Aprenda a aproveitar o final do ano para alavancar as vendas

Desenvolver estratégias de marketing para alavancar as vendas deve ser uma tarefa contínua de todo empreendedor que almeja o sucesso. Acontece que, especialmente no final de ano, as pessoas estão mais dispostas a gastar.

Nessa época, amigos e parentes se presenteiam, participam de confraternizações no trabalho e se divertem com a tradicional brincadeira do amigo secreto. Mas, ao mesmo tempo em que o Natal oferece um enorme potencial de vendas, lidar com a concorrência é trabalhoso.

Por que alguém compraria o seu produto e não o do concorrente? Para responder a essa pergunta, selecionamos algumas dicas para ajudar você a alavancar as vendas sem se preocupar com a concorrência. Acompanhe!

Avalie as condições antes de investir os recursos

Antes de aumentar os pedidos do material necessário para a sua produção, faça uma avaliação do resultado das vendas de anos anteriores nesse mesmo período. Converse com os compradores, analise o mercado, veja quais produtos têm mais potencial de venda.

Dessa forma, será possível gerenciar os recursos financeiros com mais cautela, além de evitar o excesso de mercadoria no início do ano e dívidas exorbitantes a pagar.

Esteja bem preparado para alavancar as vendas

Quem fabrica o próprio produto tem que adotar uma atenção redobrada com o estoque. Por isso, estude a possibilidade de aumentar as metas e produzir mais. Se for necessário, aumente o número de funcionários. Seja ousado!

Prepare-se também para negociar com os compradores profissionais, pois eles estarão prontos para tomar decisões com base em dados concretos e objetivos. Tenha argumentos convincentes e aprenda a rebater possíveis objeções de forma simples e realista.

Não ofereça preço, mas resultado

Mesmo que muitos busquem apenas o menor preço, sem levar em consideração a necessidade do consumidor ou a qualidade do produto, evite ceder. Sempre haverá um concorrente que oferece preços menores. Tenha em mente que preço é diferente de valor.

Faça uma demonstração de como o seu produto é atrativo para o consumidor, ou seja, mostre o verdadeiro valor do que você está vendendo. Aponte todos os diferenciais que resultarão em vendas efetivamente lucrativas.

Amplie sua percepção de vendas

Muitos empreendedores focam nos grandes clientes e se esquecem de que vender para pequenas empresas é uma excelente maneira de aquecer as vendas e potencializar o reconhecimento da marca.

Faça um mapeamento de possíveis compradores (pequenos, médios ou grandes) e analise se o seu produto é bom para o público deles. Se a resposta for positiva, entre em contato, faça networking, ou seja, crie uma rede de contatos que possuam interesses em comum.

Seja determinado, não inconveniente

É preciso saber a diferença entre uma atitude determinada e uma inoportuna. Por isso, é importante agir sempre com bom senso. Muitas vezes, a dificuldade aparece nos momentos mais delicados e exige um espírito de liderança, garra e determinação.

Se você acreditar no seu produto, confiar na qualidade dele, ser um fã do que vende, esse entusiasmo poderá ser transmitido naturalmente durante as negociações. Nesse caso, o seu compromisso ultrapassará a importância de apenas bater metas e significará conhecer profundamente todas as funcionalidades do produto.

Construa uma relação profissional duradoura

Não foque apenas na venda momentânea, ou seja, construa um relacionamento comercial mais duradouro. As vendas esporádicas são bem-vindas, mas o ideal é manter parcerias mais consistentes, que gerem bons lucros para ambas as partes.

Para que a sua relação profissional se perpetue, procure conhecer bem a empresa compradora, avalie o nicho de negócios, entenda as suas necessidades. Conhecer um pouco mais sobre o momento pelo qual o outro passa é importante para ter argumentos convincentes.

Não se esqueça de agir com total transparência e credibilidade. Procure manter seus contatos sempre informados sobre lançamentos, presenteie-os com expositores que valorizam a apresentação do seu produto, demonstre interesse em saber como foram os resultados das vendas.

Prospecte novos clientes

Não existe a menor dúvida de que manter parceria com compradores que já são clientes é muito mais econômico, porque não requer grandes esforços ou investimentos.

Acontece que, diante da concorrência acirrada e das sequelas de uma crise econômica no país, é preciso sair da zona de conforto e buscar novas possibilidades de fazer negócio. Use o seu blog e as redes sociais para publicar conteúdo relevante e atrair a atenção de novos compradores.

Recupere clientes inativos da sua base

O que você tem feito para reconquistar aqueles compradores que, por algum motivo, deixaram de comprar de você? Confie na qualidade do seu produto, pegue o telefone e comece a prospectar esses clientes novamente.

Eles, em especial, já conhecem a sua empresa. Então, o primeiro passo já foi feito. Fale com cada um de forma personalizada, conte as novidades e os lançamentos que estão disponíveis, ofereça descontos exclusivos. Aos poucos, você verá que é possível fazer com que essas pessoas voltem a comprar de você.

Capriche no sistema de logística

Clientes geograficamente distantes demandam uma atenção maior quanto ao transporte dos pedidos. Cuide para que o processo logístico seja eficiente e que as entregas sejam feitas em tempo hábil, de acordo com o que foi combinado.

Esses detalhes fazem toda a diferença na hora de cativar um cliente. Quando acontece o oposto, ou seja, quando o cliente recebe a mercadoria com atraso, ele é impactado negativamente. O resultado é a frustração e o abandono.

Surpreenda seus clientes

As vendas precisam continuar em janeiro, portanto, ofereça qualidade no atendimento e surpreenda seu cliente. O Natal é uma ótima oportunidade para agradecer, desejar felicidades ou presentear clientes.

Aproveite para oferecer brindes interessantes, dentro de embalagens personalizadas que façam alusão às festas natalinas, ao mesmo tempo em que apresentam a identidade visual da sua empresa.

Percebeu que alavancar as vendas no final de ano é uma forma de impulsionar os resultados da sua empresa nesse período e, ao mesmo tempo, construir outras possibilidades de negócios para o ano inteiro? Dedique-se a trabalhar com essas dicas, saia na frente e faça poeira para a concorrência!

Quer saber mais como melhorar as vendas? Leia também: Pequenas e médias empresas: 7 erros que prejudicam suas vendas.

 
Postagens relacionadas
Mercado internacional: avalie oportunidades em 7 passos
Venda em atacado: o que é preciso para gerar fidelização?
5 lições para o novo projeto não virar um pesadelo
6 tendências de varejo que devem ser acompanhadas em 2017
8 dicas fantásticas para alavancar as vendas em fim de ano

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web