6 estratégias de marketing digital para pequenas e médias empresas

Investir no marketing digital deixou de ser opção há algum tempo e tornou-se uma estratégia fundamental para toda empresa que deseja conquistar e manter seus clientes. Você sabe como posicionar sua empresa nas mídias sociais?

Neste artigo vamos falar sobre a importância do marketing digital e mostrar as 6 melhores estratégias para o seu negócio. Fique atento e continue a leitura!

A importância do marketing digital para sua empresa

De acordo com uma pesquisa realizada pela Cetic.br, mais de 50% dos lares brasileiros tê acesso à internet. O número de pessoas conectadas é muito maior quando lembramos que o acesso via dispositivos móveis já ultrapassou o uso de PCs.

A população economicamente ativa do país está na internet e esse consumidor conectado 24h por dia é muito exigente. Por isso, é necessário investir em várias estratégias para criar credibilidade, conquistar novos negócios e fidelizar seus clientes.

Quais as vantagens do marketing digital?

Sem dúvidas, o baixo investimento é uma das principais vantagens. Além disso, o alcance do público-alvo é muito maior. A visualização dos resultados também é facilitada por meio de relatórios e métricas oferecidas por diversas ferramentas (Facebook Ads, Google AdWords, entre outras).

Para realizar um bom trabalho nas mídias sociais, existem algumas estratégias que são fundamentais nesse processo. Confira abaixo quais são e como aplicá-las no seu negócio:

SEO

Para conquistar novos clientes, é fundamental que uma empresa apareça bem posicionada nas buscas do Google. Para isso, além de investir em anúncios no Google Adwords (falaremos mais sobre o assunto ao longo do texto), é necessário utilizar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) ou, traduzindo, otimização para motores de busca.

Explicando de forma breve, trata-se de um conjunto de estratégias que têm como objetivo facilitar aos buscadores do Google localizarem seu site ou blog. Para começar, é necessário definir uma ou mais palavras-chave que aparecerão no conteúdo produzido pela sua empresa.

Uma forma de definir essas tags é pensando nos termos mais utilizados para se referir ao seu negócio. Outra maneira de determinar as palavras-chave é definindo a sua persona. Trata-se de um personagem semifictício, que representa o seu “cliente ideal”.

Com essa informação em mãos, é hora de investir no marketing de conteúdo, assunto do nosso próximo tópico.

Marketing de conteúdo

Essa é a estratégia dentro do Marketing Digital responsável por produzir conteúdo nos mais diversos formatos (blogs, e-books, vídeos, podcasts, palestras) com o objetivo de engajar o consumidor e conquistar mais vendas.

Confira abaixo mais vantagens do Marketing de Conteúdo:

  • Fideliza os clientes: oferecer sempre um conteúdo de qualidade e que vai ao encontro das necessidades do seu cliente é uma forma de estreitar o relacionamento com a sua empresa;
  • Cria credibilidade para a marca: criar materiais ricos como e-books e webinars faz com que a sua empresa ganhe status de especialista, gerando credibilidade e mais vendas;
  • Melhora a reputação online: um bom conteúdo sempre é compartilhado nas redes sociais entre as pessoas que têm interesse no mesmo assunto. Quanto mais material disponibilizado, maior pode ser o alcance da sua marca.

O marketing de conteúdo é fundamental no processo conhecido como jornada de compra, que é o caminho que o consumidor faz na internet antes de fechar negócio com uma empresa. E quando falamos de conteúdo na internet, é claro que não podemos deixar de lado as redes sociais!

Planejamento em redes sociais

As redes sociais influenciam 77% dos brasileiros no momento de realizar uma compra (fonte: PwC Brasil). Por isso, é muito importante dar uma atenção especial a esse canal. O Facebook e o Instagram, por exemplo, oferecem a possibilidade de criar perfis exclusivos para empresas, o que facilita a criação de posts patrocinados e a mensuração de resultados por meio de relatórios.

