ponto importante é a agilidade na identificação dos itens. Essa vantagem promover maior rapidez na execução dos processos, como:

  • facilidade na verificação da disponibilidade dos itens;
  • rapidez na separação dos pedidos;
  • agilidade no processo de venda.

Com esse ganho de tempo e produtividade, ganha-se agilidade em todo o ciclo do pedido, tornando o atendimento ao cliente ainda mais rápido. Consequentemente, aumenta-se a chance de deixá-los satisfeitos e até mesmo fidelizá-los — o que é fundamental para o sucesso de qualquer negócio.

Agiliza o processo no ponto de venda (PDV)

A utilização do código de barras nos produtos também melhora o atendimento no ponto de venda. Com o uso do coletor de dados, as compras são passadas e concluídas com rapidez e um alto grau de acerto.

Em poucos segundos, os dados a respeito do produto — como descrição e vaNlor — são lançados na tela e o cliente pode acompanhar a acuracidade das informações. Em poucos minutos o processo é finalizado e o valor total é indicado.

Se essa atividade fosse realizada manualmente, levaria mais tempo e ainda apresentaria um risco maior de erros.

Torna a emissão de nota fiscal mais rápida e acertada

A emissão de nota fiscal faz parte da conclusão de uma venda e é o documento que atesta que uma negociação foi realizada entre a empresa e seu cliente. Nela constam dados importantes a respeito de quando os produtos foram adquiridos, informação sobre os itens (como quantidade, peso, valor, entre outros).

Além disso, informa também os dados do documento, como quem emitiu, o número, série e natureza da venda, por exemplo.

Dentro deste contexto, o código de barras também pode ajudar a melhorar o processo de emissão, tornando-o mais rápido, automático e menos sujeito a erros. Outras vantagens que vale a pena citar são:

Assegura a transparência nos negócios

A transparência nos negócios é sinônimo de manter a situação da empresa visível no mercado, sem que haja adulteração ou ocultação dos dados — mesmo que a situação não seja tão favorável quanto se espera.

Isso é ainda mais importante quando as relações ocorrem entre empresas (B2B), em vez de a venda ser feita diretamente para o consumidor, visto que algumas delas avaliam a saúde dos seus fornecedores.

Outro ponto que vale a pena citar é a relação com investidores: para conseguir aportes para alavancar o negócio, os investidores procuram saber da situação atual do negócio e as projeções para o futuro.

Nesse sentido, estar com a documentação fiscal e o recolhimento de impostos em dia e de acordo com a natureza do negócio são etapas fundamentais para todos esses aspectos apresentados (apesar de não serem os únicos avaliados).

Documenta a venda para o cliente

A nota fiscal também pode ser considerada como um direito dos clientes, já que comprovam que uma compra foi feita e a data que ela foi realizada. Isso é fundamental para situações em que existe defeito na mercadoria (avarias, ou mesmo perecibilidade, no caso de produtos alimentícios).

A NF é o documento utilizado para respaldar a solicitação de troca, restituição do valor pago, abatimento do preço, ou mesmo pedir um serviço de garantia, por exemplo.

Evita problemas com o fisco

O processo de tributação em uma empresa começa pela emissão da nota fiscal dos produtos que são vendidos, ou seja, ela é a prova de que o recolhimento dos tributos é feito da forma correta e que os percentuais adequados são pagos ao governo.

Além disso, esses documentos são fundamentais para garantir que a empresa está em dia com suas obrigações, o que ajuda a aumentar a confiança dos fornecedores e clientes do negócio.

Como podemos ver, o código de barras já proporciona benefícios que vão desde o recebimento dos itens para armazenamento, até a conclusão da venda, que se dá com a emissão da nota fiscal. Nesse último caso, a precisão das informações é fundamental, tanto para garantir um bom atendimento para o cliente quanto para a precisão na prestação de contas para o Governo.

Gostou deste post? Quer saber melhor sobre como funciona o código de barras e como obter o registro para sua empresa? Então entre em contato conosco agora mesmo e tire todas as suas dúvidas!

Postagens relacionadas
Leitor de código de barras
Leitor de código de barras: entenda como funciona
Atenção! O que você precisa saber antes de usar códigos de barras?
Embalagens para exportação: 6 regras que você precisa conhecer
5 métodos de rastreabilidade que podem ajudar sua empresa!
O que é automatização de processos e quando e como iniciar?
O que é automatização de processos, quando e como iniciar?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web