5 dicas para gerar crescimento empresarial saudável

A busca por crescimento empresarial deve ser uma prática constante na vida de qualquer empreendedor. Acontece que muitos não planejam uma forma de abraçar novas perspectivas. Em consequência disso, o desempenho das vendas cai e a concorrência passa na frente.

O poder da liderança é fundamental nesse processo. Geralmente, os livros de autoajuda costumam enaltecer o otimismo. De fato, ser uma pessoa com pensamentos positivos ajuda a enfrentar as adversidades da vida. No entanto, uma pitada de insatisfação faz coisas incríveis acontecerem.

A dose certa de insatisfação é aquela “pulga atrás da orelha” dizendo que as coisas poderiam ser bem melhores do que são. Se você tem essa sensação, é sinal de que o sucesso está muito perto de bater à sua porta!

Para agilizar a chegada dele, leia este post na íntegra!

A importância de buscar crescimento empresarial

A grande realidade é que o crescimento está relacionado com a própria sobrevivência da empresa. Quem não cresce fica parado. E quem fica parado não chega em lugar nenhum. Sustentabilidade é o que define bem esse contexto.

Há muito tempo utilizada para definir ações ambientais, a palavra sustentabilidade, quando aplicada ao mundo corporativo, representa a capacidade de promover o crescimento da organização no longo prazo de maneira inteligente e equilibrada.

A busca incessante por crescimento estimula a criatividade e a capacidade de inovação. Essa postura favorece a expansão dos negócios, estimula a conquista de novas oportunidades de mercado e contribui para o equilíbrio financeiro da empresa.

5 dicas para você estimular o crescimento empresarial

Boas práticas de gestão ajudam a estimular o crescimento da empresa. Selecionamos as principais dicas para você melhorar os resultados. Acompanhe:

1. Faça o controle efetivo do fluxo de caixa

A saúde financeira da sua empresa depende, principalmente, da boa gestão do fluxo de caixa. Por isso, mesmo que você tenha inúmeros compromissos durante o dia, jamais ignore a importância de checar o movimento das contas diariamente.

Para evitar problemas, o ideal é manter o sistema sempre atualizado com informações de entrada, saída e previsão de despesas fixas como água, luz, telefone, entre outras. Isso vai garantir que os indicadores apontem dados reais sobre a situação financeira do seu negócio.

Além disso, manter o fluxo de caixa em dia é fundamental para as suas futuras decisões. Afinal, é por meio dele que você pode saber se o capital de giro está aumentando e, assim, decidir se vai investir ou aplicar o seu dinheiro.

2. Contrate funcionários conforme a demanda

Manter uma quantidade excessiva de funcionários ou ter um número insuficiente causa prejuízos diferentes. No primeiro caso, há um desperdício de mão de obra e aumento na folha de pagamento. No segundo, a consequência é um impacto negativo nas vendas: quando sobrecarregada, a equipe se torna improdutiva.

Sendo assim, é preciso manter a quantidade de trabalhadores de acordo com a demanda de produção. Quando a produção aumentar é o melhor momento para você contratar mais pessoas. É importante promover capacitação profissional para que os novatos tenham condições de manter a qualidade do seu produto intacta.

3. Busque se adaptar às regras do mercado

É necessário seguir algumas regras para garantir a aceitação da mercadoria para revenda. O Inmetro e a Anvisa são órgãos que regulamentam os itens que devem constar na embalagem dos produtos. Para evitar problemas, é importante seguir as normas do Código de Defesa do Consumidor.

Além disso, a Lei 10.962, de 11 de outubro de 2004, regula as condições de oferta e definição de preços e estabelece o uso de código de barras, ferramenta que facilita a identificação do produto, agiliza a venda e é considerada indispensável para quem deseja expandir o negócio.

4. Automatize o controle do estoque

Saber exatamente quantos produtos você tem armazenados é fundamental para uma gestão mais otimizada. Afinal, você não vai esperar que alguém faça um pedido alto de volume para produzir só depois, pois isso vai causar transtornos, como atraso na entrega.

Para começar, faça um inventário do estoque. A contagem rigorosa do material que já foi criado é a atividade mais importante para que as informações do estoque sejam concretas. Depois disso, registre esses números em um software especializado para essa finalidade. Hoje, também é possível acompanhar o estoque de forma prática e eficiente por meio de códigos de barras.

5. Fortaleça a sua estratégia de marketing

Não cometa o erro de muitos empreendedores que investem em logística, infraestrutura e matéria-prima, mas não colocam as despesas de marketing no planejamento. Sem uma estratégia de marketing focada em resultados, é praticamente impossível promover crescimento.

Leve em consideração que você tem que marcar presença nos locais em que o seu público está, como na internet. As pessoas conectam-se na fila do cinema, na sala de espera de consultórios médicos, e em vários outros lugares. Então, não desperdice a chance de criar perfis nas principais redes sociais.

Contrate um profissional da área de marketing para produzir conteúdo de qualidade nos mais variados veículos. Manter um site é ideal para apresentar o seu portfólio de produtos e informações de contato da empresa.

No entanto, a ideia do blog não pode ser descartada. Um blog com artigos úteis sobre as dúvidas ou necessidades do cliente ajuda a atrair compradores. Prova disso é o sucesso de muitas blogueiras de moda que começaram com a publicação de dicas sobre vestuário e estilo.

Quem deseja crescer deve começar a se planejar para adotar uma loja virtual. Já imaginou a possibilidade de vender com apenas alguns cliques? Outra ideia é entrar no mercado de exportação. Coloque tudo isso como metas alcançáveis, pois o céu é o limite!

Como você pode perceber, o crescimento empresarial depende de uma série de fatores. O mais importante é você compreender a necessidade de estar sempre buscando melhorias, adquirir conhecimento sobre as ações prioritárias para fazer o seu negócio decolar. Em seguida, colocá-las em prática.

Agora que você já sabe o que deve fazer para ter crescimento empresarial saudável, compartilhe este post nas redes sociais e leve mais conhecimento para os seus amigos!

 

Postagens relacionadas
Planejamento estratégico: saiba como expandir seu negócio
7 dicas de negociação para fechar mais negócios
O que é ROI? Entenda o poder dessa métrica para sua empresa
Saiba como trabalhar a inovação como estratégia competitiva
Venda em atacado: o que é preciso para gerar fidelização?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Seu nome*
Sua página da Web