Confira algumas dicas para a produção de conteúdo em redes sociais:

  • Crie, no mínimo, um post por dia;
  • Invista em uma linguagem informal e, sempre que possível, utilize o bom humor nos posts (claro, se for o perfil da sua marca e do seu público);
  • Para promover a interação com os seguidores, faça perguntas ou crie enquetes;
  • Publique notícias sobre o seu segmento;
  • Crie vídeos com assuntos do interesse do seu público-alvo;
  • Oferecer um bom atendimento nas redes sociais é fundamental para a sua reputação online. Sempre responda as dúvidas dos seguidores. Se for um assunto particular, mande mensagem privada.

Links patrocinados

Aliado ao marketing de conteúdo, que é uma estratégia que necessita de um tempo maior para trazer resultados, você pode investir em links patrocinados.

Além de ser uma forma de divulgação mais rápida, com o Google Adwords você poderá segmentar seu anúncio por palavra-chave, público-alvo, região, entre outras opções, facilitando a mensuração dos resultados e melhorando a qualidade dos seus leads.

Invista em textos criativos e consulte o Google Keyword Planner para verificar quais são as melhores palavras-chave para utilizar em cada campanha.

E-mail marketing

De acordo com uma pesquisa realizada pela Serasa Experian, esse é o canal que traz a melhor taxa de conversão em lojas virtuais (2,53%). Para investir nessa estratégia, o primeiro passo é contar com uma boa ferramenta de e-mail marketing, que tenha as principais métricas para uma boa avaliação de resultados, como a taxa de abertura, rejeição e cliques.

No momento de produzir o conteúdo, aposte na criatividade. Fuja dos clichês ao criar os títulos — por exemplo, “oferta única” —, crie layouts responsivos e evite incluir muitas imagens, pois pode deixar o e-mail pesado. E dê preferência para links.

Remarketing

A estratégia de remarketing pode trazer muitas vantagens para a sua campanha. Antes de falar sobre elas, vamos explicar rapidamente o que é o remarketing e a diferença do retargeting.

  • Retargeting: é uma estratégia que permite identificar o consumidor que acessou o seu site e por algum motivo não fechou negócio. Essa identificação é feita com uma tag. Por meio dos cookies, que armazenam as informações acessadas na internet, os produtos ou serviços visualizados são apresentados novamente ao consumidor em sites parceiros.
  • Remarketing: é uma ferramenta de retargeting criada pelo Google Adwords. Ela identifica os consumidores que acessaram seu site (sem fechar o negócio) e exibe seus anúncios em sites parceiros, de acordo com a segmentação que você preferir.

Confira abaixo as principais vantagens do remarketing:

  • Maior possibilidade de conversão: o consumidor que já visitou o seu site está mais propenso a comprar, e ao visualizar a sua marca novamente a chance de fechar negócio é maior.
  • Personalização: no caso do e-commerce, por exemplo, você pode criar uma campanha exclusiva para os consumidores que abandonaram o carrinho.
  • Baixo custo: o investimento em remarketing é baixo e pode alcançar um grande número de pessoas, trazendo um bom lucro.
  • Fácil configuração: o Google Adwords é muito intuitivo e oferece muita facilidade no momento de configurar os anúncios.

O marketing digital oferece diversas opções que podem fidelizar seu cliente na internet e aumentar suas vendas. Nesse artigo você conferiu as 6 principais estratégias e viu como aplicá-las no dia a dia. Agora, é só realizar seu planejamento e colocar a mão na massa!

Gostou do artigo? Leia mais em nosso blog sobre como construir uma presença online para sua empresa!

Postagens relacionadas
10 estratégias infalíveis para fidelizar clientes
Os 5 maiores desafios que as pequenas e médias empresas têm que superar
Gestão de empresas: 7 ferramentas de estratégia para ajudar!
Conheça 5 tipos de clientes e aprenda como lidar com cada perfil
10 erros mais comuns na administração de uma empresa familiar

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web