Aprenda como aumentar as vendas e vencer a crise

Em momentos de crise, o poder de compra costuma diminuir, afetando diretamente o consumo. Isso faz com que os negócios sintam o impacto diretamente no número de vendas, que começam a cair ou ficar bem abaixo do patamar considerado padrão para o negócio. Nesse momento, ficar de braços cruzados não faz bem para o empreendimento e nem é capaz de mudar a situação, sendo necessário adotar e implantar uma estratégia de sucesso.

Por mais difícil que pareça, ainda é possível aumentar as vendas e vencer a crise se o seu negócio seguir o caminho correto. E é exatamente isso que você aprenderá no artigo de hoje: como aumentar as vendas e superar esse momento adverso. Continue leitura e conheça algumas dicas que te ajudarão!

Redefina objetivos e metas

Se antes da crise os objetivos e metas eram estabelecidos para o crescimento e desenvolvimento contínuo da empresa, agora esses objetivos e metas devem conter também algo que aumente a robustez, melhore o posicionamento e fortaleça o negócio perante os demais concorrentes.

Por isso, a crise é o momento propício para redefinir alguns objetivos e metas, além de estabelecer novos patamares de vendas. Entretanto, não se engane, ao achar que isso significa estabelecer metas fáceis ou pouco relevantes. Elas ainda devem ser desafiadoras, mas precisam estar adaptadas às novas perspectivas de mercado.

Para fazer essa definição conte com a ajuda de dados internos sobre as vendas, dados externos sobre o mercado e também com a ajuda da equipe para traçar o caminho que faz mais sentido para o negócio.

Tenha cuidado ao mexer nos preços

Pode parecer uma sequência lógica: se as vendas caíram, então é só abaixar o preço para atrair mais clientes e gerar mais vendas. Embora isso seja parcialmente verdade — afinal, normalmente preços menores em uma crise são atrativos —, por outro lado você pode colocar o seu negócio em risco.

O primeiro fato é que preços mais baixos fazem com que a lucratividade seja menor. Somado a isso, está o fato de que a estrutura e os insumos ficam mais caros durante a crise, então restam ainda menos recursos para investir no negócio se os preços forem reduzidos.

O segundo fato é que se você abaixa o preço os clientes podem achar que o produto é de baixa qualidade ou então podem não querer comprar quando o preço subir novamente, já que tiveram um “aperitivo” de um preço mais baixo.

Seguir o caminho contrário e aumentar os preços devido ao aumento dos custos também não é a melhor ou mais definitiva solução, já que isso gera ainda menos vendas. Em vez disso, é preciso adotar uma boa estratégia de precificação que seja adequada aos objetivos e metas.

Entenda melhor o seu cliente

Vender sempre significa oferecer ao cliente algo que ele quer ou precisa no momento certo. Para conseguir isso, é preciso entendê-lo. Em um momento de crise, portanto, você precisa compreender melhor quem é o seu cliente, quais dificuldades ele está enfrentando e como o seu produto é relevante para ele.

Ao criar uma proposta de valor e que seja realmente atrativa, o cliente se sente muito mais disposto a gastar com o seu produto, ainda que a crise também afete o poder de compra dele.

Treine a equipe de vendas

Uma equipe de vendas mais capacitada é uma equipe mais preparada para lidar com diferentes cenários e também para contornar mais facilmente as objeções apresentadas pelos clientes, ainda mais na crise. Com isso, existe melhor aproveitamento de oportunidades e, portanto, maior conversão em vendas.

Por isso, esse não é o momento de deixar a equipe congelada e, sim, de investir ainda em sua qualificação e capacitação. Isso, inclusive, melhora o atendimento, gera mais satisfação por parte dos clientes e cria uma vantagem competitiva em relação aos concorrentes que deixaram suas equipes estanques.

Considere expandir o seu mercado

Outra possibilidade de aumentar suas vendas e vencer a crise é expandir o seu mercado. Isso significa oferecer um mix de produtos que se encaixe na realidade de outros clientes ou então investir em captar quem, originalmente, não fazia parte da estratégia de vendas.

No entanto, essa expansão precisa ser feita com cuidado. Antes de colocá-la em prática você precisa garantir que as estruturas do seu mercado principal estejam sólidas para evitar o desperdício de recursos em um momento crítico.

Dê atenção a quem já é cliente

Conseguir mais vendas não precisa — e não deve –— significar, necessariamente, atrair novos clientes. Em vez de focar apenas nos novos clientes, você também deve dar atenção a quem já comprou com a sua empresa.

Para isso, procure investir na fidelização de clientes. Criar um programa de fidelidade, oferecer vantagens ao consumidor fiel ou mesmo realizar um pós-vendas de qualidade são atitudes que fazem com que os clientes realizem compras recorrentes.

Com isso, não apenas você aumenta as vendas, como também diminui os custos com a captação de novos clientes e ainda recebe indicações para outras oportunidades de negócio.

Não deixe de investir em marketing

É muito comum que com a crise, alguns setores da empresa sofram mais intensamente. Normalmente, o marketing é um deles. Por não ser considerado um setor essencial para o funcionamento da empresa, as verbas são reduzidas ou até mesmo cortadas.

O problema, porém, é que é justamente o marketing o responsável por gerar novas oportunidades de vendas, seja com clientes novos ou recorrentes. Por isso, se você realmente quiser aumentar as vendas é preciso investir em campanhas de marketing estratégicas e segmentadas, pois isso ajudará na conquista de novas vendas.

Mesmo na crise é possível aumentar as vendas e virar o jogo. Mas para isso, é preciso atuar de maneira planejada e estratégica, aproveitando todo o potencial oferecido pelo seu mercado da maneira correta.

Você deve levar em consideração fatores que vão desde a definição de objetivos até a fidelização de clientes e investimento em marketing. Com uma atuação consistente, seu negócio verá um aumento nas vendas e conseguirá passar pelo período de crise de maneira mais eficiente.

Agora você já conhece algumas dicas de como aumentar as vendas e vencer a crise. Quais são as suas dificuldades em mudar a situação? Tem alguma outra sugestão que gostaria de acrescentar à lista? Deixe o seu comentário!

Postagens relacionadas
5 mudanças organizacionais que podem colocar seu negócio nos trilhos!
Gestão de pessoas: 5 dicas práticas para o dia a dia
Gestão de pessoas: 5 dicas práticas para o dia a dia
Inspire-se! 7 estratégias de marketing para sacudir seu negócio
Como superar a sazonalidade de final de ano e aumentar as vendas no e-commerce
Aprenda como expandir seu negócio em 7 passos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web