contador

A importância do contador para o crescimento de uma PME

Você sabe qual a importância do contador no processo de crescimento e expansão de uma Pequena ou Média Empresa (PME)? Muitos gestores se preocupam apenas com a parte operacional e de vendas dos seus negócios, se esquecendo da função essencial que esse profissional exerce na organização.

No ambiente empresarial, ele é o responsável pela geração de dados importantes para a companhia, os quais servirão como base para a tomada de decisões que vão interferir diretamente no futuro da empresa. Nosso objetivo com este artigo é mostrar a importância do contador no âmbito desse tipo de negócio, bem como as vantagens que esse serviço pode oferecer. Confira!

Fazer uma gestão orçamentária eficiente

Muitos empresários, ao realizarem a gestão orçamentária de seus negócios, se esquecem de incluir os custos tributários, bem como algumas despesas trabalhistas que não são tão óbvias, como o pagamento de salários, contribuições, entre outras.

O contador tem um papel fundamental nessa etapa de criação de um negócio, pois informará sobre todos os gastos ocultos, que podem fazer com que uma empresa simplesmente vá à falência em poucos meses. Não há como realizar um orçamento sem contar com o auxílio desse profissional.

Ele mostrará os reais custos tributários que uma empresa poderá ter, bem como auxiliará na criação de reservas de provisionamentos para possíveis gastos imprevistos, como a rescisão de um funcionário, indenizações ou até multas fiscais.

Além disso, ele poderá atuar orientando sobre algumas práticas gerenciais que contribuirão com a redução na carga tributária da empresa. É o caso de comprar produtos em estados que ofereçam benefícios fiscais, postergar (se for possível) a emissão de documentos que geram base de cálculo para retenção tributária e demais questões que podem influenciar na gestão orçamentária do negócio.

Otimizar processos contábeis

A otimização de processos contábeis é uma prática realizada dentro dos departamentos administrativos que fornecem informações à contabilidade da sua empresa. O contador auxiliará na criação de procedimentos de modo que eles forneçam dados e informações precisas e, principalmente, livres de erros ou falhas de digitação.

Comumente, encontramos muitas empresas que enviam papéis para os contadores, os quais, por sua vez, alimentam o sistema contábil manualmente, digitando cada um dos documentos que necessitam de escrituração.

Essa prática pode gerar uma série de erros que prejudicam a informação gerada para a gestão da empresa, bem como pode deixá-la na mira de uma fiscalização ou auditoria de órgãos tributários ou fiscais.

Nesse cenário, o contador atuará como um criador de rotinas e processos contábeis dentro da sua empresa, de modo que a informação encaminhada a ele seja a mais correta possível, possibilitando que todo o trabalho realizado pela contabilidade seja mais eficiente, eficaz e efetivo.

Efetuar a gestão tributária

Outra grande vantagem proporcionada pelo contador está relacionada à gestão tributária de um negócio. Sabemos que esse profissional é o mais capacitado para orientar sobre questões importantes para a empresa. Entre elas podemos mencionar:

  • seleção do regime de tributação adequado;

  • apuração de tributos;

  • cumprimento de obrigações tributárias acessórias;

  • planejamento tributário.

Entre todas as atividades da contabilidade que têm relação com as questões fiscais da empresa, as mais importantes são a de auxílio na seleção do regime de tributação e o planejamento tributário. Uma simples falha em alguns desses pontos pode prejudicar seriamente a saúde financeira e o futuro de um negócio.

Resumidamente, o regime de tributação trata da forma com que a empresa realizará a apuração e o pagamento dos impostos que são destinados a ela. Nesses casos, é muito comum nos deparar com empresários que erram no momento dessa definição e acabam até mesmo pagando mais tributos do que realmente era devido.

O planejamento tributário também é outra função extremamente importante da contabilidade. Por meio dele serão fixados os critérios e obrigações impostos sobre a empresa no que se refere à apuração e pagamento dos tributos.

Com essa ferramenta, a gestão poderá prever os impactos fiscais que um determinado empreendimento gerará ao longo de sua existência, possibilitando a execução de ajustes e alteração de alguns critérios com o objetivo de reduzir — dentro dos padrões e exigências legais — a sua carga tributária.

Fazer o fechamento da folha de pagamento

Além das atividades contábeis e fiscais, o contador também é o profissional mais habilitado para realizar os trabalhos específicos para a gestão de funcionários de uma empresa, entre eles o fechamento da folha de pagamento e geração dos tributos relacionados a ela.

Sabemos que as questões trabalhistas de uma empresa podem se tornar verdadeiros pesadelos para gestores e administradores. A maioria dos litígios judiciais relacionados ao trabalho decorre de problemas simples encontrados na apuração de salários, impostos e contribuições de funcionários.

Com o auxílio de uma empresa de serviços contábeis esses problemas podem ser consideravelmente reduzidos, uma vez que o contador possui conhecimentos técnicos e jurídicos sobre todas as questões que envolvem a contratação, manutenção e rescisão de contratos de trabalho.

Elaborar contratos de trabalho

Aproveitando o gancho do item anterior, o profissional de contabilidade também poderá auxiliar na elaboração de contratos de trabalhos diversos. Não raro, encontramos empresas que sofrem problemas judiciais por falhas na elaboração desses documentos, o que acaba gerando mais problemas e dores de cabeça.

A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) estabelece uma série de normas para os contratos de trabalho, sendo assim, você precisa ter um profissional que conheça essas regras e elabore os documentos com estrita observação ao que é determinado na lei.

Realizar a constituição da empresa ou alterações na sua estrutura jurídica

Sabemos que um contrato social ou termo de alteração contratual de uma empresa deve ser elaborado sob o crivo analítico de um bom advogado, porém, os trâmites internos de registro devem ser realizados por um contador. Esse profissional conhece os procedimentos de todos os órgãos relacionados à constituição e alteração de empresas, como:

  • Junta Comercial ou Cartórios de Registro;

  • Receita Federal;

  • Receita Estadual;

  • Prefeitura Municipal;

  • órgãos sanitários e de segurança.

Cada um desses órgãos tem uma função específica no processo de abertura de uma empresa ou alteração, sendo assim, o contador poderá auxiliar em cada uma das etapas, fazendo com que o trâmite ocorra com mais rapidez e reduzindo a ocorrência de erros que acabam travando todo o processo.

Por fim, podemos afirmar que uma pequena ou média empresa dificilmente conseguirá crescer e alcançar patamares de faturamento e geração de lucro maiores sem o auxílio de um contador. Sendo assim, o gasto nesse tipo de serviço pode ser considerado como um verdadeiro investimento que fará com que o seu negócio se desenvolva ao longo dos anos.

Gostou deste artigo sobre a importância do contador para PME? Que tal ficar por dentro de mais assuntos valiosos como o que acabou de ler? Então, siga nossos perfis nas redes sociais, assim você não perde nenhuma de nossas postagens. Facebook, Linkedin, Twitter e Google Plus.

 

Postagens relacionadas
Como lidar com a pressão por resultados?
Como lidar com a pressão por resultados?
Gestão de empresas: 7 ferramentas de estratégia para ajudar!
Drop shipping: o que é e como usar?
Drop shipping: o que é e como usar?
Saiba utilizar as redes sociais como aliada das vendas
Quais são as novas habilidades necessárias para um líder do séc XXI?
Quais são as novas habilidades necessárias para um líder do séc XXI?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web